Posts Tagged "mata atlântica"

Paisagismo com Mata Atlântica e Floresta de Bolso

Paisagismo com Mata Atlântica e Floresta de Bolso

Paisagismo com Mata Atlântica e Floresta de Bolso: LIVE com o ambientalista e paisagista Ricardo Cardim e Nô Figueiredo

Paisagismo com Mata Atlântica e Floresta de Bolso

Saiba mais sobre o trabalho do Ricardo:

Site: Cardim Paisagismo

Instagram:

Ricardo Cardim @ricardo_Cardim – https://bit.ly/3gSKotL

Cardim Paisagismo: @cardim_paisagismo – https://bit.ly/32PHD7o

Floresta de Bolso: @florestadebolso – https://bit.ly/32YnGvn

 

E você, o que achou? Muito legal o trabalho dele, né? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe e-books de presente!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar e-books de presente!

Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Parque Trianon na Av. Paulista: venha passear comigo!

Parque Trianon na Av. Paulista: venha passear comigo!

Parque Trianon: Conheça agora essa jóia da Mata Atlântica escondida no coração da Avenida Paulista em São Paulo!

Parque Trianon na Av. Paulista: venha passear comigo!

Você já parou para reparar num pequeno parque que existe em frente ao Masp, no coração da Avenida Paulista?

É o Parque Tenente Siqueira Campos, popularmente conhecido como Parque Trianon!

História da Avenida Paulista

A avenida Paulista fica no topo de uma série de morros conhecidos como espigão central. À esquerda, a visão chegava até o rio Pinheiros, à direita abrangia todo o centro histórico e além até a Cantareira. No final, as colinas do Pacaembu.

 

O que sobrou da Mata Atlântica Original

Essa área era tomada por plantas e árvores. A Mata Atlântica vinha até aqui. Então em 8 de dezembro de 1891 a avenida Paulista foi inaugurada. A mata Atlântica que aqui existia foi praticamente toda derrubada para dar lugar a terrenos grandes e uniformes ladeados de magnólias e plátanos. Árvores lindas, mas que não são nativas do Brasil.

Da mata original, chamada de Caaguaçú, “mata grande” em tupi, sobrou só esse trecho que foi preservado pelo paisagista francês Paul Villon, chamado para organizar o Parque da Avenida, inaugurado em 3 de abril de 1892.

 

Belvedere Trianon

Na frente do parque, com vista para o Vale do rio Saracura, hoje avenida 9 de julho, foi criado um Belvedere pelo arquiteto Ramos de Azevedo, inaugurado em 1916.

Esse belvedere, ficava onde hoje está o MASP, era composto por terraços, salões para festas e convenções com serviços de restaurante e confeitaria:

Terraços do Belvedere Trianon. Serviços de restaurante e confeiteria estavam à disposição dos frequentadores, que podiam desfrutar de um chá da tarde e admirar a vista - Acervo/ Estadão

Terraços do Belvedere Trianon. Serviços de restaurante e confeitaria estavam à disposição dos frequentadores, que podiam desfrutar de um chá da tarde e admirar a vista – Acervo/ Estadão

Imagem do Belvedere Trianon na década de 1920 - Acervo/ Estadão

Imagem do Belvedere Trianon na década de 1920 – Acervo/ Estadão

O Belvedere Trianon pode ser visto ao alto. Abaixo ficava o terreno que mais tarde deu lugar à Avenida Nove de Julho - Acervo/ Estadão

O Belvedere Trianon pode ser visto ao alto. Abaixo ficava o terreno que mais tarde deu lugar à Avenida Nove de Julho – Acervo/ Estadão

 

O Masp

Nos anos 60, o belvedere foi substituído pelo Masp, o Museu de Arte de São Paulo, projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi, que é um símbolo da nossa cidade e da arquitetura moderna.

Vista Masp com Parque Trianon lado direito e Av. 9 de julho lado esquerdo - Web Luxo

Vista Aérea da Avenida Paulista com o Masp no centro, o Parque Trianon do lado direito e Av. 9 de julho do lado esquerdo – Web Luxo

A Paulista foi planejada para ser a avenida mais larga e imponente da cidade.

 

O Parque Trianon

Bom, chega de história e vamos direto ao que interessa. O parque Trianon, por incrível que pareça, ainda conserva boa parte de vegetação original, divididas em duas quadras de verde e sombras: num total de mais de 48 mil m².

E claro que não é mais a luxuriante mata que um dia cobriu essa área, onde habitavam antas, onças, macacos, cervos, e majestosos jequitibás, perobas e cambucis.

 

Relação de Interdependência

Como toda floresta que se preze, aqui havia um ecossistema em equilíbrio, interdependente, onde por exemplo, o jatobá contava que a anta comesse seus frutos para quebrar no seu estômago a dormência das sementes e germinar uma nova árvore. As árvores e os animais tinham uma saudável relação de interdependência.

Agora os ventos canalizados pelos enormes arranha-céus vira e mexe acabam por derrubar as árvores mais alta e antigas. Eucaliptos australianos tiram o sol das plantas nativas, enquanto as ornamentais exóticas, o espaço. O ar fica cada vez mais seco.

 

Benefícios da Mata

Mas ainda assim, uma parte da antiga floresta resiste e aqui dentro o som do intenso trânsito da avenida é abafado pela massa verde. Há um intenso e delicioso cheiro de mato no ar. É impressionante sentir como a temperatura diminui sensivelmente aqui dentro. Aqui é um verdadeiro oásis nos dias quentes!

 

Atrações do Parque Trianon

As árvores remanescentes são identificadas pelos nomes científicos e procurando bem podemos encontrar grandes exemplares de araribá-rosa, canela-poca, cedro, jequitibá, pau-ferro, sapopemba, sapucaia e tamboril, além de abiurana, andá-açu, camboatás, guaraiúva e tapiá-guaçu e até espécies ameaçadas como a cabreúva, o chichá e o palmito-jussara. A fauna do parque atual é composta principalmente por animais como aves, borboletas e até morcegos, além de aracnídeos e pequenas rãs.

Placa de identificação de árvore no Trianon: Angico Branco

 

Esculturas

A mitologia grega aparece retratada em duas esculturas:

Escultura O Fauno de Victor Brecheret no Parque Trianon

Escultura O Fauno de Victor Brecheret no Parque Trianon

Aretusa, uma ninfa do cortejo de Ártemis e que representa a virtude, de Francisco Leopoldo Silva.

Escultura Aretusa, uma ninfa do cortejo de Ártemis e que representa a virtude, de Francisco Leopoldo Silva.

 

Trilhas, playgrounds, aparelhos de ginástica, bicas de água em pedra, ponte de madeira, e até uma ponte que liga um lado ao outro do parque, onde podemos ver a Alameda Santos por cima, que corta o parque ao meio.

Polêmica

Atualmente existe uma polêmica em torno desse parque. Muitos botânicos defendem a retirada das palmeiras australianas, as seafórtia, além de outras medidas para preservar esse legado botânico para as próximas gerações. Enquanto outras pessoas acham que não devemos mexer no parque. Eu acho que é sempre bom a gente querer preservar o verde na cidade. São Paulo precisa de mais verde para contrabalançar todo o cimento e concreto! O que você acha?

 

Você já conhecia o Trianon? Gostou de saber sua história? Acha que as áreas verdes devem ser preservadas? Melhoradas? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Veja outros parques e praças.

Gostou da minha blusa?

É da Loja Castilho – Rua Augusta 2490, loja 2, Jardins, São Paulo – Tel: (11) 3085-8035

http://www.lojacastilho.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/lojascastilho/

Facebook: https://www.facebook.com/lojascastilho/

 

Referência das imagens:

Acervo Estadão

Web Luxo

 

E aí? Gostou de passear comigo pelo Parque Trianon? Quando você estiver pela região da Paulista aproveita e vá conhecê-lo ao vivo e a cores. É ainda mais bonito do que no vídeo!

Curta, comente e compartilhe!

Então se você gosta do meu trabalho, se você quer que eu continue fazendo os vídeos, me ajude a continuar produzindo. Curta os vídeos e escreva algum comentário. Pode ficar tranquilo que eu respondo sempre. Confesso que não é no mesmo dia, nem sempre eu consigo, mas eu respondo todas as dúvidas.

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Clique abaixo para visitar a loja

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Parque Estadual da Cantareira

Parque Estadual da Cantareira

Sabe aquele dia de sol e céu azul que dá vontade de caminhar e ficar em contato com a natureza? Pois é, tenho tido cada vez mais vontade de estar em contato com a natureza… Então aproveitei as férias das crianças e tirei um dia para fazer um passeio muito legal com eles. Fomos passar o dia no parque da Cantareira!

O parque da Cantareira está localizado ao lado do Horto Florestal e possui uma das maiores áreas de mata tropical nativa do mundo dentro de uma região metropolitana. Seus 7.900 hectares são formados por remanescentes de mata atlântica. O parque assegura a proteção de seus mananciais, além de abrigar diversas espécies animais ameaçadas de extinção, como o bugio, o gato-do-mato, a jaguatirica, o macuco, o gavião-pomba, o jacuguaçu e o bacurau-tesoura-grande. Também possui diversas espécies vegetais, incluindo algumas ameaçadas de extinção, como a imbuia, a canela-preta e a canela-sassafrás.

Pegamos a Trilha da Pedra Grande, uma trilha urbana, de asfalto, que já foi uma antiga estrada e teve seu asfalto preservado. Essa trilha tem 9, 500km  total e é considerada como uma trilha difícil pois metade dela é subida. O ponto alto da trilha é a Pedra Grande, um grande afloramento rochoso de granito, de onde se pode ver a Cidade de São Paulo do Norte para o Sul. A trilha dura umas 3h.

Lá na pedra fizemos um piquenique com sandubas, sucos e frutas curtindo a vista da nossa querida São Paulo…Delícia!

O caminho é muito bonito. Com araucárias, palmeiras, samambaias e muitas flores!

O nome Cantareira vem de:

Importante lembrar que:

Respiramos um ar mais puro, fizemos exercício, as crianças saíram da frente do computador e da tv, estivemos em contato com a natureza… Tudo de bom! Os meninos adoraram! Recomendo o passeio!

Para saber mais acesse:

http://www.ambiente.sp.gov.br/wp/trilhasdesaopaulo/2011/05/19/trilha-da-pedra-grande-no-pe-da-cantareira/

http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar/213-parque-estadual-da-serra-da-cantareira

http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/turismo_parques_estadual-cantareira

http://www.recanta.org.br/nucleo_pedra_grande_cantareira.html

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.