Plantas para dentro de casa

Procurando por plantas para colocar dentro de casa? Para enfeitar seu apartamento ou escritório? Aqui tem muitas sugestões com dicas de cultivo de plantas que gostam de meia sombra

Como Cultivar Palmeira Ráfia: 2a Colocada das Plantas que Purificam o Ar!

Como Cultivar Palmeira Ráfia: 2a Colocada das Plantas que Purificam o Ar!

Aprenda como cultivar palmeira ráfia, a 2a colocada das plantas que purificam o ar e removem gases tóxicos do ambiente:

COMO CULTIVAR PALMEIRA RÁFIA

A palmeira ráfia (Rhapis excelsa) é uma das palmeiras mais cultivadas em vasos dentro de casa aqui no Brasil.

 

CARACTERÍSTICAS DA PLANTA

Ela é originária da China e quando cultivada no jardim pode atingir de 2 a 4m de altura com vários troncos finos, anelados e verdes, que parecem bambús. Esses troncos finos são revestidos por fibras espessas e depois ficam lisos.

Suas folhas são palmadas, vincadas e plissadas lembrando um leque. São brilhantes na parte superior e podem medir de 15 a 30cm de comprimento.

Existe uma forma variegata rara, com as folhas verde e brancas.

As plantas podem ser masculinas ou femininas. As inflorescências ficam localizadas entre as folhas, são muito ramificadas e com flores amareladas, que surgem na primavera e verão e não possuem valor ornamental. Os frutos são pequenos e brancos.

É uma planta muito decorativa sendo bastante cultivada em vasos para interiores bem iluminados. Pode também ser cultivada em varandas e sacadas, desde que não receba ventos fortes.

Fica linda também plantada no jardim isoladamente ou formandos lindos conjuntos. É adequada para ser cultivada em regiões tropicais e subtropicais.

Ela prefere ficar na meia sombra, mas tolera um pouco de sol. O que ela não gosta mesmo é de geada.

É uma palmeira que forma touceira, ou seja, ela solta várias brotações ao redor da planta mãe e vai se espalhando pelo jardim. Para fazer uma muda, divida a touceira separando as novas brotações durante a primavera.

A ráfia é uma planta de cultivo fácil e bastante resistente a pragas e doenças.

 

COMO REGAR

Ela pode ser regada 2 a 3x por semana na primavera e verão, ou quando está quente e/ou seco. No outono e inverno, ou quando está frio e/ou úmido, rego 1 a 2x por semana. Ela gosta de substrato úmido, mas não encharcado. Ela adora receber água borrifada em suas folhas. Principalmente se ela estiver sendo cultivada em vaso dentro de casa ou do escritório.

Para ter certeza de que você está regando certo, faça sempre o teste do dedo. Enfie fundo o indicador na terra e sinta. Se estiver seca, regue. Se estiver úmida, não regue. Aguarde mais um dia e refaça o teste do dedo. Essa é a melhor forma de saber se a sua planta precisa de água.

Já vi muita gente acabando com as folhas da ráfia. Por que resolve cortar as pontas secas e amarronzadas das folhas. Além de ficar super feio, com o tempo a folha acaba morrendo. O ideal é melhorar a condição de umidade do ar, borrifando água nas folhas.

A ráfia se multiplica facilmente por sementes e por divisão de touceiras.

 

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR DAS PLANTAS QUE PURIFICAM O AR?

Pois é, a NASA, a Agência Espacial Americana, tem estudado as plantas e como elas criam oxigênio e removem gases tóxicos.

Participei de um bate-papo ao vivo na página da revista Bons Fluidos onde expliquei melhor sobre essas plantas dia 16 de fevereiro e palmeira ráfia é a segunda colocada entre elas e é a Campeã de remoção de amônia!

 

 

ENTRE PARA MINHA LISTA VIP ABAIXO E RECEBA GRATUITAMENTE A APOSTILA SOBRE PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Plantas que Purificam, Removem Gases Tóxicos e Umidificam o Ar – TV Gazeta

Plantas que Purificam, Removem Gases Tóxicos e Umidificam o Ar – TV Gazeta

Aprenda tudo sobre as plantas que purificam, removem gases tóxicos e umidificam o ar nessa minha participação no programa Revista da Cidade da TV Gazeta. Veja também como fazer um lindo arranjo usando espada de São Jorge para enfeitar a sua casa!

PLANTAS QUE PURIFICAM O AR, REMOVEM GASES TÓXICOS E UMIDIFICAM O AR

Regiane Tápias e Nô Figueiredo sorrindo e ensinando sobre Plantas que Purificam

Regiane Tápias e Nô Figueiredo no programa sobre Plantas que Purificam o Ar

Veja mais fotos dos bastidores da gravação no álbum do facebook.

 

Sabia que o ambiente dentro de casa ou do escritório pode ser até 10x mais poluído que o ambiente externo?

Se você tem notado que no ambiente onde você passa a maior parte do tempo as pessoas costumam apresentar alergias, asmas, irritações nos olhos, nariz e garganta, fatiga, dores de cabeça, desordens no sistema nervoso, congestão nasal e sinusite, esse ambiente está com o ar poluído e deverá ser tratado. A melhor forma de filtrar o ar e melhorar a qualidade dele é contar com os filtros naturais das plantas, que capturam os gases tóxicos do ambiente e com a ajuda dos micro organismos que ficam na terra próximos às raízes, transformam esses gases em alimento e energia, devolvendo oxigênio para o ambiente.

Esse assunto é super importante e está na crista da onda! Dia 16 de fevereiro participei de live na página da revista Bons Fluidos no facebook sobre esse tema.

E resolvi também fazer vídeos sobre as principais plantas com dicas de cultivo. Veja mais sobre elas aqui.

 

 

ENTRE PARA MINHA LISTA VIP ABAIXO E RECEBA GRATUITAMENTE A APOSTILA SOBRE PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Areca: Campeã das Plantas que Purificam o Ar!

Como Cultivar Areca: Campeã das Plantas que Purificam o Ar!

Aprenda como cultivar areca (Dypsis lutescens), a campeã das plantas que purificam o ar e removem gases tóxicos do ambiente:

COMO CULTIVAR ARECA

A areca é a palmeira mais cultivada aqui no Brasil. Ela também é popularmente conhecida por areca-bambú e palmeira areca.

A areca é originária de Madagascar e quando cultivada no jardim pode atingir de 3 a 6m de altura com vários troncos que medem de 7 a 12cm de diâmetro.

É uma palmeira que forma touceira, ou seja, ela solta várias brotações ao redor da planta mãe e vai se espalhando pelo jardim. Se você não quiser que ela fique grande demais, pode os ramos novos que surgem de tempos em tempos.

 

CARACTERÍSTICAS DA PLANTA

Seu tronco é amarelado, possui vários anéis e seu palmito é verde-esbranquiçado.

Suas folhas medem de 1 a 2m de comprimento. Sua inflorescência é grande, ramificada, amarelada e disposta entre as folhas, com flores de cor creme e frutos verde-amarelados. Não possuem valor ornamental. O que chama atenção nessa planta é sua folhagem.

Sua folhagem é muito decorativa e ela é cultivada tanto em vasos para interiores como plantadas no jardim isoladamente ou formandos lindos conjuntos. Quando cultivada no interior, a folhagem fica verde, e quando cultivada no sol, ela fica meio amarelada.

A areca é um pouco tolerante ao frio e pode ser transplantada mesmo na fase adulta.

A areca se multiplica facilmente por sementes e por divisão de touceiras.

PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Você já ouviu falar de plantas que purificam o ar? Pois é, a NASA, a Agência Espacial Americana, tem estudado as plantas e como elas criam oxigênio e removem gases tóxicos. Participei de um bate-papo ao vivo na página da revista Bons Fluidos no facebook onde expliquei melhor sobre essas plantas dia 16 de fevereiro e a areca é considerada a campeã delas! Clique aqui para ver o live.

A areca é considerada a planta que melhor remove os gases tóxicos do ambiente. Além disso ela ainda possui uma habilidade única de remover o sal acumulado no substrato em galhos selecionados. Quando saturados de sal, esses galhos secam, morrem e devem ser removidos.

Dentro de casa, se você tiver uma areca de mais ou menos 1,80m de altura, ela vai transpirar 1 litro de água a cada 24 horas, deixando o ar muito mais úmido.

A areca é uma planta de cultivo fácil e bastante resistente a pragas e doenças.

 

COMO REGAR

Ela pode ser regada 2 a 3x por semana na primavera e verão, ou quando está quente e/ou seco. No outono e inverno, ou quando está frio e/ou úmido, regue 1 a 2x por semana. Ela gosta de substrato mais úmido, mas não encharcado. Ela adora receber água borrifada em suas folhas. Principalmente se ela estiver sendo cultivada em vaso dentro de casa ou do escritório.

Para ter certeza de que você está regando certo, faça sempre o teste do dedo. Enfie fundo o indicador na terra e sinta. Se estiver seca, regue. Se estiver úmida, não regue. Aguarde mais um dia e refaça o teste do dedo. Essa é a melhor forma de saber se a sua planta precisa de água.

 

ENTRE PARA MINHA LISTA VIP ABAIXO E RECEBA GRATUITAMENTE A APOSTILA SOBRE PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Plantas que Purificam o Ar! Live – Bons Fluidos

Plantas que Purificam o Ar! Live – Bons Fluidos

Confira agora no vídeo o meu bate-papo com editora da revista Bons Fluidos, Katia Stringueto, sobre plantas que purificam o ar na página Bons Fluidos do Facebook! Clique no vídeo abaixo para assistir:

Ou clique aqui para assistir ao vídeo!

PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Sabia que o ar dentro de casa ou do escritório pode ser até 10x mais poluído que o ar externo? Os principais sintomas de baixa qualidade de ar interno são: alergias, asmas, irritações nos olhos, nariz e garganta, fatiga, dores de cabeça, desordens no sistema nervoso, congestão nasal e sinusite.

O engenheiro ambiental Bill Wolverton, pesquisador aposentado da Nasa e autor do livro How to Grow Fresh Air (Como Cultivar Ar Fresco), explica como as plantas produzem o oxigênio e eliminam as substâncias tóxicas do ar:

Capa do livro: How ro Grow Fresh Air de Bill Wolverton

Cada planta cria seu próprio micro ambiente ou ecossistema ao redor de suas folhas e raízes. A área do solo ao redor das raízes da planta possui uma enorme atividade biológica e é conhecida como rizosfera.

RIZOSFERA

Influenciada pela substâncias excretadas pelas raízes da planta, a rizosfera é um ecossistema ativo repleto de micro organismos, um número muito maior do que numa área do solo longe de raízes.

As plantas excretam uma complexa mistura de açúcares, aminoácidos, hormônios, ácidos orgânicos e outras substâncias que estimulam o crescimento de micróbios específicos para sua sobrevivência e inibem o surgimento daqueles que seriam maléficos.

As plantas também emitem substâncias pelas suas folhas, que servem principalmente para controlar os índices de umidade e proteger a planta de insetos e micróbios voadores.

OXIGÊNIO

O oxigênio liberado pelas plantas durante a fotossíntese (que é o processo pelo qual as plantas usam a luz solar para converter gás carbônico em água e energia) é vital para todos os organismos que precisam de oxigênio para a respiração.

O engenheiro americano Bill Wolverton esclarece que todas as plantas são capazes de remover poluentes transportados pelo ar. “Quando as plantas transpiram vapor de água por meio de suas folhas, elas puxam o ar para as raízes. Isso nutre os micróbios com oxigênio, que consomem as substâncias químicas tóxicas contidas no ar, que lhes servem como fonte de alimento e energia”, esclarece.

VASOS DE ÁGUA

Para melhorar a qualidade do ar em casas e escritórios, Wolverton sugere a utilização do maior número de plantas que um determinado espaço permita.

Ele recomenda que as plantas sejam cultivadas por meio da hidrocultura (hidroponia). “Nossos estudos revelaram que plantas cultivadas na água são mais eficientes na redução do transporte de fungos e bactérias do que as cultivadas em terra”.

 

IDEAL =

1 PLANTA A CADA 9,29 m² (quando cultivada em hidrocultura)

OU

2 PLANTAS A CADA 9,29M2 COM PLANTAS EM VASOS DE TERRA

CONHEÇA ALGUMAS DAS 50 PLANTAS QUE PURIFICAM O AR CITADAS NO LIVRO:

As campeãs são: areca, ráfis e chamedória, que neutralizam a maioria dos agentes poluidores, são de fácil cultivo, bastante resistentes e possuem boa taxa de transpiração.

1a – Areca bambú – Dypsis lutescens – campeã de remoção de xyleno e tolueno

2a – Raphis (ou palmeira ráfia) – Rhapis excelsacampeã de remoção de amônia

3a – Chamedória – Chamaedorea seifrizii – uma das top removedoras de benzeno, tricloroetileno e formaldeído
OUTRAS PLANTAS QUE TAMBÉM SÃO ÓTIMAS PARA REMOVER GASES TÓXICOS:

Samambaia – Nephrolepis exaltata – umidifica o ar e neutraliza o formaldeído

Filodendro – Philodendron spp. – eficaz contra formoldeido, benzeno e monóxido de carbono

Espada de São Jorge – Sansevieria trifasciata – pode ser usada no quarto porque libera oxigênio à noite

Lírio-da-pazSpathiphyllum wallisii – eficaz contra álcool, acetona, tricloroetileno, benzeno e formaldeído

 

ENTRE PARA MINHA LISTA VIP ABAIXO E RECEBA GRATUITAMENTE A APOSTILA SOBRE PLANTAS QUE PURIFICAM O AR

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Hera! Aprenda agora comigo

Como Cultivar Hera! Aprenda agora comigo

Confira agora no vídeo como cultivar hera. Essa planta é muito versátil e pode ser cultivada como trepadeira, forração ou como planta pendente. E fica super bonita em vaso, jardineira e até no jardim vertical:

COMO CULTIVAR HERA

A hera ou hera-inglesa (Hedera helix), é uma trepadeira ou planta de forração semi-lenhosa e vigorosa. É originaria da Europa, Ilhas Canárias, norte da África e Ásia.

hera inglesa (Hedera helix)

hera inglesa (Hedera helix)

Sua ramagem é densa, longa e muito decorativa. Ela também fica muito bonita em vasos e jardineiras pendentes. Ela é bem parecida com a hera da argélia (Hedera canariensis). A diferença é que a inglesa tem as folhas menores e mais recortadas e a argelina tem as folhas mais largas e menos recortadas.

hera argelina (Hedera canariensis)

hera argelina (Hedera canariensis)

Eventualmente ela floresce durante o verão, principalmente em regiões de clima temperado, mas as flores não são muito ornamentais.

É cultivada tanto a pleno sol como à meia sombra, em regiões subtropicais e temperadas, em vasos e jardineiras como planta pendente em locais abrigados ou plantadas no jardim apoiada em suportes para revestimento de muros, paredes e também como forração de taludes e canteiros. Essa planta resiste a geadas.

Eu costumo regar duas a três vezes por semana na primavera e verão, ou quando está quente e/ou seco. No outono e inverno, ou quando está frio e/ou úmido, rego uma a duas vezes por semana. Ela gosta de substrato mais úmido, mas não encharcado.

Para fazer uma muda, pegue pedaços do ramo com uns 15cm, de preferência que já tenham raízes, e plante num vaso com substrato simples em qualquer época do ano.

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Aspargo! Aprenda agora comigo

Como Cultivar Aspargo! Aprenda agora comigo

Confira agora no vídeo como cultivar aspargo (Asparagus densiflorus “Sprengeri”, Asparagus falcatus, Asparagus densiflorus “Myersii” e Asparagus officinalis). Existem vários tipos de aspargos. Muitos são apenas ornamentais e apenas um é comestível. São plantas bem resistentes, que adoram meia sombra e ficam super bonitas em vaso, jardineiras e até no jardim vertical:

COMO CULTIVAR ASPARGO

O ASPARGO MACARRÃO (Asparagus falcatus) é uma trepadeira rizomatosa, lenhosa e vigorosa, com muitos ramos e espinhos originária da Ásia tropical e África.

Sua folhagem é muito ornamental e é muito utilizada como planta pendente para vasos e jardineiras e até em jardins verticais. Também é utilizada como trepadeira apoiada em suporte, grade ou cerca, tanto a pleno sol como à meia sombra.

Suas inflorescências são curtas, com flores brancas, pequenas e perfumadas formadas no verão e que muitas vezes passam desapercebidas e depois se transformam em frutinhos vermelhos e redondos.

É uma planta muito resistente e fácil de manter. Ela só não gosta de baixas temperaturas.

Eu costumo regar 2 a 3x por semana na primavera e verão, ou quando está quente e/ou seco. No outono e inverno, ou quando está frio e/ou úmido, rego 1 a 2x por semana. Ela gosta de substrato mais úmido, mas não encharcado.

Para fazer uma muda, separe as brotações surgidas do rizoma, ou plante as sementes. Também é possível fazer estaquia da ramagem, mas é um pouco mais complicado.

Essa planta é muitas vezes confundida com o ASPARGO PENDENTE (Aspargus densiflorus “Sprengeri”), que não é trepadeira, mas também possui hastes pendentes que podem atingir até 60cm de comprimento. Essa planta tolera baixas temperaturas, pois é originária da África do Sul. Ela gosta de solo rico em matéria orgânica e mantido úmido e multiplica-se facilmente por sementes e divisão de touceira. Essa espécie produz flores brancas e pequenas quase o ano todo que também se transformam em frutinhos vermelhos muito ornamentais.

Ela gosta de meia sombra e é utilizada em vasos ou jardineiras suspensas como planta pendente ou plantada no jardim formando conjuntos ou bordaduras.

Existe também um outro aspargo chamado de ASPARGO RABO DE GATO ou ASPARGO PLUMA (Asparagus densiflorus “Myersii”), que também é originário da África do Sul e tem hastes que são mais eretas e podem atingir até 70cm de altura. Suas flores também são brancas e pequenas, mas não são frequentes como as do aspargo pendente.

Ela gosta de meia sombra e é utilizada em vasos ou jardineiras ou plantada no jardim formando renques ao longo de paredes ou muretas. A melhor forma de multiplicá-lo é através de divisão de touceira.

Todos os frutos descritos acima são tóxicos e as folhas são espinhudas. Então manipule com cuidado ou usando luvas para não se machucar.

O ASPARGO COMESTÍVEL é parente desses aspargos ornamentais que apresentei agora e cientificamente é chamado de Asparagus officinalis. Tem um sabor delicado, poucas calorias e é particularmente rico em ácido fólico, além de ter propriedades diuréticas. A parte comestível são os brotos novos.

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais