Dionéia Planta Carnívora: Como Cultivar? Aprenda agora sobre as plantas carnívoras, o que elas comem, por que são carnívoras e como cultivá-las.

Dionéia Planta Carnívora: como cultivar?

Sabia que existem plantas que complementam sua nutrição com a digestão de outros seres vivos?

Pois é, e agora vou falar um pouco sobre as plantas carnívoras e te ensinar como cuidar da dionéia, a primeira planta que vem à mente quando pensamos em plantas carnívoras.

 

O que é uma planta carnívora?

Consideramos uma planta carnívora todo vegetal que tem a capacidade de atrair, capturar, matar, digerir outro ser vivo através enzimas digestivas próprias e absorver nutriente dessa digestão.

 

Então essas plantas não realizam fotossíntese?

Essas plantas realizam sim fotossíntese, elas apenas complementam sua alimentação com substâncias derivadas da digestão de outros seres vivos.

 

E por que isso acontece?

Essas plantas criaram esses mecanismos de adaptação por viverem em locais com solos pobres em nutrientes fundamentais como nitratos e fosfatos, onde não conseguem desenvolver suas pequenas e delicadas raízes. Além de serem pobres em nutrientes, geralmente os solos são ácidos, onde não há a existência e atuação de bactérias que fixam o nitrogênio no solo e que vivem em simbiose com as plantas, disponibilizando o nitrogênio para elas.

 

E como elas fazem para atrair as presas?

Na maioria das vezes, as plantas desenvolveram folhas em forma de armadilhas capazes de atrair, capturar, digerir e absorver os sais minerais das vítimas através de enzimas digestivas.

 

700 espécies!

Existem aproximadamente 700 espécies de plantas carnívoras no mundo, distribuídas em 10 famílias e 19 gêneros. A maior ocorrência de plantas é em regiões tropicais e subtropicais. E elas podem ter cor e formas variadas.

 

Dionéia

Bom, voltando à dionéia… A dionéia é uma planta herbácea, carnívora e nativa das planícies costeiras da Carolina do Norte e do Sul do Estados Unidos. Ela também é conhecida por papa-mosca e papa-mosca-de-venus (Dionaea muscipula).

 

Descrição da planta

É uma planta bem pequena, que atinge no máximo 10 cm de altura e possui de 4 a 8 folhas dispostas em roseta e um pequeno bulbo, semelhante a uma cebola.

Dionéia

Folhagem

Suas folhas são muito interessantes! São compostas por uma armadilha, divida em duas partes, como se fosse uma boca, com o interior vermelho e com 15 a 20 “dentes” compridos e afiados nas bordas. A região periférica superior das folhas são verdes e fazem fotossíntese. A região central, vermelha, possui numerosas glândulas produtoras de enzimas.

 

E como a armadilha funciona?

Os insetos são atraídos por um cheiro liberado das margens das folhas modificadas e pela coloração vermelha da parte interna da armadilha.

 

Pelos sensitivos ou cerdas sensoriais

Nessa parte interna vermelha existem pelos sensitivos, chamados de cerdas sensoriais, que se fecham rapidamente quando percebem a presença de um inseto. Mas olha só como a natureza é esperta! Os “dentes” das bordas não se intercruzam, provando que a planta pode ter uma atitude de controle alimentar, ou seja, se o inseto não for de um tamanho satisfatório à necessidade energética da planta, e ela calcule que gastará mais energia para a digestão do que para a reposição dos nutrientes, a vítima poderá fugir.

 

E a digestão? Como funciona?

Depois que a armadilha se fecha, umas glândulas do centro da armadilha produzem as enzimas digestivas. A digestão dura aproximadamente 1 semana.

 

Não escova os dentes?

Lentamente a armadilha se abre e se tiver sobrado algum resto de carapaça do inseto, a chuva e o vento fazem uma espécie de faxina, levando os restos embora.

 

Abre-te sésamo 3X

Cada armadilha costuma fazer umas 3 vezes esse processo antes de ser substituída por folhas novas.

 

Onde cultivá-la

Ela gosta de ficar no sol pleno ou meia-sombra, em substrato preparado a base de musgo esfagno, turfa e perlita, levemente ácido e mantido constantemente úmido.

 

Rega

Quando for regar, o ideal é deixar a água da torneira descansando de um dia para outro para evaporar o cloro ou usar água destilada, livre de sais minerais, ou até de chuva. Lembre-se, o substrato deve ficar sempre úmido!

 

Seco não!

Elas até toleram ficar encharcadas, mas não suportam ficar com os substratos secos. Na região de origem, durante o período de chuvas, suportam variações no nível da água, podendo até a ficar submersas e capturar presas aquáticas!

 

Atenção:

As dionéias não devem ser plantadas diretamente na terra e nem devem ser adubadas nem alimentadas. Elas sabem se virar! Se quiser ajudá-las coloque perto delas uma fruta que atraia insetos. Mas lembre-se que os insetos são só aperitivo, elas não precisam deles para viver. Elas fazem fotossíntese!

 

Planta não é brinquedo!

Não se deve brincar com as armadilhas, fazendo-as fechar para seu bel prazer. A planta gasta muita energia cada vez que precisa abrir as armadilhas.

 

Inverno

No inverno as dionéias entram em dormência e devem ser colocadas em local bem fresco (entre 4 a 12ºC) ou até mesmo em geladeira, desde que o substrato seja mantido úmido.

Ela até podem sobreviver sem esse cuidado, mas poderão ter um tempo de vida menor.

 

Floração

No início da primavera, volte sua planta para o local original de cultivo, seja ele direto no sol ou meia sombra e fique atento. É nesse período que ela solta as flores!

As flores são brancas, pequenas e compostas por 5 ou 6 pétalas. Depois elas geram sementes pretas e brilhantes, em forma de gota.

 

Atenção novamente!

Se a sua planta for pequena ou muito jovem é melhor evitar a floração, podando a haste floral antes que ela atinja 8 cm.

A planta precisa de tanta energia para florir, que esse esforço pode acabar por matá-la.

 

Multiplicação

As dionáceas se multiplicam por sementes ou divisão da planta, com uma parte do rizoma.

 

Raridade

Sabia que existem poucas plantas capazes de realizar movimentos como essa? Interessante demais essa planta, né?

 

E aí? O que você já multiplicou a dionéia? Qual foi sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro