Como fazer um Terrário! Aprenda agora como fazer um mini jardim fácil, barato e divertido de fazer para presentear seus amigos e familiares no final de ano!

Como Fazer um Terrário!

Vou agora te ensinar como fazer um terrário: um mini jardim que é super fácil de fazer, barato, agrada a qualquer pessoa e ainda traz paz e boas vibrações para dentro da casa ou escritório! É um ótimo presente para o final de ano!

Terrário: mini jardim

Terrário: mini jardim

O que é um terrário?

Um terrário é uma forma de cultivar plantas em um ambiente fechado onde é simulamos seu ambiente natural, oferecendo às plantas condições favoráveis para que se desenvolvam. No terrário podemos observar o desenvolvimento das plantas em um sistema auto-suficiente. É como uma miniatura do planeta Terra, uma composição entre seres vivos e não vivos, onde existe um equilíbrio da natureza através dos ciclos da água e do ar.

 

E como funciona um terrário?

As plantas são os únicos seres vivos que produzem seu próprio alimento utilizando a luz, a água, os sais minerais encontrados no solo e o gás carbônico presente no ar.

 

Fotossíntese

Esse processo chama-se fotossíntese e através dele a planta produz a glicose, que é a sua fonte de energia, e libera oxigênio na atmosfera.

 

Respiração

Na respiração ocorre o inverso. Utilizando a energia que é metabolizada as plantas captam o oxigênio liberado na fotossíntese  e liberam o gás carbônico para a atmosfera. Assim as plantas são capazes de sobreviver num recipiente fechado.

 

Como Rega?

Quando há um aumento de temperatura, a água utilizada na rega do terrário evapora e junta-se à água resultante da transpiração das plantas, formando o vapor d’água. Esse vapor condensa-se nas paredes e na tampa do terrário e como uma chuva volta para o solo irrigando as plantas. As crianças adoram observar esse ciclo da água!

 

Como montar um terrário?

Você vai precisar de:

1 recipiente de vidro, plástico, acrílico ou qualquer outro recipiente transparente (de preferência de boca larga)

1 tampa ou plástico filme

pedriscos ou pedrinhas

areia

terra adubada

carvão vegetal esmagado (deixe de molho na água e depois bata com um martelo para esfarelar)

Plantas de pequeno porte

musgo vivo

Borrifador com água

 

Substrato: 

1/3 de areia, 1/3 de terra de jardim e 1/3 de composto orgânico

 

Que plantas colocar num terrário?

As melhores plantas para terrário são: fitônias, piléias, samambaias pequenas, heras, avencas, peperômias, singônio, filodendros pequenos, lírio-da-paz pequenos, tradescantia, marantas pequenas, etc.

Na hora de escolher as plantas, busque informações sobre as condições ambientais específicas de cada espécie escolhida para o terrário.

É importante lembrar que o terrário é uma simulação de um ambiente natural, então leve em consideração o tipo de solo, a necessidade de luz e os fatores de umidade que cada espécie de planta encontra em seu habitat natural.

Procure colocar plantas que gostem de ambientes parecidos.

O porte da espécie também é um fato que deve ser considerado, pois deverá ser compatível com o recipiente onde o terrário será montado.

terrários: mini jardins

terrários: mini jardins

 

Passo a passo:

  • Lave o recipiente com água e sabão. Enxugue e passe um pano com álcool. É importante que ele esteja bem limpo para evitar a proliferação de fungos e bactérias.
  • Montagem das camadas: Coloque no fundo do recipiente uma camada de pedrisco, depois uma camada de areia com um pouco de carvão vegetal triturado e por cima o substrato.
  • Essas camadas representam, de forma simplificada, as condições favoráveis que as plantas precisam para se desenvolver com saúde.
  • Os pedriscos e a areia farão a drenagem da água, o carvão irá absorver os gases gerados evitando o mau cheiro e o substrato servirá de base fixadora e fornecerá os nutrientes necessários para as plantas.
  • Como o dedo ou com uma vareta de bambú faça pequenos buracos para plantar cada uma das mudinhas.
  • Se seu recipiente permitir e você desejar, faça pequenos morrotes, coloque pedrinhas e bichinhos ou outros objetos pequenos para decorar seu terrário.
  • Com a ajuda de um borrifador regue bem o substrato e aproveite para limpar as paredes internas do seu recipiente. Mas tome cuidado para não encharcar o substrato.
  • Agora é só cobrir com o filme plástico ou tampa. Ele deve ficar totalmente fechado.

 

Podemos fazer um terrário de suculentas?

Não. As suculentas e cactos são plantas de deserto e não gostam do ambiente úmido que se forma dentro de um terrário. Se quiser fazer um terrário de suculentas, use um recipiente aberto. E se formos ao pé da letra, não será um terrário, mas um mini jardim de suculentas.

 

Onde colocar devo colocar o terrário?

Escolha um local que receba luz, mas não o exponha à luz direta do sol, pois o ambiente pode aquecer demais e prejudicar as plantas.

 

Precisa regar?

Uma vez que você regou e tampou o recipiente, o ciclo da água deverá ocorrer naturalmente lá dentro.

Caso perceba que seu terrário está encharcado, abra a tampa por algumas horas para que um pouco da água evapore. Depois volte a fechá-lo.

Se por outro lado você observar que seu terrário está seco demais, você pode abrir, regar um pouco e tornar a fechá-lo.

Uma outra idéia é colocar um copinho dentro do terrário, de forma que ele fique enterrado e sua borda fique no nível do substrato. Ele funcionará como um laguinho.

 

E se aparecerem pragas e doenças? O que eu faço?

Não aplique nenhum inseticida dentro do terrário pois o ambiente entrará em desequilíbrio.

No caso de plantas doentes ou infestadas por parasitas, se for possível, retire manualmente as folhas afetadas ou limpe-as cuidadosamente com um pano macio e úmido. Se os parasitas ou doenças insistirem em permanecer, retire as plantas afetadas e trate-as fora do terrário.

Caso seja necessário a aplicação de algum remédio, tipo óleo de neem, aguarde 3 a 4 semanas para recolocá-las no terrário. Se os parasitas ou doenças insistirem em aparecer, substitua a planta, de preferência por uma de outra espécie, pois essa espécie provavelmente não se adaptou ao terrário.

 

É necessário adubar? Podar?

Como as plantas estão confinadas num espaço restrito, não é necessário adubar com frequência.

Caso as folhas cresçam demais, pode-as utilizando ferramentas pequenas, limpas e afiadas.

 

Como é a manutenção de um terrário?

De tempos em tempos abra seu terrário e descompacte o substrato e retire as folhas mortas. Isso influencia no aparecimento de fungos, causando o desequilíbrio do sistema.

 

 

E aí? Você já fez um terrário? Qual foi a sua experiência? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

Faça parte da minha Lista VIP

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro