Search results for columeia

Como Cultivar Columéias

Como Cultivar Columéias

Eu adoro as columéias. Tenho várias sob a minha pérgola. Acho todas lindas. Cada uma do seu jeito. Flores de cores e formatos variados e as folhas também são lindas e variadas! Assista ao vídeo e saiba tudo sobre elas e tire as dúvidas de cultivo:
 

 

Columéia – foto: Nô Figueiredo

Columéia – foto: Nô Figueiredo

Columéia – foto: Nô Figueiredo

Columéia – foto: Nô Figueiredo

 

Saiba mais sobre as columéias aqui.

 

 

Gostou do post? Do blog? Plante comigo, semeie o amor à natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais!

 

 

Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
paisagista, florista, artista, blogueira e especialista em desenho ambiental
Semeando amor à natureza
Columéias: Dicas e soluções de problemas

Columéias: Dicas e soluções de problemas

Eu adoro as columéias. Tenho várias na minha casa, com variadas formas de folhas e flores. Essa semana a mais linda delas começou a florir novamente e resolvi fazer um post com dicas e resoluções de problemas no cultivo de columéias:

Columéia da flor “espetacular” – foto: Nô Figueiredo

O que elas gostam?

Boa luminosidade, mas não sol direto

Boa umidade atmosférica

O solo deve ficar úmido, mas não encharcado. Regue de 2 a 3 vezes por semana.

Adubação a cada 3 meses. Veja como fazer a adubação para estimular a floração e adubação pós floração.

Quando acabar a floração, faça uma poda eliminando os ramos laterais e cortando todos os outros ramos pela metade de seu comprimento.

A cada 2 anos, transplante-a para um vaso maior. Use o substrato básico.

Quando bem cuidada, a columéia pode durar de 5 a 6 anos.

 

O que pode acontecer:

As folhas secam, a planta parece cansada

A umidade atmosférica do local não é suficiente para a planta. Mude sua planta para um local mais úmido, ou borrife a folhagem regularmente com um pulverizador. A água deve estar na temperatura ambiente.

 

A planta está com ramos finos, enfraquecidos demais

O substrato do vaso já não tem mais nenhum nutriente. A planta está precisando ser adubada. Pode estar na hora de substituir o vaso por um maior.

 

Se os ramos começarem a apodrecer e as folhas a cair

É sinal de muita umidade. Pode ser que você esteja regando demais, então suspenda a rega por uns dias até o substrato secar para então regar. Ou então pode ser que o ambiente pode estar muito úmido. Se for esse o caso, mude a planta par um local mais seco e mais quente até que ela se recupere.

 

Se a planta está com ramos alongados, poucas folhas e sem flores

Sua columéia deve estar recebendo pouca luz e a isso ela não resiste. Mude o vaso para mais perto da janela e deixe as cortinas abertas durante todo o dia. Lembre-se que o ar do ambiente também precisa ser renovado, então abra também as janelas para ventilar o ambiente, para evitar que as folhas comecem a secar.

 

As folhas estão amareladas com pequenas teias no verso

Provavelmente são ácaros atacando a sua planta. Pulverize com ÓLEO DE NEEM ou NIM. APLIQUE SEMPRE À NOITE para que as folhas não sejam queimadas com a luz do sol + o óleo de neem. Dilua o óleo em água (seguindo a orientação do fabricante) e borrife na parte da frente e de trás das folhas. Faça 1 aplicação semanal por 3 semanas.

 

As folhas secam nas pontas

Provavelmente a mistura do substrato está muito seca. Mergulhe o vaso num balde com água até que pare de borbulhar (veja como fazer no vídeo). Retire e deixe escorrer bem. Nos dias seguintes, regue com mais frequência e pulverize as folhas com água em temperatura ambiente.

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!


Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza
Como Cultivar Columéia maravilhosa

Como Cultivar Columéia maravilhosa

Saiba tudo sobre essa linda columéia cujas flores parecem ser iluminadas de dentro para fora!

 

 

Aqui tem mais fotos e info da Columéia!

 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza

Como Cultivar Columéia da flor espetacular

Como Cultivar Columéia da flor espetacular

Preciso confessar. Eu tenho um fraco para plantas. Tem gente que não pode ver um par de sapatos ou uma bolsa diferente que precisa comprar… Eu fico alucinada com plantas. Não posso ver uma planta nova, diferente que eu preciso comprar. Eu preciso ter a planta na minha casa, para aprender a cuidar, para ver como ela se desenvolve, para poder ensinar e deixar outras pessoas apaixonadas por ela!

Pois é, em junho eu estava no Ceasa comprando plantas para um cliente quando eu me deparei com essa belezura!

Aeschynanthus specious (columéia maravilhosa) – foto: Nô Figueiredo

Comprei na hora!

Pelo formato da flor deduzi que era um tipo de columéia. Pesquisei nos livros nacionais e não achei nada sobre ela. Achei na Tropica. É da família Gesneriaceae, originária de Java. Suas folhas são verde escuras e cerosas e os galhos podem atingi até 60cm de comprimento. O destaque fica para suas flores. Parecem que são iluminadas por dentro! Na base elas são laranjas amareladas, muito vibrantes e na ponta avermelhadas. São tubulares.

Aeschynanthus specious (columéia maravilhosa) – foto: Nô Figueiredo

Aeschynanthus specious (columéia maravilhosa) – foto: Nô Figueiredo

 

Ela gosta de solo úmido, mas não encharcado. Se as folhas começarem a ficar marrons e cairem ou as flores ficarem pretas, é sinal de que a planta não está recebendo água suficiente. Agora no inverno tenho regado 2x por semana e ela está ficando feliz.

Como boa columéia que é, gosta de luminosidade, mas não de sol direto, então eu a coloquei embaixo da pérgola, no jardim que é a minha vista da sala de refeições. Adoro comer olhando para ela!

Aeschynanthus specious (columéia maravilhosa) – foto: Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Referências bibliográficas:

LORENZI, Harri et SOUZA, Hermes Moreia de. Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. 3ª edição. Nova Odessa, SP. Instituto Plantarum, 2001.

GRAF, Alfred Byrd. Tropica: Color Cyclopedia of Exotic Plants and trees. Roehrs Company. 1st Edition, 1978.

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

PASSEIO PELO MERCADÃO DAS FLORES EM SP

PASSEIO PELO MERCADÃO DAS FLORES EM SP

Venha passear comigo pelo Mercadão das Flores: um galpão enorme na Vila Leopoldina em São Paulo, com lojas de plantas e acessórios!