Suculentas: saiba quais são os 3 erros mais comuns no cultivo de suculentas e cactos e aprenda o que fazer para que suas plantas fiquem sempre lindas!

Suculentas: 3 erros mais comuns

São parentes?

Sabia que os cactos e suculentas são parentes? Todo cacto é suculenta, mas nem toda suculenta é cacto. Além das suas formas e cores diferentes e originais, verdadeiras esculturas vivas, o que mais torna essas plantas tão especiais?

 

É tudo da mesma família!

As suculentas, e também os cactos, que são um subgrupo da família das suculentas, são plantas que conseguem armazenar água no tecido carnudo de seus caules, folhas ou raízes e que desenvolveram sistemas para reduzir a perda de água. São plantas que se adaptaram a viver em condições extremas, geralmente com muito sol e pouca água.

 

E qual é a diferença?

A principal diferença entre suculentas e cactos é que os cactos possuem aréolas, que são pequenos círculos salientes de onde nascem rebentos, espinhos e flores.

 

Para que servem os espinhos?

Esses espinhos servem para proteger os cactos de vivarem alimento de animais, promover sombra do sol intenso e dificultar a circulação de ar pela parte externa da planta, a epiderme da planta, evitando a perda de água.

 

Parece de cera!

Já as suculentas, geralmente possuem folhas e caules que parecem que foram encerados.

 

#1 – Muita água

Então, o que eu considero o erro número 1 de cultivo de suculentas é regar demais. Lembre-se que essas plantas se adaptaram a viver em locais com pouca água, por isso criaram mecanismos para armazenar água em seu interior. Se você regar demais, sua planta poderá apodrecer. Regue a cada 15 dias quando estiver quente e/ou seco ou a cada 20/30 dias quando estiver frio e/ou úmido.

Ah, importante também não regar as folhas. Regue apenas o substrato ao redor da planta. Regue a volta toda do vaso. Nunca regue apenas num ponto. Isso vale para todas as plantas!

 

#2 – Pouca luz

O 2o erro é deixar num local escuro. A grande maioria das suculentas e dos cactos gosta de muita luminosidade, de preferencia sol direto. Não é por que encontramos para vender em vasinhos pequenos, que podemos cultivar dentro de casa e longe do sol. Não dá certo. Sua planta precisa de sol para fazer fotossíntese e criar alimento para ela!

 

#3 – Substrato errado

O 3o erro mais comum é com relação ao substrato. Misture areia para que o substrato fique bem poroso e drene rapidamente a água. Costumo preparar um substrato usando: 2 medidas de areia, 1 medida de terra, 1/2 medida de humus de minhoca. Veja aqui nesse post como fazer esse substrato.

 

Drenagem é super importante!

E o vaso deverá ter um bom sistema de drenagem para evitar o apodrecimento das raízes, por isso coloque no fundo do vaso argila expandida e manta de drenagem.

Se for cultivar num recipiente sem furo, regue menos ainda para a água não ficar empoçada no fundo.

 

Cobertura do solo

Costumo também colocar pedriscos ou pedrinhas na superfície do vaso para ajudar a manter a umidade da terra; eliminar o nascimento de ervas daninhas de musgos; reduzir a erosão do solo e evitar que respingue água nas plantas durante a rega.

 

Eu falei que eram 3 erros, mas lembrei de mais alguns…

 

#4 – Cuidado com a planta

O 4o erro mais comum é não retirar as folhas secas que ficam ao redor da planta. Conforme a planta vai crescendo, ela vai perdendo as folhas de baixo, que vão secando e caindo. É normal. É como nossos cabelos, sempre tem fios caindo e fios novos nascendo.

 

#5 – Mudança não!

E lembre-se que planta não gosta de ficar mudando de lugar. Recebo muitos comentários de gente que fica mudando a planta toda hora de lugar. De dia deixa no sol, de noite coloca para dentro de casa. Isso não dá certo. Cada vez que mudamos a planta de lugar, ela demora um tempo para se adaptar ao local. E se toda hora ela tem que se adaptar a um local novo, ela acaba ficando louca e não consegue fazer o que precisa para ficar bem e saudável, por que toda hora tem que se adaptar novamente!

 

Ingrediente secreto de cultivo

Lembre-se do ingrediente secreto do sucesso de cultivo: AAC. Atenção, amor e carinho!

 

E aí? O que você achou? Você já fez algum desses erros? Qual é a sua dificuldade no cultivo de plantas? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 2 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 2 e-books!

Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro