Posts Tagged "primavera"

Primavera: conheça e aprenda a cultivar

Primavera: conheça e aprenda a cultivar

Primavera: conheça e aprenda a cultivar essa planta que nos presenteia com uma florada super colorida, vibrante e exuberante!

Primavera: conheça e aprenda a cultivar

A primavera, também é conhecida por buganvília, três-marias, ceboleiro, santa-rita, espinho-de-santa-rita, pataquinha, riso-de-prado e sempre-lustrosa.

Primavera florida: um espetáculo da natureza!

Primavera florida: um espetáculo da natureza!

 

Origem

Sabia que a primavera é nativa do Brasil e dos trópicos? Pois é, seu nome científico, Bougainvillea spectabilis, foi dado em 1771 quando ela foi classificada e nomeada em homenagem o comandante francês Louis Antoine de Bougainville, pelo botânico Philibert Commerson, que viajava com o comandante e que foi o responsável pela introdução dela na Europa. Eles estavam viajando pelo Taiti e ficaram deslumbrados com a beleza e exuberância das flores que enfeitavam as casas locais.

 

Características

A primavera é um arbusto lenhoso, espinhento e escandente. Escandente é um termo botânico que se refere à maneira como algumas plantas (geralmente epífitas) crescem emitindo novos brotos para o alto, de modo a subir pelas árvores em direção à luz.

 

Flores

As flores da primavera são pequeninas, brancas ou amarelas e são insignificantes. O que chama mesmo atenção nessa planta são as brácteas, as folhas modificadas, que as recobrem e que exibem os mais diversos e espetaculares coloridos: branco, amarelo, laranja, tijolo, rosa, lilás, vermelho, roxo… e podem simples ou dobradas e são formadas no outono e na primavera.

Flores da primavera

Flores da primavera

 

Detalhe da flor branca da primavera

Detalhe da flor branca da primavera

 

Flores dobradas de primavera

Flores dobradas de primavera

 

Esta espécie foi intensamente melhorada para fins ornamentais e hoje em dia é bem diferente da espécie original.

 

Como cultivar

Ela deve ser cultivada a pleno sol, como trepadeira, para revestir portais, caramanchões e cercas ou formando grandes touceiras em amplos espaços.

Touceiras de primavera floridas no Parque Villa-Lobos em São Paulo

Touceiras de primavera floridas no Parque Villa-Lobos em São Paulo

 

É uma planta que fica pesada com o tempo, então faça uma estrutura reforçada para sustentá-la.

Pode ser cultivada em vasos. O ideal é que o vaso seja alto. Veja mais sobre como escolher o melhor vasos.

Não é muito exigente com relação ao solo, não gosta de muita umidade. Não tolera geadas fortes.

 

Adubação

Para que ela dure mais tempo e te presenteie com muitas flores, faça fertilizações leves semanais para estimular o crescimento e a floração. Eu gosto de colocar húmus de minhoca e 1 x por mês a adubação para estimular a floração que ensinei nesse post.

 

Multiplicação

Multiplica-se por sementes, estacas e alporquia.

 

Podas

As podas devem ser apenas ocasionais para limitar seu crescimento e não prejudicar o florescimento.

Atenção: Cuidado com os espinhos dos ramos na hora da poda!

 

Sou apaixonada por essa planta! Sua floração é tão linda e exuberante que é de tirar o fôlego de quem para para admirá-la!

 

E aí? Você conhecia a primavera? Já cultivou essa planta? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Flores na Primavera – TV Gazeta

Como Cultivar Flores na Primavera – TV Gazeta

Confira as dicas de flores para a primavera pela paisagista Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde no programa Revista da Cidade com Marise Idalino:

 

 

 

Para saber mais sobre as plantas apresentadas acesse: Flores na Primavera

 

Para ver fotos dos bastidores da TV acesse: Bastidores da Gravação 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza

Como Cultivar Trepadeiras – TV GAZETA

Como Cultivar Trepadeiras – TV GAZETA

Assista agora minhas dicas de como cultivar trepadeiras, ótimas para esconder aquele muro sem graça, apresentadas no programa Manhã Gazeta da Olga Bongiovanni:

 

Programa foi ao ar em 26 de novembro de 2010.

As plantas foram gentilmente cedidas pela Chácara 3 Paineiras tel 3743-3727.

 

 

Veja mais dicas de CULTIVO DE TREPADEIRAS

 

 

Assistir minhas outras participações na TV Gazeta

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.

 

Como Cultivar Trepadeiras

Como Cultivar Trepadeiras

Veja agora dicas de cultivo de trepadeiras:

Jasminum azoricum (jasmim-dos-açores)
Essa trepadeira é uma das minha preferidas, tanto que tenho uma plantada em casa. Olha só que lindo ficou o meu portão! E pela manhã, quando meu marido abre a porta da entrada para buscar o jornal, ele sempre inspira fundo e comenta sobre o perfume do jardim! Ele já começa o dia de ótimo humor ;)!

 

 
Jasminum azoricum (jasmim-dos-açores) sobre o portão de casa

 

O jasmim é uma trepadeira semi-lenhosa e muito florífera. Possui uma ramagem bem densa e ramificada e fica florido quase que o ano todo. Suas flores exalam um perfume suave e muito agradável. Graças às suas flores, sempre recebemos visitas de beija-flores! Adoro quando eles nos visitam!!! O jasmim deve ser cultivado a pleno sol e é ótimo para revestir pérgolas, cercas, grades e pórticos, por seu crescimento moderado.

 

 

Jasminum azoricum (jasmim-dos-açores) – detalhe das flores

Abutilon magapotamicum (lanterna-chinesa)
Este arbusto de textura semi-lenhosa, é nativo do Brasil, atinge de 2 a 3 m de altura, possui ramos longos, folhagem e floração ornamentais. Existe também uma variação de folhas verdes com manchas amarelas. Suas flores são solitárias, amarelas com cálice vermelho, pendentes, e em forma de lanterna conforme sugere seu nome popular. As flores são formadas durante quase o ano todo e são muito visitadas por beija-flores. É uma planta que tolera o frio.

 

 Abutilon magapotamicum (lanterna-chinesa) – detalhe flor

 

Olha que efeito legal que ela deu nesta escada! Essa foto é do jardim da Escola Móbile que fizemos há alguns anos.A lanterninha pode ser cultivada como planta pendente em jardineiras ou conduzida como trepadeira ao longo de cercas, com a ramagem amparada.

Abutilon magapotamicum (lanterna-chinesa) – na escada da Escola Móbile

Clerodendron thomsonae (lágrima-de-cristo)

Essa trepadeira originária da África Ocidental, semi-herbácea, de folhagem e florescimento muito decorativos. Suas folhas são ovaladas, verde-escuras e brilhantes, com nervuras profundas e bem marcadas. As inflorescências são ramificadas e produzem muitas flores de cálice branco inflado e corola expandida vermelha.

A lágrima-de-cristo precisa de suporte para ser conduzida, sendo indicada para revestir caramanchões e pergolados pois produz uma ótima sombra no verão e permite a passagem da luz do sol no inverno. Floresce na primavera e no verão atraindo mamangavas. Ela adora o sol, mas suporta bem meia-sombra.

 

Clerodendron thomsonae (lágrima-de-cristo)

Clerodendron x speciosum (coração sangrento)
Esse arbusto escandente de textura semi-herbácea e de florescimento vistoso é o resultado da hibridação do Clerodendron splendens (clerodendro) com Clerodendron thomsonae (lágrima-de-cristo) e por isso é muito parecido com o lágrima-de-cristo. O que muda é o formato e a cor de suas flores.

Clerodendron x speciosum (coração sangrento)

Bougainvillea spectabilis
(primavera)
Geralmente é conduzida como trepadeira, amparando-se os ramos pendentes em suportes. É indicado para revestir grades, cercas, muros e pórticos. Normalmente à pleno sol, mas até suporta uma meia-sombra iluminada.

 

A primavera é uma trepadeira lenhosa, espinhenta e de florescimento abundante e espetacular. É originária do Brasil. Suas flores pequenas são envolvidas por 3 brácteas vistosas, simples ou dobradas, e podem ser rosas, brancas, vinho, laranja ou ferrugem.

Bougainvillea spectabilis (primavera) – detalhe flor

Ela pode ser podada e conduzida com arbusto ou arvoreta, como cerca-viva e como trepadeira, enfeitando lindamente pérgolas e caramanchões de estrutura forte.
Bougainvillea spectabilis (primavera)
Bougainvillea spectabilis (primavera)
Adora o sol e solos férteis. Anualmente indica-se podas de formação e de manutenção, visando estimular o florescimento e renovar parte da folhagem.

 

Todas as trepadeiras acima precisam de apoio para serem conduzidas. Elas não grudam no muro. Você deve criar uma espécie de teia de aranha com cabo de varal (aquele de plástico que tem um cabinho de aço dentro) ou com arame galvanizado (para não enferrujar) como na foto abaixo:

E conforme os ramos forem crescendo, você deve ir enrolando-os no arame, até que ela cubra a parede toda e o arame fique “invisível”.

 

Você também pode optar por um tutor ou treliça de metal.

Olha que efeito legal essa treliça de metal como se fosse quadro. Lindo, né?

Usamos muito esse tipo de vaso de 1/2 parede com trepadeira.
Ou uma treliça de bambú…

Se você for plantar sua trepadeira em vaso, escolha um vaso bem alto, pois as trepadeiras possuem raízes profundas e precisam de bastante terra e espaço para crescerem e ficarem bonitas e sadias.

Esse vaso da Anni Verdi tem ainda um segredo… atrás dele tem uma gavetinha que serve para coletar a água que sobra da rega.

Genial, né?!

E para deixar seu vaso com cara jardim, você pode plantar por cima, para dar acabamento, uma forração como a grama preta anã

Ophiopogon japonicus (grama preta anã)

Ophiopogon japonicus (grama preta anã)

 

O clorofito

Chlorophytum comosum (clorofito)

detalhe de vaso com clorofito

ou a hera…
Hedera helix (hera)
Seu terraço ou jardim vai ficar lindo! Você valoriza aquele muro feio, esconde o vizinho chato e ainda traz cor e perfume para a sua casa. Use e abuse das trepadeiras! Boa sorte!

 

Para ver o programa que foi ao ar sobre trepadeiras acesse: Querida o muro sumiu na TV

Fonte: LORENZI, Harri. Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. 3a edição. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2001.

 

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.