Posts Tagged "renda portuguesa"

RENDA PORTUGUESA: DICAS DE CULTIVO E MULTIPLICAÇÃO

RENDA PORTUGUESA: DICAS DE CULTIVO E MULTIPLICAÇÃO

Kit Joaninho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

 

Renda Portuguesa: Dicas de Cultivo e Multiplicação. Aprenda agora como cuidar e multiplicar a renda portuguesa (Davallia fejeensis), em inglês ela é conhecida por rabbit’s foot fern (samambaia pé de coelho).

RENDA PORTUGUESA: DICAS DE CULTIVO E MULTIPLICAÇÃO

SAMAMBAIA!

A renda portuguesa é uma samambaia herbácea, de rizomas longos, peludos e marrons, que parecem pés de coelhos. Tanto que em inglês seu nome popular é rabbit’s foot fern (samambaia pé de coelho).

 

ORIGEM

Apesar do nome, essa samambaia é originária das Ilhas Fiji e da Austrália.

 

CARACTERÍSTICAS

A renda portuguesa atinge de 20 a 40cm de altura e no inverno é comum suas folhas ficarem amareladas e cairem.

 

LUMINOSIDADE

A renda portuguesa gosta de meia sombra, desde que seja um local que receba claridade, ou seja, que seja um local bem iluminado. Mas atenção, os raios de sol não devem incidir diretamente sobre as folhas da planta por que  elas podem se queimar.

 

SOMOS RESPONSÁVEIS POR ELAS

Quando cultivamos plantas em casa devemos ter em mente que somos totalmente responsáveis por elas. Quando elas estão na natureza, elas tem que se vivar para conseguir água, luz e alimentos. Mas quando tiramos elas do ambiente natural e levamos para dentro de casa, passamos a ser responsáveis por fornecer as condições de água, luz, temperatura e umidade mais próximas possíveis do ambiente natural onde elas estavam para que elas possam continuar a crescer e se desenvolver adequadamente.

 

PLANTAS SÃO SERES VIVOS!

Lembre-se que plantas são seres vivos. Às vezes escolhemos um local para colocar a planta, que parece ter todas as condições que ela gosta, mas a planta não fica bem ali. Então devemos procurar outro local para ela. Mas também não é para ficar mudando a planta toda hora de lugar. Se ficarmos mudando a planta toda hora de lugar, ela acaba gastando muita energia para se adaptar em cada mudança e fica estressada, pois ela demora um muito tempo para entender o ambiente em que está e se adaptar a ele. Então deixe uns 2 meses a planta no local antes de mudar, caso note que ela não está bem no local em que estava.

 

MULTIPLICAÇÃO

Conforme a planta vai se desenvolvendo, ela vai produzindo rizomas. Rizomas são as raízes peludas que se enrolam ou saem para fora do vaso como aqui nesse caso. Esses rizomas tem um poder especial! Eles tem a capacidade de reproduzir a planta através das gemas. As gemas das rendas portuguesas são esses pontinhos pretos que se destacam no rizoma.

Rizomas de renda portuguesa

 

Antes de fazer a multiplicação da renda portuguesa observe:

1. Se sua planta tem rizomas longos. Se eles forem muito curtinhos ou pequenos, pode não dar certo. É melhor esperar o começo da próxima primavera.

2. Os rizomas devem ter a cor mais escura e estar saindo para fora do vaso.

3. O ideal é fazer no final do inverno, comecinho da primavera. Não faça multiplicação no inverno.

 

Vamos agora fazer a multiplicação da renda portuguesa:

Prepare um vaso com:

2 partes de composto orgânico ou humus de minhoca,

1 parte de areia (areia de construçã0)

1 parte de terra vegetal ou terra de jardim

 

como fazer:

Puxe com cuidado o rizoma para longe do vaso e com uma tesoura limpa e afiada corte um pedaço de uns 15cm de comprimento e depois aplique canela em pó. Repita a operação algumas vezes até obter alguns pedaços de rizoma.

É importante que os pedaços de rizoma tenham pelo menos 6 gemas (pontinhos pretos ou saliências) para que a nova planta se forme.

Plante os rizomas cortados a 45% no vaso preparado, enterrando-os até a metade do seu comprimento.

Deixe o vaso num local claro e úmido, mas que não receba sol direto.

Regue diariamente com moderação até as mudas pegarem.

Você saberá que as mudas pegaram quando aparecerem os primeiros brotos!

 

E ai? O que você achou? Já cultivou renda portuguesa? Já multiplicou essa planta? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

PARCERIA LOJA PLANTEI

Fiz uma parceria com a loja Plantei, o maior garden center online do Brasil, onde você encontra tudo para jardinagem e pode comprar com toda confiança pela internet, que eles entregam pelo Brasil inteiro!

E na sua primeira compra lá, você pode usar o cupom VIMDANO e ganhar 5% de desconto!

 

CLUBE DA NÔ

Faça parte do clube da Nô, no youtube. Saiba mais aqui.

 

COLEÇÃO NÔ FIGUEIREDO

Você já viu a coleção Nô Figueiredo? Tem camisetas, almofadas, canecas, cadernos, posters e muito mais! Dá uma olhada aqui.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe e-books de presente!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar e-books de presente!

Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

KIt Broto fácil

Cultive brotos em casa

Cultive brotos em casa: Use o cupom BFNOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Composteira Humi

Transforme o resíduo orgânico da sua casa em 2 adubos poderosos para suas plantas!

Use o cupom NOFIGUEIREDO para 5% desconto:

– SP Capital: COMPRAR >

– Outras localidades do Brasil: COMPRAR >

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Tour Guiado pelo Jardim do meu Estúdio

Tour Guiado pelo Jardim do meu Estúdio

Faça um tour guiado pelo jardim do meu estúdio, conheças as histórias das minhas plantas e aprenda várias dicas de cultivo de muitas delas.

Tour Guiado pelo Jardim do meu Estúdio

Saiba mais sobre as plantas do jardim do meu estúdio:

Nandina: veja as dicas de cultivo

Chapéu de Napoleão: veja a semente

Guiné: aprenda como cultivar

Espada de São Jorge: Como fazer arranjo e cultivar

Chuva de Ouro: Veja antes e depois da floração

Renda Portuguesa: Veja as dicas de cultivo

Tradescância, transdescância ou lambari-rosa: Aprenda como cultivar!

Tradescância comum: dicas de cultivo

Dracenas: conheça vários tipos diferentes e aprenda como cultivá-los

Suculentas Sedum dedo-de-moça: 2 lindas suculentas pendentes

Suculenta Sedum-estrela: Suculenta resistente e de fácil cultivo

Colar-de-pérolas: aprenda como cultivar

Peperômia pendente: como manter sua planta sempre bonita

Transformando Botas em Vasos: Veja o vídeo

Antúrios: como cultivar e como transplantar

Orquídea Baunilha: veja as dicas de cultivo

Columéias: todas as dicas de cultivo

Bromélias: como cultivar e como transplantar

Avenca: como cultivar

Jabuticabeira: saiba mais

Ripsalis: como cultivar

Singônio: dicas de cultivo no vídeo

Lírio da Paz: dicas de cultivo e como fazer mudas e transplantar

Taioba: dicas no vídeo

Camarão Amarelo: como cultivar

Romã: Fruta afrodisíaca? Saiba mais!

Açucena-do-brejo (planta incompente: Planta incompetente?

Samambaias: 8 dicas para bombar sua samambaia! 

Ráfis ou Palmeira Ráfia: 2a colocada das Plantas que Purificam o Ar!

Tilândsia: linda floração

Chifre de Veado: como cultivar

Saiba mais sobre substratos para plantas: https://youtu.be/AyPMdDlFBRg 

Saiba mais sobre adubação: https://youtu.be/snKuAKT0r64 

Minhocas e minhocário: Como fazer seu próprio húmus de minhoca

Borra de Café: Veja todas as dicas no vídeo

Como fazer farinha de casca de ovo: Como fazer farinha de casca de ovo

Inseticidas caseiros: aprenda a fazer meus preferidos

Como usar o óleo de neem: aprenda como usar

Como acabar com as lagartas: método natural

Como regar uma planta: 15 dicas TOP de rega

Como salvar uma planta (truque do balde): técnica comprovada

Entenda a luminosidade: Veja o vídeo

AAC

Quando a gente cultiva usando AAC = Atenção, amor e carinho, nossas plantas ficam mais bonitas e mais saudáveis e consequentemente, nós também!

 

E ai? O que você achou do passeio? Já conhecia essas plantas? Qual foi sua experiência com elas? Conta para mim nos comentários abaixo.

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books de presente!

Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Renda Portuguesa

Como Cultivar Renda Portuguesa

Confira no vídeo as dicas de cultivo dessa linda samambaia:
 

 

Veja mais dicas sobre cultivo de samambaias.

 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

 

Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza
Como Cultivar Samambaias

Como Cultivar Samambaias

As samambaias são plantas tropicais que precisam de calor e umidade para sobreviver. Elas não gostam de luz solar direta, mas precisam de muita luminosidade. Se elas estiverem num local pouco iluminado, elas perdem o vigor e ficam mirradas. Tome cuidado também com ventos fortes e correntes de ar que fazem com que suas frondes (folhas) se choquem e suas gemas apiacais (aquelas partes enroladinhas nas pontas das frondes, responsáveis pelo desenvolvimento da planta) se quebrem. O ideal é que o local onde ela esteja seja atingido por uma leve brisa.

E elas não gostam de ficar mudando de lugar. Quando são removidas constantemente, o desenvolvimento das frondes fica prejudicado e a planta pode definhar.

Para o substrato você pode fazer a seguinte mistura para que elas tenham terra fofa e úmida: 2 partes de composto orgânico (que tenha pedacinhos de madeira – pode ser casca de pinus, e folhas semi decompostas), uma parte de terra comum e uma parte de areia de rio lavada (areia de construção).

DICA: Para obter folhas de um verde mais intenso, junte à mistura de cada vaso, uma colher de chá de carvão vegetal triturado.

REGAS: Elas gostam de regas diárias e abundantes, mas não a ponto de deixar o solo encharcado.

Nos dias muito quentes você pode borrifar água diretamente nas frondes das suas samambaias, elas vão adorar e ficar ainda mais lindas!

 

Davallia fejeensis (renda-portuguesa):

 

Conforme a renda-portuguesa vai se desenvolvendo, ela vai produzindo rizomas (aquelas raízes peludas) que se enrolam ou saem para fora dos vasos. Esses rizomas têm a capacidade de reproduzir uma nova planta através das gemas (os pontinhos pretos que se destacam no rizoma).

Quando fazer: observe se os rizomas estão saindo para fora do vaso e se estão com uma cor mais escura. E também se a sua planta já adquiriu o tamanho desejado. Se ela ainda estiver pequena, aguarde mais um pouco e faça a multiplicação na próxima estação. Não faça a multiplicação no inverno, época em que as plantas entram em repouso vegetal.

Como fazer:

1. Prepare um vaso com: 2 partes de composto orgânico, 1 parte de areia (areia de construção, lavada) e 1 parte de terra.

2. Puxe com cuidado o rizoma para longe do vaso e com uma tesoura bem afiada corte um pedaço de uns 15 cm de comprimento. Repita a operação algumas vezes até obter uns 6 pedaços de rizoma. Observe os pedaços de rizoma cortados. Eles devem ter pelo menos 6 gemas (pontinhos pretos) para que a nova planta se forme.

3. Plante os rizomas cortados obliquamente (45º) no vaso preparado, enterrando-as até a metade de seu comprimento.

4. Deixe o novo vaso num local claro e úmido. Regue com moderação diariamente, até as mudas pegarem. Você saberá que elas pegaram quando aparecerem os primeiros brotos!

Asplenium nidus (asplênios):

 

Essas plantas são samambaias bem diferentes. Suas folhas são inteiriças, longas, verdes claras e muito brilhantes. Elas adoram locais semi-sombreados e temperaturas entre 18 e 26ºC. Gostam também que seu substrato seja mantido úmido, mas não encharcado. Se o local onde elas estiverem for muito seco, borrife água em suas folhas, principalmente nos dias mais quentes.

Substrato ideal: 2 partes de composto orgânico, 1 parte de terra comum e 1 parte de areia. Você pode acrescentar ainda 2 colheres de sopa de farinha de osso e 1 colher de chá de carvão vegetal triturado para cada 3 litros do substrato acima.

Saiba o que fazer se o seu asplênio apresentar:

  • Folhas pálidas: podem ocorrer por falta de adubado ou excesso de luminosidade. Adube sua planta a cada 6 meses e mude-a para um local mais sombreado.
  • Folhas com manchinhas amareladas; pontos arredondados, escuros, no verso das folhas: são as cochonilhas de carapaça que provavelmente estão sugando a seiva da sua planta. Se a infestação for pequena, elimine-as uma a uma, utilizando uma escova de dentes molhada com álcool. Se não, aplique óleo de neen. Lembre-se de aplicar o óleo de neen no final da tarde.
  • Bordas amarronzadas e folhas murchas: sua planta deve estar com excesso de calor. Mude-a para um local mais fresco e borrife água em suas folhas para melhorar a umidade.
  • Folhas opacas e sem brilho: provavelmente sua planta está com falta de água ou está num local com pouco ventilação. Mude-o para um local mais arejado e se o substrato estiver muito seco, regue com mais frequência.
  • Manchas marrons nas pontas das folhas: normalmente são provocadas por temperaturas frias. Mude seu asplênio para um local mais quente, longe de correntes de ar.

Platycerium bifurcatum (chifre-de-veado):

 

Nunca tinha visto um chifre-de-veado tão cheio e maravilhoso!
As folhas do chifre quando nascem são pequenas e firmes, com o tempo elas tornam-se grandes, com recortes irregulares, bifurcadas, brilhantes e pendentes. É cultivada em vasos com substrato igual ao de orquídeas ou em troncos de árvores, sempre à meia-sombra e irrigados a intervalos. É bastante rústica, resistindo razoavelmente bem ao frio.
Multiplica-se pelas mudas pequenas que suas raízes formam na superfície do substrato e separadas durante o inverno.

Para assistir ao quadro Dicas de Jardinagem do programa Arte Brasil do canal Rural para mais dicas sobre cultivo de samambaias acesse: Samambaias – dicas de cultivo na TV

 

Todas as fotos foram tiradas por mim, Nô Figueiredo, durante a gravação do programa Arte Brasil (canal Rural) dia 15 de março de 2012 no Paraíso das Plantas:  http://www.paraisodasplantas.com.br/

 

Para assistir ao programa acesse: Samamabaias – dicas de cultivo na TV

 

Referências bibliográfica:

LORENZI, Harri. Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. 3a edição. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2001.
Minhas plantas: jardinagem prática, combate às pragas, idéias e decoração, plantas medicinais. São Paulo, SP: Editora Abril, 1980.

 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza