Posts Tagged "pau d’água"

5 Plantas Grandes para Decorar sua Sala!

5 Plantas Grandes para Decorar sua Sala!

5 plantas grandes para decorar sua sala: conheça 5 lindas plantas grandes e fáceis de cultivar para deixar sua sala mais bonita!

5 Plantas Grandes

Você acha que está faltando alguma coisa na sua sala?

Então se liga nessas 5 plantas que vão dar um up na decoração além de trazerem muita energia positiva e ajudarem a deixar o ar mais limpo e purificado! Essas plantas são grandes e podem ser cultivadas dentro de casa. São ideais para quem tem bastante espaço ou quer decorar um canto da casa com uma planta bonita e imponente!

 

Areca

A areca ou areca bambú (Dypsis lutescens) fica linda e é uma planta de ótimo custo benefício. Você encontra um exemplar grande com ótimo preço. Essa planta fica muito bem dentro de casa e quando é plantada no sol ela fica com as folhas mais amareladas e cresce muito!!! Aqui eu ensino como cultivá-la. A areca é a campeã das plantas que purificam o ar e removem gases tóxicos do ambiente! legal, né?

areca

areca

Chamedória

Outra plantas de grande porte que vai super bem dentro de casa é a chamedória (Chamaedoria seifrizii). Ela não é tão acessível quanto a areca, mas é muito bem e costuma não dar dor de cabeça dentro de casa. Acho ela muito linda e elegante. Uso muito nos meus projetos. Veja as dicas de cultivo nesse post.

chamedoria

chamedoria

Pleomele

Tem também a pleomele (Pleomele reflexa ou Dracaena reflexa), que é super bonita com sua folhagem resistente e verde escura. Já a pleomele variegata, que também é linda, precisa ser cultivada em locais com incidência de sol.

pleomele verde

pleomele verde

 

Pau d’água

A pau d’água (Dracaena fragans), também é muito linda, tem uma folhagem muito decorativa e é super fácil de manter. As dracenas em geral ficam bem dentro de casa. Aqui ensino como cultivá-las.

pau dagua

pau dagua

 

Palmeira ráfia

E para finalizar, a palmeira ráfia, ou rafis (Rhapis excelsa). Essa planta também é linda, mas ela depois de um tempo em vaso ela começa a ficar meio feia. As pontas das folhas começam a secar… Ela é linda, mas vi poucas grandes e realmente bonitas dentro de casa. Veja as dicas de cultivo aqui.

ráfia

ráfia

 

Todas essas plantas podem ser adubadas com húmus de minhoca, farinha de casca de ovo, borra de café… veja dicas sobre adubação e também sobre inseticidas caseiros.

 

E aí? Você já cultivou alguma dessas plantas? Que planta você cultiva? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

Faça parte da minha Lista VIP

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Dracenas: 4a Colocada das Plantas que Purificam o Ar!

Como Cultivar Dracenas: 4a Colocada das Plantas que Purificam o Ar!

Aprenda como cultivar dracenas, a 4a colocada das plantas que purificam o ar e removem gases tóxicos do ambiente:

COMO CULTIVAR DRACENAS

As dracenas são lindas e enfeitam qualquer ambiente.

 

Dracena bambú

A dracena bambú (Dracaena surculosa) é um arbusto ramificado, ereto e com folhagem muito ornamental. É originária da África e atinge até 2m de altura. Pode ser cultivada em vaso em locais protegidos como esse que fica nesse canto do terraço e também fica linda no jardim, em locais sombreados sob bosques formando conjuntos ou ao longo de muros.

A dracena bambú gosta de terra fértil e mantida úmida. Não gosta de baixas temperaturas.

Multiplica-se por estacas preparadas no final do inverno.

 

Bambú da Sorte

A dracenea sanderiana (Dracaena sanderiana) também é conhecida por bambú da sorte e é uma planta muito versátil. Ela também é originária da África.

Podemos cultivar galhos dela na água por muitos anos ou então em vasos ou canteiros, onde pode atingir até 1,5m de altura.

A variedade de folhas com margens brancas ou amarelas prefere ser cultivada no sol, enquanto que a de folhas verdes pode ser cultivada tanto no sol como na meia sombra e ela aguenta bastante tempo em locais com pouca luz.

 

Pleomele

A pleomele (Dracaena reflexa), também conhecida por dracena malaia e pau d’água. A que tem as folhas variegatas, fica super bem no sol e a de folhas verdes escuras fica ótima dentro de casa. Elas são originárias de Madagascar, Índia e Ilhas Maurício. Quando plantadas no jardim podem atingir até 3m de altura. Devem ser cultivadas em regiões tropicais e subtropicais. Elas não toleram baixas temperaturas. Podem ser cultivadas em vasos ou no jardim como planta isolada e conduzida como arvoreta ou formando grupos em jardins amplos. Gostam de terra fértil e irrigada a intervalos.

Multiplicam-se facilmente por estacas, principalmente as das pontas dos ramos.

 

Dracena tricolor

A dracena tricolor (Dracaena marginata) é uma verdadeira escultura viva! Ela pode ter as folhas assim avermelhadas, verdes ou com as beiradas brancas e listinhas vermelhas e verdes.

Esse arbusto ereto, de tronco fino e anelado nas plantas jovens e volumoso e espesso nas idosas, é originário de Madagascar e pode atingir até 4m de altura.

São cultivadas a pleno sol ou em ambientes bem iluminados. Ficam lindas em vasos e seus ramos podem ser retorcidos criando lindos efeitos. No jardim podem atingir até 4m de altura e são usadas formando conjuntos maciços ou ao longo de muros e paredes, em canteiros com solo bem drenado. São plantas bem tropicais que não toleram geada.

Para fazer mudas, corte estacas do ramo em qualquer época do ano.

Aqui em São Paulo tenho visto ela sendo usada como forração. Morro de pena, por que ela acabam tendo que ser podadas direto. Não gosto de ficar podando uma planta que tem em seu DNA atingir 4m de altura. Acho que ela deve ficar triste de não poder atingir seu potencial completo.

 

Dracena confete

A dracena confete (Dracaena godseffiana) tem folhas lindas! Parece que cairam confetes nelas! Esse arbusto ereto e não ramificado, pode atingir até 1,5m de altura é originário da África. Existem variedades em que as folhas são totalmente cobertas de manchas e pontinhos creme com a faixa central branca e outra que as folhas são verdes com pintinhas brancas.

Produz inflorescência curta, com flores pequenas, verde amareladas, que não são muito ornamentais. Mas logo em seguida aparecem os frutinhos vermelhos e arredondados que são muito vistosos.

São muito utilizados para vasos de interior, mas ficam também lindos em jardins sob bosques formando maciços.

Gostam de terra fértil e irrigada periodicamente. Não gosta de baixas temperatura, sendo indicada para regiões quentes.

Para multiplicar, faça estacas no inverno, que é a melhor época para isso.

 

Pau d’água

O pau d’água (Dracaena fragans), também é conhecido por coqueiro de vênus e dracena. Ele vira um arbusto grande, que raramente se ramifica e que também é originário da África. Quando plantado no jardim ele pode atingir de 3 a 6m de altura.

A forma típica da planta é com as folhas inteiras verdes, mas eu acho lindo esse cultivar que tem as folhas com detalhes amarelados.

É uma planta muito rústica, indicada para cultivo em vasos para interiores e também no jardim, em áreas amplas, como planta isolada ou formando conjuntos, renques ou fileiras a pleno sol ou à meia sombra. Também formam cercas vivas.

Se você pegar um pedaço do tronco e colocar em um prato com um pouco de água, ele solta raízes com facilidade, vindo dai seu nome popular de pau d’água.

Essa planta é facilmente multiplicada por estacas.

 

Dracena vermelha

A planta conhecida por dracena vermelha, cordiline ou coqueiro de vênus, mas na verdade, ela não é uma dracena. Ela é parente das outras dracenas, são todas plantas da família Liliaceae. Seu nome científico é Cordyline fruticosa. Ela é originária da Índia, Malásia e Polinésia. É um arbusto semi lenhoso que pode atingir até 2,5m de altura.

Existem inúmeras variedades de cultivo aqui no brasil. Ficam lindas em vasos para interiores e também no jardim em grupos ou formando fileiras junto a paredes e muros, tanto a pleno sol como a meia sombra. É tolerante ao frio.

Como das dracenas, multiplica-se facilmente por estacas.

 
 

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR DAS PLANTAS QUE PURIFICAM O AR?

Pois é, a NASA, a Agência Espacial Americana, tem estudado as plantas e como elas criam oxigênio e removem gases tóxicos.

Participei de um bate-papo ao vivo na página da revista Bons Fluidos onde expliquei melhor sobre essas plantas dia 16 de fevereiro e o bambú da sorte é a quarta colocada entre elas. Ela é ótima para remover vários gases tóxicos e também é ótima para umidificar o ambiente, pois tem uma alta taxa de transpiração.

 
 

ENTRE PARA MINHA LISTA VIP ABAIXO E RECEBA GRATUITAMENTE A APOSTILA SOBRE PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Plantas purificadoras de ar – Veja São Paulo

Plantas purificadoras de ar – Veja São Paulo

Confira as minhas dicas sobre plantas que purificam o ar no blog Morar em SP da Veja São Paulo:

Postado em 03/12/2012 por Mariana Barros 

Plantas purificadoras do ar

 

 

 

 

Além de bonito, ter planta dentro de casa pode ser útil para melhorar a qualidade do ar. A paisagista Nô Figueiredo, autora do site A MENINA DO DEDO VERDE, explica que há algumas espécies capazes de ajudar a eliminar gases presentes no ar das grandes cidades. São mais de 900 tipos, alguns deles não lá muito benéficos à saúde. “Há desde formol, que é tóxico e cancerígeno e é usado em materiais de construção, móveis e vidros, como gases como benzeno, xileno, tricloroetileno, que entram na composição de tintas e tapeçarias”, diz. Completam a lista o clorofórmio e o amoníaco, o álcool e a acetona, presentes em carpetes e cosméticos.

 

Algumas plantas, quando respiram, levam essas substâncias tóxicas para dentro delas, para posteriormente serem consumidas pelos micróbios. Segundo Nô, as espécies mais indicadas para essa faxina aérea são estas listadas abaixo, já agrupadas conforme o espaço que ocupam. Assim, há opções para quem morar em casona e em casinha. Qualquer que seja sua escolha, tenha em mente que plantas são seres vivos: precisam de luz, água e adubo. “Atenção e uma bela limpeza de vez em quando também são importantes. Use um pano úmido para limpar as folhas e ajudar a planta a se desenvolver”, aconselha a paisagista. Confira as espécies:

Pau-d’água (Fotos: Divulgação)

Chamaedorea seifrizii (chamedórea-bambu)
Dracaena marginata (dracena-de-madagascar)
Dracaena fragrans (pau-d’água)
Tamanho: essas três ficam muito bonitas em vasos grandes, indicadas para quem tem bastante espaço dentro de casa

 

 

Sansevieria trifasciata (espada-de-São-Jorge – diz a lenda que ajuda a espantar mau olhado)
Spathiphyllum wallisi (lírio-da-paz)
Tamanho: essas duas podem ser consideradas de porte médio. Não ocupam tanto espaço.

 

Chlorophytum comosum (clorofito)

Philodendron hederaceum (filodendro-pendente)
Hedera helix (hera)
Tamanho: essas três últimas são menores e cabem em qualquer cantinho….

Para ver o post no blog da Veja acesse: http://vejasp.abril.com.br/blogs/morar-em-sp/2012/12/plantas-purificadoras-do-ar/

 

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.

Plantas Purificadoras de ar – site iG

Plantas Purificadoras de ar – site iG

Olha que legal! Saiu uma matéria com trechos de uma entrevista que dei para o iG Casa, sobre as plantas estudadas pela NASA conhecidas como purificadoras de ar ambiente:
Veja a matéria completa sobre plantas que purificam o ar:
E agora a entrevista completa:
Plantas versáteis com várias opções de uso: 
Hedera helix (hera)

A hera é uma graça de planta. Pode ser usada como trepadeira revestindo muros e paredes, fica linda como forração de canteiros ou vasos (se colocar um vaso grande com uma planta grande, que tenha um tronco só e a folhagem em cima, a hera fica linda como forração e acaba revestindo também o vaso), e também pode ser cultivada num vasinho pequeno como planta pendente, pendurada no teto ou apoiada numa prateleira alta ou então conduzida enrolada numa estaca de madeira. Pode ser cultivada tanto à pleno sol ou à meia sombra (em ambiente interno). Pode ser encontrada num tom verde escuro ou variegata, com as folhas verde e brancas. Os vasos podem ser de todas as cores e materiais. Depende da decoração da casa. Combina mais estilos de jardim mais europeu.

Chlorophytum comosum (clorofito) 

O clorofito é quase tão versátil como a hera. Só não é trepadeira. Mas fica lindo como planta pendente, num quadro verde ou num jardim vertical. Também funciona super bem como forração de um vaso com uma planta grande. E como forração de canteiro, dando cor e leveza, sempre à meia sombra.

Philodendron hederaceum (filodendro-pendente) 

O filodendro-pendente também é bastante flexível. Pode ser cultivado em vasos ou jardineiras como planta pendente ou então diretamente no solo, como forração a meia sombra.

Spathiphyllum wallisi (lírio-da-paz) 
 

O lírio-da-paz é uma planta que nunca sai de moda. Adoro sua folhagem verde escura e sua inflorescência branca! Lindas em qualquer ambiente! Se você só tiver um cantinho na sua casa e quiser ter um verdinho para alegrar o ambiente, o lírio-da-paz é ideal. Apenas uma mudinha num vasinho pequeno já muda o astral do ambiente. A cor do vaso? A que melhor combinar com a sua casa! Use a sua imaginação! Se você tiver um pouco mais de espaço, pode fazer uma bacia com lírios-da-paz. Também fica lindo. Num quadro verde ou jardim vertical, sempre à meia sombra também é sucesso garantido!

Chamaedorea seifrizii (chamedórea-bambu)
A chamedória é uma planta clássica de interior, como aquele pretinho básico que toda mulher tem no armário e que nunca sai de moda. Funciona super bem em qualquer tipo de decoração. É uma planta super fácil de cultivar e que quase nunca fica doente.

Plantas esculturais que combinam com ambientes mais modernos:

Dracaena marginata (dracena-de-madagascar)

A dracena-de-madagascar, o pau d’água e a espada-de-são-jorge entram naquela listinha das plantas da casa da vovó, mas que estão ressurgindo das cinzas com tudo. Gosto muito de utiliza-lás em vasos em interiores bem iluminados. Combinam bem com uma decoração mais moderna, minimalista, funcionando como uma escultura viva.

Dracaena deremensis (pau-d’água)
Sansevieria trifasciata (espada-de-São-Jorge)

Difíceis de cultivar em interior:

Gerbera jamesonii (gérbera)

A gérbera é mais encontrada como flor de corte. Fica linda num vaso com água. Enfeita e enche de luz e cor a sua casa. Plantada em vaso ela deve ser cultivada a pleno sol, portanto não é indicada para interior nem é muito fácil de cultivar.

Dendranthema grandiflorum (crisântemo)
Os crisâtemos são muito populares, baratos e fáceis de encontrar. Mas depois que passa a florada, é muito difícil eles voltarem a florir.

Para ver as outras entrevistas que dei: Na mídia

Referências:
http://www.sti.nasa.gov/tto/Spinoff2007/ps_3.html
http://www.scribd.com/doc/1837156/NASA-Indoor-Plants
http://revistagloborural.globo.com/GloboRural/0,6993,EEC1701154-2869,00.html

Fotos que não são de minha autoria:
filodendro-pendente (Philodendron hederaceum) – http://plantsarethestrangestpeople.blogspot.com/2009/03/sailor-philodendron-hederaceum.html
gérbera (Gerbera jamesonii) – http://www.floremvaso.com.br/gerberas.shtml
crisântemo – http://cidaflores.net/paginas/flores_plantas.html

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza