Como replantar samambaia. Aprenda agora como fazer mudas e replantar samambaia usando 3 tipos de vasos: vaso de xaxim, xaxim de palmeira e de plástico.

Como replantar samambaia!

Se a sua samambaia está no mesmo vaso há muito tempo e já ocupou o vaso todo, está na hora de transplantá-la para um novo vaso e aproveitar para fazer mudas!

 

O XAXIM

O melhor vaso para cultivo de samambaia eram os vasos de xaxim. Você já ouviu falar do xaxim? O xaxim era extraído do tronco de uma planta da família das samambaias, chamada Dicksonia sellowiana, que é um arbusto semi-lenhoso, de tronco ereto, fibroso, espesso e nativo das matas do Brasil.

 

Cultivo

O xaxim é cultivado em meia-sombra ou na sombra, em terra fértil e sempre úmida. É muito resistente ao frio. Ela lembra uma palmeira, mas é uma samambaia! É uma das nossas maiores samambaias, tanto que também é conhecida por samambaiaçu, que quer dizer samambaia muito grande (o sufixo açu vem do tupi wa’su).

 

Dificuldade

O xaxim tem o crescimento muito lento. Ele cresce de 5 a 8cm por ano. Então são necessários uns 50 anos para se obter um vaso de 40 a 50cm de diâmetro!

 

Extinção

Essa planta é nativa da nossa Mata Atlântica, mas foi tão explorada que entrou em extinção e agora tanto o seu corte como sua exploração estão proibidas pelo IBAMA. Saiba mais aqui.

 

Imitação barata

Depois apareceram uns vasos que tentavam imitar o xaxim, feitos de fibra de coco, mas não foram bem sucedidos.

 

Solução: Xaxim de Palmeira

Agora finalmente depois de muito estudo para entender por que o xaxim era tão bom para as plantas, apareceu o Xaxim de Palmeira!

 

Xaxim de Palmeira

Os vasos Xaxim de Palmeira são 100% naturais, pois são feitos com fibra de palmeiras e seiva de árvore. Eles funcionam como se fossem substratos estruturados. Uma espécie de casa para as plantas! Permitindo um perfeito enraizamento das plantas e aumentando a durabilidade da floração.

Quanto maior o vaso, maior será sua parede para que a capacidade de armazenamento da água seja também maior, permitindo maior disponibilidade de água para a planta e menor frequência de rega.

 

VAMOS TESTAR!

Bom, fui procurada pelo pessoal da Xaxim de Palmeira que me propôs uma parceria para testar os vasos e mostrar em vídeos como as plantas se desenvolvem nesses vasos. Eles me mandaram uma caixa com vasos e substratos e eu fiz uma live no Instagram outro dia, clique aqui para assistir.

Então eu peguei a minha samambaia, que estava enorme e pedindo para ser transplantada, e fiz 3 mudas e plantei cada uma num vaso diferente. 1 muda num vaso de xaxim que eu achei perdido no jardim da casa dos meus sogros, 1 no vaso Xaxim de Palmeira e 1 num vaso de plástico e daqui há 1 ano, em maio do ano que vem, farei um outro vídeo mostrando como as plantas se desenvolveram em cada vaso.

 

A VERDADE!

Combinei com o pessoal dos vasos Xaxim de Palmeira, que vou mostrar a verdade. Não vou maquiar a verdade, se a muda que estiver no vaso deles não tiver se desenvolvido bem. Eles toparam e estão 100% seguros de que ela irá se desenvolver tão bem quanto a que será plantada no xaxim. Vamos aguardar e observar!

Bom, chega de falar e vamos agir!

 

O SUBSTRATO PARA SAMAMBAIA DE RIZOMA

Primeiro a gente prepara o substrato:

1 medida de areia

1 medida de terra

1 medida de humus de minhoca

7 medidas de fibra de coco ou casca de pinus triturada (eu usei o substrato de fibra de palmeira da Xaxim de Palmeira)

1 colher de chá de carvão moído (para moer o carvão, deixe um pedaço de molho em água e depois dê uma martelada nele, que ele esfarela). Esse é o segredinho para deixar as folhas com um verde mais intenso!

Esse substrato é indicado para samambaias de metro, pluma e amazonas, avencas em geral, rendas portuguesa e francesa, chifre-de-veado (platycerum), asplênio e até bromélias.

Se você tiver samambaia saia baiana, paulistinha, compacta, cabelinho de anjo e mini samambaia, a sua samambaia é de raiz. Veja aqui como fazer o substrato ideal para ela.

 

DRENAGEM

Tanto o vaso de xaxim original, quanto o de xaxim de palmeira não precisam ser deixados de molho de um dia para outro. Podemos plantar direto neles. Aliás, não precisamos nem fazer drenagem nesses vasos, pois as paredes deles respiram e a água se armazena nas paredes, permitindo que a água e os nutrientes se acumulem nas paredes e não apenas no fundo do vaso, além de proporcionar isolação térmica para as raízes das plantas e diminuir a frequência e quantidade de rega.

Já o vaso de plástico precisará de drenagem com argila expandida e manta de drenagem.

 

REPLANTIO

Agora eu pego a minha planta, tiro ela do vaso, separo as mudas usando uma tesoura limpa e afiada, podo as folhas e galhos secos e planto cada uma num vaso.

Podemos transplantar samambaias em qualquer época do ano, com exceção do inverno.

Depois do plantio, regue abundantemente e deixe os vasos em local que receba bastante luz, mas não sol direto.

 

VASOS XAXIM DE PALMEIRA

Os vasos Xaxim de Palmeira duram de 2 a 3 anos, que é o tempo ideal para se manter uma planta num mesmo vaso. Depois desse tempo será necessário transplantar a planta para um outro vaso, com novo substrato. E o vaso antigo de Xaxim de Palmeira irá se biodegradar.

Eles não devem ficar no tempo, pois podem acumular muita água nas paredes a acabar por matar a planta por excesso de água nas raízes.

Os vasos Xaxim de Palmeira também não devem ficar em contato direto com a terra pois podem apodrecer e iniciar o processo de decomposição muito rápido. É bom colocar um pratinho por baixo do vaso se ele estiver na terra.

Gostou dos vasos Xaxim de Palmeira? Quer testar também? Saiba mais e compre os vasos Xaxim de Palmeira.

 

Muda de samambaia em vaso Xaxim de Palmeira

Muda de samambaia em vaso Xaxim de Palmeira e vaso de plástico

 

Muda de samambaia em vaso Xaxim

 

DICAS DE CULTIVO

  • Samambaias gostam de bastante luminosidade, mas não sol direto e nem escuridão. No sol elas queimam e se estiverem num local pouco iluminado, elas perdem o vigor e ficam mirradas.

 

  • Elas não gostam de ventos. Ventos fortes e correntes de ar fazem com que suas folhas, que são chamadas de frondes, se choquem e as gemas se quebrem, atrapalhando o crescimento da planta. O ideal é que o local onde ela esteja receba apenas uma leve brisa.

 

  • Samambaias não gostam de ficar mudando de lugar. Aliás, nenhuma planta gosta. Plantas são serem estáticos. Cada vez que mudamos uma planta de lugar, ela demora um tempo para se adaptar ao novo local e se isso for feito com constância, a planta pode acabar sofrendo stress e até morrer.

 

  • Samambaias gostam de regas constantes e abundantes, mas não a ponto de deixar o solo encharcado. Em dias muito quentes, borrife as folhas. Elas adoram!

 

  • Guarde a água da lavagem do arroz para regar as suas samambaias. Elas ficarão mais viçosas e com um verde lindo!

 

Saiba mais sobre cultivo de samambaias.

 

INGREDIENTE SECRETO DE CULTIVO

E o lembre-se do ingrediente secreto de cultivo: AAC = atenção + amor + carinho!

 

E aí? Você já cultivou samambaia? Já replantou? Qual foi a sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que nem sempre aparecem aqui! 😉

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro