Posts Tagged "ritual de família"

Delícias da maternidade: o amor divino

Delícias da maternidade: o amor divino

Outro dia uma amiga escreveu no Facebook que adora beijar e abraçar seu bebê… Tem coisa melhor que isso? Eu fortemente recomendo a todas as mães que abracem, beijem e reforcem diariamente a seus filhos o amor que sentem por eles!

Filhos que sabem que são amados são mais felizes!

Todas as noites, na hora de dormir, quando vou colocar meus filhos na cama, dou vários beijos, digo o quanto eu os amo, como adoro ser mamãe deles e de tê-los como filhos. Que eu me sinto muito honrada por ter sido escolhida por eles para ser a mamãe deles nesta encarnação! Sim, por que eu acredito em reencarnação… E acredito que escolhemos nossos pais, para que possamos vivenciar e aprender as lições que precisamos para evoluir…

Mais tarde, quando eu vou dormir e eles já estão dormindo, eu vou novamente à cama de cada um, dou mais beijos e falo no ouvido, bem baixinho, que eu os amo muito e desejo novamente uma boa noite de sono. Falo a cada um como ele é especial, inteligente, alegre, amoroso, carinhoso, bom filho, bom irmão, bom amigo, estudioso, bom esportista… E como é maravilhoso ser mãe dele. Faço isso como um ritual. Desde que cada um nasceu.

Quem conhece meus filhos, sabe o quanto eles são fofos e seguros. Por que sabem que nós os amamos. Não há dúvida com relação a isso.

Acho falta amor no mundo. E que as pessoas precisam saber que são amadas, sempre. Principalmente nossos filhos. Se queremos que o mundo seja melhor, mais justo e mais amoroso, devemos começar a ser mais justos e amorosos com as pessoas que estão mais perto de nós e que aprendem tudo o que fazemos, só de nos observar. O tempo todo eles estão absorvendo as nossas atitudes com relação a eles e ao mundo. É uma responsabilidade enorme criar um filho! Mas dá uma satisfação igualmente enorme vê-los felizes, saudáveis e adaptados ao mundo em que vivemos…

Então, não perca tempo! Nunca é tarde para dizer ao seu filho o quanto ele é amado! E mesmo que ele diga que se cansa de ouvir, não acredite. Não se canse de repetir! Eu falo TODOS OS DIAS, várias vezes ao dia. Quando eles acordam, na hora do almoço quando estou levando-os para a escola, antes de dormir, depois que dormiram…

Essas fotos são dos meus filhos quando eram bebês… Dizem que quando o bebê dorme de braços abertos é sinal de que ele é feliz…

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão com muito amor,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

O aniversariante do dia

O aniversariante do dia

Quando casei, meu marido e eu conversamos muito sobre os rituais e costumes de cada família. Decidimos então que na nossa família, a que estávamos montando juntos, íamos manter os rituais que achávamos legais de cada lado e criar nosso próprios rituais.
Um dos rituais que foi mantido e que eu acho muito legal é o de acordar o aniversariante com bolo. Todos os habitantes da casa se reúnem e entram no quarto carregando o bolo e cantando parabéns para o felizardo do dia. É uma delícia ser acordado assim!
Meu filho mais velho fez aniversário em maio e pediu bolo de maçã (uma receita que peguei de um blog que sigo de uma amiga antiga, a Lu Betenson)…

 

 

E meu caçula, que faz aniversário hoje, pediu bolo de cenoura para ser acordado e bolo formigueiro para levar para a escola. O de cenoura eu fiz ontem à noite, mas coloquei numa forma muito grande e ele ficou muito magrinho. Ficou gostoso, mas o visual não ficou legal.
Eu ia encomendar um bolo, mas esqueci e quando liguei, a moça não podia fazer. Resolvi então fazer eu mesma. Acordei cedo e fui xeretar na internet a procura de uma receita de bolo formigueiro, já que eu não tinha uma. Achei uma receita que era muito parecida com um bolo que eu adoro e que a minha avó fazia, o Bolo Vovozinha… Então resolvi seguir a receita da minha avó e acrescentar o chocolate granulado para transformá-lo em formigueiro. As receitas que li na internet falavam em colocar coco ralado, mas eu não gosto de coco ralado, então não coloquei.

 

Bolo Vovozinha adaptado a Bolo Formigueiro

 

4 ovos
100gr de manteiga
2 xícaras de chá de farinha de trigo
2 xícaras de chá de açúcar
1 xícara de chá de leite
1 colher de sopa de fermento
1 saquinho de chocolate granulado (para o bolo virar formigueiro)

 

Modo de fazer:
  • Ligue o forno em temperatura baixa 180ºC
  • Unte com manteiga e farinha uma assadeira
  • Separe as gemas das claras e bata na batedeira as claras em neve. Para saber se estão em neve, quando a mistura estiver meio dura, vire a bacia de ponta cabeça. Se não cair, é por que está em neve.
  • Pique a manteiga e bata em outro recipiente até ficar branca. Acrescente o açúcar, as gemas, a farinha e as claras. Bata bem. Adicione o leite e o fermento e bata até a massa ficar homogênea.
  • Desligue a batedeira e então coloque meio saquinho de chocolate granulado e misture bem com uma colher de pau
  • Coloque no forno, que deve continuar em temperatura baixa, por uns 30 a 40 minutos. Para saber se o bolo está bom, coloque um palito de dentes na massa, se ele sair liso está pronto.

Cobertura de chocolate

1/2 xícara de chá de leite
1 1/2 xícaras de chá de açúcar
4 colheres de sopa de nescau ou chocolate em pó
2 colheres de sopa de manteiga
Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo até engrossar. Despejar sobre o bolo até cobrir tudo. O ideal é despejar enquanto a calda ainda está quente. Use uma faca para ajudar a espalhar a cobertura sobre o bolo.
Depois que eu coloquei a cobertura, joguei por cima o resto do granulado. Mas achei que o bolo estava sem graça… que precisava de algo a mais. Foi aí que tive a idéia de colocar bis para fazer a decoração. Olha que lindo que ficou!

 

Bolo formigueiro

 

Mas sensacional mesmo foi a minha entrada na escola carregando o bolo. Não teve uma criança que não ficou com água na boca! Estou louca para ir buscar meu filhote na escola e saber se o bolo ficou bom… Acho que amanhã farei outro, por que eu fiquei morrendo de vontade de prová-lo!

 

p.s.: a receita do bolo vovozinha sem o granulado é deliciosa. Acho que é o meu bolo preferido. Um bolo branco, fofinho com casquinha… Ideal para quem gosta de bolo sem cobertura, para acompanhar um café,  um chá, ou mesmo para o café da manhã ou lanche da tarde… Sucesso garantido!

 

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.