Posts Tagged "xaxim"

Bromélias: Transplante e Dicas de Cultivo

Bromélias: Transplante e Dicas de Cultivo

Aprenda agora como cultivar, transplantar e como manter por mais tempo a floração das suas bromélias com essas ótimas dicas!

Bromélias: Transplante e Dicas de Cultivo

Bromélias

São plantas tropicais, esculturais, coloridas e com floração duradoura. São herbáceas, perenes e epífitas: pois gostam de viver no tronco das árvores na floresta.

Existem vários tipos de bromélias. A maioria delas gosta de ficar na meia-sombra. Mas existem algumas que curtem ficar no sol direto. Eu acho todas lindas!

 

Dentro de casa!

Muitas bromélias são nativas das nossas matas e gostam da meia-sombra. Então vão muito bem dentro de casa. E ter plantas floridas dentro de casa é tudo de bom, né?

 

Reservatório de Água

A bromélia tem a forma de uma roseta, e no seu centro costuma ter uma reserva de água. Há muita controvérsia e preconceito com relação a esse reservatório de água.

 

Dengue não!

O que andei lendo e pesquisando é que a bromélia não é o local preferido do mosquito da dengue botar seus ovos. O Aedis egypti prefere prefere locais com água parada, como caixas de água, pneus e garrafas. A água que fica no copinho da bromélia tem sedimentos orgânicos ou com matéria em suspensão. E o mosquito da dengue não gosta de água assim. Ele gosta de água limpa ou parada.

 

Como Evitar Dengue

Para garantir, podemos tomar algumas providências para evitar que o mosquito da dengue coloque seus ovos no copinho da bromélia:

Trocar essa água que se acumula no copinho umas duas vezes por semana.

Aplicar a solução com cafeína: 2 colheres (sopa) de borra de café e misturadas em meio copo de água. E depois aplique essa mistura nos pratos que ficam sob vasos com plantas, dentro do copinho das bromélias e sobre a terra dos vasos, jardins e hortas. A borra de café também funciona como um adubo ecológico orgânico.

Ou então aplicar um inseticida à base de água.

Hotel de bromélia!

Nas matas encontramos bromélias por todo lado. Algumas árvores hospedam até 50 bromélias em seus troncos! Verdadeiros hotéis de bromélias! Esses hotéis de bromélias criam um complexo sistema ecológico onde a água acumulada naqueles copinhos das bromélias é fundamental para a sobrevivência de inúmeras espécies. Dizem que elas formam verdadeiros pântanos suspensos, pois conseguem hospedar uma fauna muito rica e diversificada como microscópicos protozoários, larvas de insetos, pequenos vertebrados, como os sapinhos arborícolas, aranhas, besouros, centopeias, lesmas e até minhocas!

Hotel de bromélias

Hotel de bromélias

 

Bromélia Prateada

A bromélia prateada, também conhecida por vaso prateado (Aechmea fasciata) é brasileira! É uma planta herbácea, perene, ereta e epífita (que gosta de viver nos troncos das árvores), rizomatosa (que se multiplica por rizomas) e acaule, porque ela não tem caule.

Tanto sua folhagem como seu florescimento são muito ornamentais. Essa é uma planta que não passa desapercebida!

 

Folhas marmorizadas

Repare que suas folhas são bem rígidas, largas, e parece que foram marmorizadas de verde e cinza. As folhas nascem no formato de uma rosa, por isso são descritas como rosetas. Na parte de baixo das folhas elas apresentam margens serradas.

 

Bromélia prateada

Bromélia prateada

 

Inflorescência cor-de-rosa e azul

Sua inflorescência é muito durável e densa. Geralmente não é ramificada. As brácteas, que são as folhas modificadas para atrair os polinizadores, também são dispostas em rosetas e são cor-de-rosas. As flores são azuis e aparecem nas axilas das brácteas. Os frutos são bulbosos, com a superfície flocosa e branca.

 

Bromélia Gusmânia

A bromélia gusmânia, Gusmania-cherry ou bromélia (Guzmania lingulata) é nativa da América Tropical, inclusive do Brasil.

Ela atinge de 30 a 40 centímetros de altura e seu florescimento é muito decorativo.

 

Inflorescência 

A parte vermelha da inflorescência é formada por brácteas, que são folhas modificadas. As flores na verdade são brancas e ficam no miolo. E são formadas no verão.

 

Bromélia ou gusmania

Bromélia ou gusmania

 

Como cultivar bromélias

Ambas são muito cultivadas em vasos para interior com luz indireta. Também podem ser plantadas no jardim formando maciços em canteiros à meia-meia sombra. E ficam felizes se forem amarradas em um galho der árvore.

 

Substrato

Elas gostam de substrato orgânico, rico em matérias orgânica e permeável. Semelhante ao usado em orquídeas.

 

Iluminação

Gostam de meia-sombra

 

Regas

Gostam de regas periódicas. Mantenha sempre o copinho interno com água e jogue um pouquinho de água no substrato.

 

Temperatura

Como são plantas tropicais, não gostam de geadas, nem de frio!

 

Multiplicação

Podem ser multiplicadas por sementes e pelas mudas que brotam ao lado da planta mãe.

Parceria com Xaxim de Palmeira

Se você já acompanha o meu canal há algum tempo, sabe que fiz uma parceria com o pessoal da Xaxim de Palmeira e que estou testando os vasos que eles fabricam em algumas plantas. Aqui estão as samambaias e as orquídeas que plantei nos vasos de xaxim de palmeira.

Xaxim de Palmeira

Xaxim de Palmeira

 

Os melhores substitutos para o xaxim original

Para quem está chegando agora, os vasos xaxim de palmeira são os melhores substitutos dos vasos de xaxim originais, que não podem mais ser comercializados por que a samambaia-açu, de onde os vasos eram extraídos está entrando em extinção e o Ibama proibiu sua comercialização.

 

100% naturais

Os vasos Xaxim de Palmeira são 100% naturais, pois são feitos com fibra de palmeiras e seiva de árvore. Eles funcionam como se fossem substratos estruturados, permitindo um perfeito enraizamento das plantas e aumentando a durabilidade da floração.

 

Armazenagem de água

Quanto maior o vaso, maior será sua parede fazendo com que a capacidade de armazenamento da água seja também maior.

 

Não é necessário fazer drenagem!

Importante lembrar que quando se usa os vasos de xaxim de palmeira não é necessário fazer drenagem nos vasos por que as paredes do vaso absorvem o excesso de água da rega. Isso faz com que a gente não precise regar tanto, por que a planta vai ter água e nutrientes disponíveis nas paredes e no fundo do vaso e isso também proporciona isolação térmica para as raízes, evitando stress hídrico. Assim você precisa regar menos vezes!

 

Nem deixar de molho!

Também não é necessário deixar o vaso de xaxim de palmeira de molho de um dia para outro. Podemos plantar direto neles.

 

Não possuem tanino!

E também não é necessário se preocupar com o tanino, por que esses vasos são feitos de fibras de palmeiras, que naturalmente não possuem taninos!

 

Veja no vídeo acima como fazer o transplante.

 

Substrato Biosolvit

Usei o substrato para plantas em geral da Biosolvit, que é a fabricante dos vasos de xaxim de palmeira. Esse substrato cria um ambiente com retenção de água e nutrientes ideal para o desenvolvimento de qualquer planta, além de ter a granulometria exata para melhor aeração das raízes. E ele ainda funciona com adubo, pois como sua decomposição é lenta, ele vai liberando aos poucos nutrientes para as plantas.

 

Bromélia no vaso xaxim de palmeira

Bromélia no vaso xaxim de palmeira

 

COMPRE OS VASOS DA XAXIM DE PALMEIRA AQUI.

 

Reaproveitamento

Sabia que a produção dos vasos Xaxim de Palmeira proporciona o reaproveitamento de mais de 120 mil toneladas de fibras de palmeiras que seriam desperdiçadas anualmente nas lavouras sustentáveis? Muito legal reaproveitarem essas fibras para fazer vasos que são verdadeiras casas para as plantas ao mesmo tempo que diminuem o impacto ambiental da produção das palmeiras, né? Acho genial essa ideia deles!

 

E aí? O que você acha das bromélias? Lindas demais, né? E os vasos da Xaxim de Palmeira? Estou apaixonada por eles! Conta para mim o que você achou nos comentários abaixo.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 2 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 2 e-books!

Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Antúrios: Transplante e Dicas de Cultivo

Antúrios: Transplante e Dicas de Cultivo

Aprenda agora como cultivar antúrios, transplantar e muitas dicas para resolver problemas que possam aparecer nas suas plantas!

Antúrios: Transplante e Dicas de Cultivo

ORIGEM E CARACTERÍSTICAS

Os antúrios são plantas semi-herbáceas, eretas e perenes. São plantas tropicais, originárias da Colômbia, que não gostam de frio. Podem ter de 30cm até 1m de altura e mesmo quando não estão floridos, suas folhagens são muito ornamentais.

 

Sabia que existem 2 tipos de antúrios?

O antúrio comum é uma planta espaçosa. Ela vai abrindo as folhas e se espalhando. Não é uma planta para locais pequenos.

Antúrio comum

Antúrio comum

 

Pensando nisso, os produtores criaram num cultivar menor, o mini antúrio. Ele não cresce como os outros antúrios.

Mini antúrio

Mini antúrio

Os antúrios são plantas bem fáceis de cultivar!

O antúrio gosta de meia sombra, com bastante claridade, mas nunca sol forte direto nele. Ele pode pegar o sol da manhã até no máximo às 9h30/10h da manhã ou o do finalzinho do dia. Nunca aquele sol forte do meio do dia. É uma das poucas plantas que florescem dentro de casa. Saiba mais sobre plantas que florescem dentro de casa.

 

Floração

Suas flores são formadas na primavera e verão e ornadas por espatas sulcadas (que é o que a gente acha que é a flor, mas na verdade é uma bráctea, uma folha modificada para atrair os polinizadores), em diversas cores: brancas, vermelhas brilhantes, cor-de-rosa, cor-de-salmão, vermelho-sanguínea, verdes mais claras que as folhas e novas cores estão surgindo de cruzamentos de espécies.

As flores são super pequenas e ficam nessa espiga ereta, que quando fica estufada está cheia de sementes!

Detalhe da inflorescência do antúrio

Detalhe da inflorescência do antúrio

 

As inflorescências do antúrio são muito utilizadas como flor de corte. Os arranjos ficam muito bonitos e duram bastante.

Onde Cultivar

Os antúrios podem ser cultivados em vasos, em conjuntos isolados ou jardineiras, sempre a meia-sombra, mas com bastante claridade, ou em canteiros com terra vegetal. Ele gosta de ter suas raízes bem aeradas. Então vou testar como eles se desenvolvem nos vasos Xaxim de Palmeira.

 

Parceria com Xaxim de Palmeira

Se você já acompanha o meu canal há algum tempo, sabe que fiz uma parceria com o pessoal da Xaxim de Palmeira e que estou testando os vasos que eles fabricam em algumas plantas. Aqui estão as samambaias e as orquídeas que plantei nos vasos de xaxim de palmeira.

 

Os melhores substitutos para o xaxim original

Para quem está chegando agora, os vasos xaxim de palmeira são os melhores substitutos dos vasos de xaxim originais, que não podem mais ser comercializados por que a samambaia-açu, de onde os vasos eram extraídos está entrando em extinção e o Ibama proibiu sua comercialização.

 

100% naturais

Os vasos Xaxim de Palmeira são 100% naturais, pois são feitos com fibra de palmeiras e seiva de árvore. Eles funcionam como se fossem substratos estruturados, permitindo um perfeito enraizamento das plantas e aumentando a durabilidade da floração.

 

Armazenagem de água

Quanto maior o vaso, maior será sua parede fazendo com que a capacidade de armazenamento da água seja também maior.

 

Não é necessário fazer drenagem!

Importante lembrar que quando se usa os vasos de xaxim de palmeira não é necessário fazer drenagem nos vasos por que as paredes do vaso absorvem o excesso de água da rega. Isso faz com que a gente não precise regar tanto, por que a planta vai ter água e nutrientes disponíveis nas paredes e no fundo do vaso e isso também proporciona isolação térmica para as raízes, evitando stress hídrico. Assim você precisa regar menos vezes!

 

Nem deixar de molho!

Também não é necessário deixar o vaso de xaxim de palmeira de molho de um dia para outro. Podemos plantar direto neles.

 

Não possuem tanino!

E também não é necessário se preocupar com o tanino, por que esses vasos são feitos de fibras de palmeiras, que naturalmente não possuem taninos!

 

Veja no vídeo acima como fazer o transplante.

 

Substrato Biosolvit

Usei o substrato para plantas em geral da Biosolvit, que é a fabricante dos vasos de xaxim de palmeira. Esse substrato cria um ambiente com retenção de água e nutrientes ideal para o desenvolvimento de qualquer planta, além de ter a granulometria exata para melhor aeração das raízes. E ele ainda funciona com adubo, pois como sua decomposição é lenta, ele vai liberando aos poucos nutrientes para as plantas.

 

COMPRE OS VASOS DA XAXIM DE PALMEIRA AQUI.

 

Segredos e Resoluções de Problemas

 

Quer que sua folhagem fique linda e brilhante?

É só manter o substrato úmido na primavera e verão e diminuir a rega no inverno.

 

Tempo quente e seco?

Quando estiver muito quente e seco, borrife água nas folhas, sua planta vai vibrar de alegria com esse banho!

 

Folhas secas e quebradiças?

Se as folhas estiverem secas e quebradiças, aumente as regas e aproveite para dar banhos de água borrifada regularmente nas folhas.

 

Alto e Espigado?

Quando seu antúrio estiver muito alto e espigado, você pode rebaixá-lo dividindo-o em estacas e formando novas mudas. Ele também pode ser multiplicado por sementes e pelas mudas laterais.

 

Manchas Marrons?

Se aparecerem manchas marrons nas folhas é sinal de que elas foram atacadas por fungos. Pode as folhas mais atacadas e aplique vinagre de maçã: 2 colheres de sopa de vinagre de maça para 1/2 litro de água. Misture e borrife. Não dá para guardar. Aplique sempre no final do dia e pelo menos uma vez por semana por três semanas.

 

Pontos brancos nas folhas e axilas?

Se aparecerem pontos brancos nas folhas e axilas, é sinal de que a sua planta está sendo atacada por cochonilhas. Remova-as com cotonetes embebidos em álcool. Ou faça o inseticida de sabão de coco que ensino aqui.

 

Folhas amareladas?

Se as folhas estiverem amareladas é sinal de que a planta está em um local muito frio ou muito úmido. Mude o vaso para um local mais arejado e quente.

 

Folhas novas pequenas?

Se as novas folhas que estão nascendo são pequenas, é sinal de que faltam nutrientes no substrato. A sua planta precisa ser adubada.

 

Raizes expostas?

Se as raizes estiverem expostas, é sinal de que a planta precisa ser transplantada para um vaso maior.

 

Adubação

É bom adubar pelo menos umas 3x por ano com adubação para estimular a floração. Veja aqui a receita.

 

Ingrediente secreto de cultivo

Lembre-se do ingrediente secreto do sucesso de cultivo: AAC. Atenção, amor e carinho!

 

Planta tóxica!

Atenção: todas as partes da planta são tóxicas. Então não deixe-a ao alcance de crianças e animais domésticos.

 

Reaproveitamento

Sabia que a produção dos vasos Xaxim de Palmeira proporciona o reaproveitamento de mais de 120 mil toneladas de fibras de palmeiras que seriam desperdiçadas anualmente nas lavouras sustentáveis? Muito legal reaproveitarem essas fibras para fazer vasos que são verdadeiras casas para as plantas ao mesmo tempo que diminuem o impacto ambiental da produção das palmeiras, né? Acho genial essa ideia deles!

 

Impossível não se apaixonar!

Impossível não se apaixonar por essas flores em formato de coração! Sua folhagem é tão incrível que tem gente que acha que é de plástico! Mas se fosse de plástico, não seria tão vibrante e linda assim…

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que nem sempre aparecem aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Salvar Orquídeas: aprenda agora!

Como Salvar Orquídeas: aprenda agora!

Como salvar orquídeas: aprenda como salvar orquídeas, trocar de vaso e de substrato, além de várias dicas de cultivo para elas ficarem lindas!

Como salvar orquídeas!

Veja como salvar orquídeas que estão feias ou no mesmo vaso há muito tempo e precisam ser transplantadas.

 

O XAXIM

O melhor vaso para cultivo de orquídeas eram os vasos de xaxim. Você já ouviu falar do xaxim? O xaxim era extraído do tronco de uma planta da família das samambaias, chamada Dicksonia sellowiana, que é um arbusto semi-lenhoso, de tronco ereto, fibroso, espesso e nativo das matas do Brasil.

 

Cultivo

O xaxim é cultivado em meia-sombra ou na sombra, em terra fértil e sempre úmida. É muito resistente ao frio. Ela lembra uma palmeira, mas é uma samambaia! É uma das nossas maiores samambaias, tanto que também é conhecida por samambaiaçu, que quer dizer samambaia muito grande (o sufixo açu vem do tupi wa’su).

 

Dificuldade

O xaxim tem o crescimento muito lento. Ele cresce de 5 a 8cm por ano. Então são necessários uns 50 anos para se obter um vaso de 40 a 50cm de diâmetro!

 

Extinção

Essa planta é nativa da nossa Mata Atlântica, mas foi tão explorada que entrou em extinção e agora tanto o seu corte como sua exploração estão proibidas pelo IBAMA. Saiba mais aqui.

 

Imitação barata

Depois apareceram uns vasos que tentavam imitar o xaxim, feitos de fibra de coco, mas não foram bem sucedidos.

 

Finalmente depois de muito estudo para entender por que o xaxim era tão bom para as plantas, apareceu no mercado os vasos Xaxim de Palmeira!

 

Solução: Xaxim de Palmeira

Agora finalmente depois de muito estudo para entender por que o xaxim era tão bom para as plantas, apareceu o Xaxim de Palmeira!

 

Xaxim de Palmeira

Os vasos Xaxim de Palmeira são 100% naturais, pois são feitos com fibra de palmeiras e seiva de árvore. Eles funcionam como se fossem substratos estruturados. Uma espécie de casa para as plantas! Permitindo um perfeito enraizamento das plantas e aumentando a durabilidade da floração.

Quanto maior o vaso, maior será sua parede para que a capacidade de armazenamento da água seja também maior, permitindo maior disponibilidade de água para a planta e menor frequência de rega.

 

Testando os vasos Xaxim de Palmeira

Bom, fui procurada pelo pessoal da Xaxim de Palmeira que me propôs uma parceria para testar os vasos e mostrar em vídeos como as plantas se desenvolvem nesses vasos. Já fiz um vídeo onde ensino como transplantar samambaia e fiz um teste. Separei 3 mudas e plantei uma num vaso de xaxim original (que achei perdido na casa da minha sogra), outra num vaso de plástico e a terceira num vaso de xaxim de palmeira. Mais info aqui.

As mudas que estão nos vasos de xaxim estão muito mais bonitas do que a que está no vaso de plástico. E também as dos xaxins estão com mais folhas.

 

Testando Com Orquídeas

Bom, agora vou testar com orquídeas. Tenho 3 phalaenopsis que achei no lixo. Vou plantar 2 no vaso de xaxim de palmeira, cada uma usando um substrato diferente e a terceira vou deixar no vaso de plástico. Daqui a um ano eu mostro como cada uma se desenvolveu.

Como no vídeo do transplante das samambaias, eu combinei com o pessoal dos vasos Xaxim de Palmeira, que vou mostrar a verdade. Não vou maquiar a verdade, se as orquídeas não tiverem se desenvolvido bem. Eles toparam e estão 100% seguros de que elas irão se desenvolver super bem nos vasos xaxim de palmeira! Vamos aguardar e observar!

 

Transplantando

Bom, chega de falar e vamos agir!

A primeira orquídea plantei no vaso de xaxim de palmeira com o substrato para orquídeas da xaxim de palmeira (Biosolvit).

Orquídea plantada em vaso Xaxim de Palmeira

Orquídea plantada em vaso Xaxim de Palmeira

 

A segunda plantei no vaso de xaxim de palmeira usando casca de pinus e carvão vegetal. Um substrato pronto para orquídeas que achei numa loja de plantas.

 

E a Drenagem?

Lembrando que quando usamos os vasos de xaxim de palmeira não precisamos fazer drenagem nos vasos por que as paredes do vaso absorvem o excesso de água da rega. Isso faz com que a gente não precise regar tanto, por que a planta vai ter água e nutrientes disponíveis para ela nas paredes e no fundo do vaso e isso também proporciona isolação térmica para as raízes das plantas, especialmente durante a primavera e o outono, quando temos uma grande diferença de temperatura durante o dia. De manhã e no final do dia faz frio e no meio do dia faz calor.

 

É necessário deixar de molho?

Também não é necessário deixar o vaso de xaxim de palmeira de molho de um dia para outro. Podemos plantar direto neles. Aliás, não

 

Vaso de plástico precisa de drenagem!

Já o vaso de plástico precisará de drenagem com brita, pedaços de isopor ou rolhas. Vou usar rolhas, pois quero aproveitar que tenho um monte sobrando em casa. O ideal é usar casca de pinus com carvão para vaso de plástico por que esse substrato drena bastante.

 

Como Transplantar Orquídea

Pegue uma muda de orquídea, tire-a do vaso, limpe bem o substrato das raízes e plante-a em cada vaso. Quando usar os vasos Xaxim de Palmeira não será necessário colocar nada para fazer a drenagem. É só centralizar a muda no vaso e preencher com substrato.

Centralizando a muda de orquídea no vaso Xaxim de Palmeira

Centralizando a muda de orquídea no vaso Xaxim de Palmeira

 

Se for utilizar um vaso de plástico, posicione a muda no vaso e vá acrescentando o isopor ou as rolhas para fixar a planta no vaso e depois o substrato.

Podemos transplantar as orquídeas em qualquer época do ano, com exceção do inverno.

 

Após o plantio

Regue bem as folhas da planta e deixar cair um pouco no substrato para umedecer.

Depois deixar os vasos em local que receba bastante luz, mas não sol direto.

 

Vasos Xaxim de Palmeira

Os vasos Xaxim de Palmeira duram de 2 a 3 anos, que é o tempo ideal para se manter uma planta num mesmo vaso. Depois desse tempo será necessário transplantar a planta para um outro vaso, com novo substrato. E o vaso antigo de Xaxim de Palmeira irá se biodegradar.

Vasos Xaxim de Palmeira

Vasos Xaxim de Palmeira

 

Evitar

Os vasos Xaxim de Palmeira não devem ficar em contato direto com a terra pois podem apodrecer e iniciar o processo de decomposição muito rápido. É bom colocar um pratinho por baixo do vaso se ele estiver na terra. Se quiser comprar vasos de Xaxim de Palmeira, é só clicar aqui.

Dicas de cultivo:

Antes de começar a mexer

Quando for manipular, sempre retire o arame que prende a haste floral para evitar acidentes.

 

Para dividir a planta

Se for dividir a planta, cada muda nova deve ter 3 raízes, no mínimo.

 

Haste floral sem flores?

Corte a haste floral que já não tem mais flores. Para que o corte não fique aberto e permita a entrada de bichinhos ou de água, passe canela em pó, pasta de dente ou até esmalte para selar o corte.

 

Folhas murchas ou enrugadas?

Se as folhas estão murchas e enrugadas, provavelmente a sua planta está em um local muito abafado e sem ventilação. A temperatura aumenta muito e as folhas acabam desidratando.

 

Menos é bom

Para orquídeas, quanto menor o vaso, melhor. É o contrário das outras plantas.

 

Rega

Quando for regar, regue bem as folhas e depois deixe cair um pouco de água no substrato.

O substrato deve ficar ligeiramente úmido, mas nunca encharcado. Regue umas 3 a 4x por semana quando estiver quente e/ou seco e 1 a 2x quando estiver frio e/ou úmido.

 

Adubação

Veja como adubar orquídeas aqui e aqui.

 

Ingrediente secreto de cultivo!

E o lembre-se do ingrediente secreto de cultivo: AAC = atenção + amor + carinho!

 

Saiba mais sobre cultivo de orquídeas.

 

E aí? Você já cultivou orquídeas? Já replantou? Qual foi a sua experiência com elas? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que nem sempre aparecem aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como replantar samambaia! Aprenda agora!

Como replantar samambaia! Aprenda agora!

Como replantar samambaia. Aprenda agora como fazer mudas e replantar samambaia usando 3 tipos de vasos: vaso de xaxim, xaxim de palmeira e de plástico.

Como replantar samambaia!

Se a sua samambaia está no mesmo vaso há muito tempo e já ocupou o vaso todo, está na hora de transplantá-la para um novo vaso e aproveitar para fazer mudas!

 

O XAXIM

O melhor vaso para cultivo de samambaia eram os vasos de xaxim. Você já ouviu falar do xaxim? O xaxim era extraído do tronco de uma planta da família das samambaias, chamada Dicksonia sellowiana, que é um arbusto semi-lenhoso, de tronco ereto, fibroso, espesso e nativo das matas do Brasil.

 

Cultivo

O xaxim é cultivado em meia-sombra ou na sombra, em terra fértil e sempre úmida. É muito resistente ao frio. Ela lembra uma palmeira, mas é uma samambaia! É uma das nossas maiores samambaias, tanto que também é conhecida por samambaiaçu, que quer dizer samambaia muito grande (o sufixo açu vem do tupi wa’su).

 

Dificuldade

O xaxim tem o crescimento muito lento. Ele cresce de 5 a 8cm por ano. Então são necessários uns 50 anos para se obter um vaso de 40 a 50cm de diâmetro!

 

Extinção

Essa planta é nativa da nossa Mata Atlântica, mas foi tão explorada que entrou em extinção e agora tanto o seu corte como sua exploração estão proibidas pelo IBAMA. Saiba mais aqui.

 

Imitação barata

Depois apareceram uns vasos que tentavam imitar o xaxim, feitos de fibra de coco, mas não foram bem sucedidos.

 

Solução: Xaxim de Palmeira

Agora finalmente depois de muito estudo para entender por que o xaxim era tão bom para as plantas, apareceu o Xaxim de Palmeira!

 

Xaxim de Palmeira

Os vasos Xaxim de Palmeira são 100% naturais, pois são feitos com fibra de palmeiras e seiva de árvore. Eles funcionam como se fossem substratos estruturados. Uma espécie de casa para as plantas! Permitindo um perfeito enraizamento das plantas e aumentando a durabilidade da floração.

Quanto maior o vaso, maior será sua parede para que a capacidade de armazenamento da água seja também maior, permitindo maior disponibilidade de água para a planta e menor frequência de rega.

 

VAMOS TESTAR!

Bom, fui procurada pelo pessoal da Xaxim de Palmeira que me propôs uma parceria para testar os vasos e mostrar em vídeos como as plantas se desenvolvem nesses vasos. Eles me mandaram uma caixa com vasos e substratos e eu fiz uma live no Instagram outro dia, clique aqui para assistir.

Então eu peguei a minha samambaia, que estava enorme e pedindo para ser transplantada, e fiz 3 mudas e plantei cada uma num vaso diferente. 1 muda num vaso de xaxim que eu achei perdido no jardim da casa dos meus sogros, 1 no vaso Xaxim de Palmeira e 1 num vaso de plástico e daqui há 1 ano, em maio do ano que vem, farei um outro vídeo mostrando como as plantas se desenvolveram em cada vaso.

 

A VERDADE!

Combinei com o pessoal dos vasos Xaxim de Palmeira, que vou mostrar a verdade. Não vou maquiar a verdade, se a muda que estiver no vaso deles não tiver se desenvolvido bem. Eles toparam e estão 100% seguros de que ela irá se desenvolver tão bem quanto a que será plantada no xaxim. Vamos aguardar e observar!

Bom, chega de falar e vamos agir!

 

O SUBSTRATO PARA SAMAMBAIA DE RIZOMA

Primeiro a gente prepara o substrato:

1 medida de areia

1 medida de terra

1 medida de humus de minhoca

7 medidas de fibra de coco ou casca de pinus triturada (eu usei o substrato de fibra de palmeira da Xaxim de Palmeira)

1 colher de chá de carvão moído (para moer o carvão, deixe um pedaço de molho em água e depois dê uma martelada nele, que ele esfarela). Esse é o segredinho para deixar as folhas com um verde mais intenso!

Esse substrato é indicado para samambaias de metro, pluma e amazonas, avencas em geral, rendas portuguesa e francesa, chifre-de-veado (platycerum), asplênio e até bromélias.

Se você tiver samambaia saia baiana, paulistinha, compacta, cabelinho de anjo e mini samambaia, a sua samambaia é de raiz. Veja aqui como fazer o substrato ideal para ela.

 

DRENAGEM

Tanto o vaso de xaxim original, quanto o de xaxim de palmeira não precisam ser deixados de molho de um dia para outro. Podemos plantar direto neles. Aliás, não precisamos nem fazer drenagem nesses vasos, pois as paredes deles respiram e a água se armazena nas paredes, permitindo que a água e os nutrientes se acumulem nas paredes e não apenas no fundo do vaso, além de proporcionar isolação térmica para as raízes das plantas e diminuir a frequência e quantidade de rega.

Já o vaso de plástico precisará de drenagem com argila expandida e manta de drenagem.

 

REPLANTIO

Agora eu pego a minha planta, tiro ela do vaso, separo as mudas usando uma tesoura limpa e afiada, podo as folhas e galhos secos e planto cada uma num vaso.

Podemos transplantar samambaias em qualquer época do ano, com exceção do inverno.

Depois do plantio, regue abundantemente e deixe os vasos em local que receba bastante luz, mas não sol direto.

 

VASOS XAXIM DE PALMEIRA

Os vasos Xaxim de Palmeira duram de 2 a 3 anos, que é o tempo ideal para se manter uma planta num mesmo vaso. Depois desse tempo será necessário transplantar a planta para um outro vaso, com novo substrato. E o vaso antigo de Xaxim de Palmeira irá se biodegradar.

Eles não devem ficar no tempo, pois podem acumular muita água nas paredes a acabar por matar a planta por excesso de água nas raízes.

Os vasos Xaxim de Palmeira também não devem ficar em contato direto com a terra pois podem apodrecer e iniciar o processo de decomposição muito rápido. É bom colocar um pratinho por baixo do vaso se ele estiver na terra.

Gostou dos vasos Xaxim de Palmeira? Quer testar também? Saiba mais e compre os vasos Xaxim de Palmeira.

 

Muda de samambaia em vaso Xaxim de Palmeira

Muda de samambaia em vaso Xaxim de Palmeira e vaso de plástico

 

Muda de samambaia em vaso Xaxim

 

DICAS DE CULTIVO

  • Samambaias gostam de bastante luminosidade, mas não sol direto e nem escuridão. No sol elas queimam e se estiverem num local pouco iluminado, elas perdem o vigor e ficam mirradas.

 

  • Elas não gostam de ventos. Ventos fortes e correntes de ar fazem com que suas folhas, que são chamadas de frondes, se choquem e as gemas se quebrem, atrapalhando o crescimento da planta. O ideal é que o local onde ela esteja receba apenas uma leve brisa.

 

  • Samambaias não gostam de ficar mudando de lugar. Aliás, nenhuma planta gosta. Plantas são serem estáticos. Cada vez que mudamos uma planta de lugar, ela demora um tempo para se adaptar ao novo local e se isso for feito com constância, a planta pode acabar sofrendo stress e até morrer.

 

  • Samambaias gostam de regas constantes e abundantes, mas não a ponto de deixar o solo encharcado. Em dias muito quentes, borrife as folhas. Elas adoram!

 

  • Guarde a água da lavagem do arroz para regar as suas samambaias. Elas ficarão mais viçosas e com um verde lindo!

 

Saiba mais sobre cultivo de samambaias.

 

INGREDIENTE SECRETO DE CULTIVO

E o lembre-se do ingrediente secreto de cultivo: AAC = atenção + amor + carinho!

 

E aí? Você já cultivou samambaia? Já replantou? Qual foi a sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que nem sempre aparecem aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Xaxim está proibido

Xaxim está proibido

Pois é, o xaxim está proibido. E não é frescura do governo não. Tanto sua extração como comercialização estão proibidos por que essa espécie está quase em extinção.

E por que é que ele está ameaçado de extinção?

O xaxim é extraído do tronco de uma planta da família das samambaias, chamada Dicksonia sellowiana, que é um arbusto semi-lenhoso, de tronco ereto, fibroso, espesso e nativo das matas do Brasil. Cultivado em meia-sombra ou na sombra, em terra fértil e sempre úmida. É muito resistente ao frio. Ela lembra uma palmeira, mas é uma samambaia! É uma das nossas maiores samambaias, tanto que também é conhecida por samambaiaçu, que quer dizer samambaia muito grande (o sufixo açu vem do tupi wa’su).

O problema é que o xaxim tem o crescimento muito lento (ele cresce de 5 a 8cm por ano). Então são necessários uns 50 anos para se obter um vaso de 40 a 50cm de diâmetro!

Ao comprar, usar ou vender vasos, placas, “palitos” e “pó″ feitos de xaxim, estimula-se um sério dano ambiental, além de se cometer um ato ilegal*.

A alternativa é usar a fibra de coco. Sabia que o coco tem uma capacidade de germinação excepcional? Imagine um coco que cai do coqueiro e rola em direção ao mar e sai boiando. Dentro dele há um embrião germinando enquanto suas raízes estão enraizadas na parte interna da casca do coco. E o coco vai flutuando pelos oceanos até chegar numa praia e germinar. A casca, fibrosa, funciona como um órgão de flutuação e proteção, um verdadeiro berçário para o embrião do coco na fase de germinação e desenvolvimento inicial. As fibras e os grânulos que compõem a casca, protegem o embrião do efeito corrosivo e salino da água do mar, ao mesmo tempo em que oferecem um meio de crescimento (substrato) poroso, que retém umidade, sem contudo ressecar ao sol ou encharcar enquanto flutua sobre a água. Uma verdadeira “célula de sobrevivência” criada pela natureza!

Além de ser usada como substrato, a fibra de coco serve também para a confecção de vasos, que devem ficar imersos em água antes de serem utilizados para que retenham melhor a umidade, e até para a confecção de solados de calçados, encostos e bancos de carros. E agora descobriram que a “carne” do corpo é capaz de remover da água quantidades significativas de poluentes como fármacos, pesticidas, corantes e, até, metais. Legal, né? É a natureza nos mostrando as soluções para os problemas que nós criamos… Viva a natureza!

*Para proteger essa espécie ameaçada de extinção, o CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), criou a resolução n. 278 em 24/05/2011, que determina em seu Artigo 1 a proibição do corte e exploração da Dicksonia sellowiana , popularmente conhecida como Xaxim.

Referência bibliográfica:

LORENZI, Harri. Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. 3a edição. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2001.

Sites consultados:

http://www.cnpat.embrapa.br/home/portfolio/tecnologia.php?id=10

http://www.jardimdeflores.com.br/ECOLOGIA/A20xaxim.htm

http://www.amafibra.com.br/preservacao/

http://ecoviagem.uol.com.br/fique-por-dentro/artigos/meio-ambiente/a-salvacao-do-xaxim-o-coxim-344.asp

http://www.revistaanalytica.com.br/ed_anteriores/15/art04.pdf

http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/blog-da-redacao/coco-pode-ser-usado-para-despoluir-a-agua/

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza