Chanana: aprenda a cultivar essa planta que nos presenteia com lindas flores, tem folhagem aromática e ainda é comestível!

Chanana: linda, aromática e comestível!

Aprenda agora como cultivar chanana (Turnera subulata), também conhecida por damiana, albina, flor-do-guarujá, boa-noite, bom-dia, turnera, albina e oreganillo.

 

Origem

Essa planta é nativa das restingas litorâneas da América Tropical, incluindo o Brasil.

 

Características

É um subarbusto ereto e perene, pouco ramificado, e revestido com uma penugem, que em botânica é chamada de tomentosa.

Seus ramos geralmente são arroxeados e podem atingir de 40 a 70cm de altura.

 

Folhas

As folhas são simples, com as margens serradas e a face superior verde escura e marcada por nervuras. As folhas possuem ainda glândulas que atraem formigas e são aromáticas!

 

Flores

As flores são solitárias e aparecem nas “axilas” dos ramos ou nas pontas e são amarelo-esbranquiçadas ou brancas com a garganta preta. No cultivar “Elegans” as flores são marrom-arroxeadas na base.

O curioso é que as flores abrem-se apenas na parte da manhã. Por isso são muitas vezes chamadas de bom-dia!

Detalhe da flor da chanana

Detalhe da flor da chanana

 

CULTIVO

Usos paisagísticos:

Fica bem em jardineiras, mas fica maravilhosa em grandes maciços desenhados em amplos espaços.

 

Iluminação:

A chanana deve ser cultivada a pleno sol.

 

Solo:

Ela é bem rústica e nada exigente com relação ao solo, crescendo bem em terra pobre, arenosa ou salina.

Muitas vezes cresce espontaneamente em terrenos baldios ou em calçadas e canteiros públicos e a prefeitura insiste em arrancá-las achando que são mato! ☹

 

Temperatura:

A única coisa que ela não gosta é geada, portanto ela deve ser cultivada apenas em regiões de inverno quente.

 

Multiplicação:

Ela se multiplica facilmente por estacas e sementes que germinam espontaneamente.

 

Ë PANC!

Além de bonita, essa planta é gostosa! Pois é, a chanana ou turnera é uma PANC, uma planta alimentícia não convencional.

 

As flores são comestíveis!

Suas lindas flores são deliciosas para consumo direto, segundo Knupp e Lorenzi, da mão para a boca! E possuem um sabor bem suave e adocicado. Como as flores duram apenas 1 manhã, aproveite para comer hoje! Amanhã terão novas flores para você!

As flores ficam deliciosas em saladas, saladas de frutas e para enfeitar bebidas e drinks. O ideal é colher as flores na hora em que for consumir!

Nô Figueiredo a e as flores comestíveis da chanana

Nô Figueiredo a e as flores comestíveis da chanana

 

As folhas

Suas folhas secas ou frescas são usadas como substitutas do chá verde e resultam num chá herbal delicioso!

As folhas secas e moídas podem ser usadas como um tempero aromatizante, chamado oreganillo, muito usado em Santo Domingo.

 

Propriedades medicinais

Toda parte aérea dessa planta tem propriedades afrodisíacas, expectorantes e antibióticas. Possuem esteroides, flavonoides e feofitinas.

 

Importante, antes de usar qualquer planta medicinalmente, consulte um médico ou um fitoterapeuta.

 

Demais essa planta, né? Toda vez que vejo um canteiro dela na rua fico feliz! Muitas vezes desvio do meu caminho para passar por essa rua só para ver esse canteiro de chanana florido!

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro