Posts Tagged "lavandula officinalis"

Como Cultivar Lavanda – Lavandula officinalis

Como Cultivar Lavanda – Lavandula officinalis

A lavanda, também conhecida por alfazema, é um arbusto perene, com longas inflorescências em forma de espigas malvas, de onde saem pequeninas flores brancas e perfumadas, originário do Mediterrâneo. Durante a Idade Média era muito usada para perfumar e higienizar as casas e igrejas e para repelir a peste.

Lavanda – Lavandula officinalis – foto: Nô Figueiredo

A lavanda é ótima para: combater a depressão, promove o equilíbrio, calmante, descongestionante, relaxante, sedativo, reconfortante e tonificante. Tem ação anti-inflamatória, antisséptico, antiespasmódico, antibascteriano, antiviral.

Mental e emocional: excelente para a ansiedade e sintomas relacionados com o stress, como dores de cabeça, enxaquecas, nevralgia, palpitações e insônia. Útil no tratamento da agitação causada pela demência. Melhora o estado de ânimo. Restaura a energia em quadros de cansaço e esgotamento nervoso.

Um chá forte com as flores da lavanda é um ótimo calmante. Um chá frio aplicado com um pano no rosto ajuda a aliviar dores de cabeça.

Lavanda – Lavandula officinalis – foto: Nô Figueiredo

Digestão: alivia espasmos e cólicas, combatendo gases e problemas intestinais relacionados com tensão e ansiedade. Usada também para infecções que causam vômitos e diarreia.

Sistema respiratório: a lavanda é antimicrobiana e aumenta e resistência a resfriados, tosse, infecções das vias respiratórias, gripe, amigdalite e laringite. É também descongestionante e expectorante; elimina o escarro e alivia a asma.

Sistema imunológico: Chá quente feito com as suas flores reduz a febre e intensifica a eliminação de toxinas pela pele e pela urina.

Sistema reprodutor: Analgésica e antisséptica é usada em banhos para acelerar a cicatrização e reduzir a dor depois do parto.

O óleo essencial da lavanda é ótimo como antisséptico para problemas cutâneos inflamatórios e infecciosos, como eczemas, acne, úlceras varicosas e dermatite de fraldas. Estimula a regeneração dos tecidos da pele. Minimiza a formação de cicatrizes quando usado sem diluir em queimaduras, cortes e feridas, lesões e úlceras. O óleo essencial de lavanda ainda repele insetos, sendo útil para tratar mordidas e picadas; alivia a dor de contusões, entorses, gota, artrite e tensão muscular.

Bordadura de Lavanda no meu jardim/horta – Lavandula officinalis – foto: Nô Figueiredo

Dicas de cultivo:

A lavanda gosta de sol direto. Alguns cultivares toleram sombra parcial.

O solo ideal é bem drenado e moderadamente fértil e alcalino.

O espaçamento ideal para o plantio varia de 30 a 90cm de distância. As touceiras crescem bastante com o tempo e podem atingir até 1m de altura.

Multiplica-se por sementes ou estacas.

 

 

Referências bibliográficas:

LORENZI, Harri et MATOS, Francisco José de Abreu. Plantas Medicinais no Brasil: nativas e exóticas. 2a edição. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2008.

McINTYRE, Anne. Guia Completo de Fitoterapia: um curso estruturado para alcançar a excelência profissional. Tradução: Eidi Baltrusis C. Gomes. São Paulo: Pensamento, 2011.

HOARE, Joana. Guia Completo de Aromaterapia: um curso estruturado para alcançar a excelência profissional. Tradução: Cláudia Gerpe Duarte. São Paulo: Pensamento, 2010.

SMITH, Miranda. Manual Prático de Plantas e Ervas Aromáticas. Tradução: Isabel Teresa Santos. Lisboa: Editorial Estampa, 2003.

TORRES, Carlos. Ervas: Sabor e Saúde. Guia Orgânico Completo: passo a passo para você cultivar em casa e usar na culinária, saúde e beleza 40 tipos de ervas. São Paulo: Editora Ondas, 2002.

BORNHAUSEN, Rosy L. As ervas do sítio: história, magia, saúde, culinária e cosmética. São Paulo: M.A.S., 1991.

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais. Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza