Plantas

Aqui estão todas as minhas dicas de cultivo de plantas

Orquídea Baunilha: Dicas de Cultivo

Orquídea Baunilha: Dicas de Cultivo

Orquídea baunilha: confira as dicas de cultivo da orquídea baunilha (Vanilla planifolia), um tipo de orquídea terrestre e trepadeira.

Orquídea Baunilha: Dicas de Cultivo

Condimento precioso

Sabia que as sementes secas da baunilha são um dos condimentos mais caros do mundo? 

Seu nome vem do espanhol, Vainilla, quer dizer pequena vagem. As orquídeas do gênero vanilla são popularmente chamadas de Baunilha em português.

 

Característica da planta

A baunilha é uma planta herbácea, terrestre e trepadeira. Geralmente possui caule verde, cilíndrico e crescimento monopodial. Pode atingir até 30 metros de comprimento!

Ela possui dois tipos de raízes. As raízes terrestres e também raízes adventícias, que surgem ao nível dos nós, para que a planta possa se fixar melhor no suporte onde está sendo conduzida.

Baunilha – Orquídea Terrestre

 

FOLHAS

Suas folhas tem uma textura rígida, que chamamos de coriáceas. São alternadas, ovais ou lanceoladas e verde-escuras. Em algumas espécies podem ser reduzidas.

Detalhe das folhas da baunilha

 

FLORES

Essas plantas não cultivadas pela beleza de suas flores, mas pelo aroma de seus frutos. Mesmo assim as flores como as flores típicas das orquídeas, com 6 partes. São bonitas e grandes, e podem ser solitárias ou em cachos. As cores variam de amarelo a esverdeado, ou verde-claro, sendo que o labelo costuma ser de um amarelo mais forte. Infelizmente duram pouco tempo, mas deixa o ar com um rico perfume.

Depois de polinizadas por abelhas e beija-flores e originam frutos alongados e cilíndricos, que demoram 6 a 9 meses para amadurecer. Fora dos locais de origem elas precisam ser polinizada manualmente, utilizando uma vara pontuda em cada flor. Veja aqui o vídeo que fiz no Colibri Orquídeas onde a Márcia poliniza uma orquídea.

 

FRUTOS

Os frutos colhidos devem ficar amadurecendo de 6 a 9 meses, depois colhidos e secos ao sol. Na sequência são envolvidos em cobertas de lã especiais para induzir a fermentação e finalmente são curados em caixas herméticas de metal.

As melhores favas são cheias, ternas, flexíveis e resistentes, de coloração castanho escuro e cobertas por cristais aromáticos e vem do México.

Favas de baunilha

 

USOS DAS FAVAS

As favas de baunilha são amplamente utilizadas na culinária, fornecendo um toque especial em chocolates, café, cremes, sorvetes, bolos e tortas.

Sua fragrância também é utilizada na confecção de perfumes, cosméticos e produtos de higiene pessoal.

Dizem que a baunilha é um poderoso afrodisíaco!

A baunilha possui mais de 250 ingredientes ativos, entre eles a vanilina, substância responsável por aquele gosto irresistível.

 

DICAS DE CULTIVO

As baunilhas gostam de meia-sombra.

Quando for plantá-las utilize estacas compridas, com uns 80cm de comprimento que devem ser amarradas a tutores, como ripas de madeira de 1,5 metros ou tronco de árvores, pelo menos no início, antes de se fixarem pelas raízes adventícias.

O substrato deve ser fértil e enriquecido com matéria orgânica.

Adube regularmente com matéria orgânica.

A rega deve ser periódica e a polinização, manual.

 

SORVETE DE BAUNILHA

Sabia que sabor de sorvete preferido no mundo é a baunilha? As pessoas nem sempre conseguem diferenciar a baunilha real da artificial, mas as notas dadas para os sorvetes feitos com baunilha real são sempre mais altas.

Pesquisadores estão constantemente buscando alternativas mais baratas para atender a um mercado de 5,5 milhões de toneladas de baunilha consumidas por ano no mundo!

Estão tentando criar baunilha de outras fontes como óleo de cravo, lignina (um composto da madeira) e até uma bactéria encontrada no solo que é capaz de transformar em baunilha uma substância química comum das frutas e beterrabas.

 

E aí? Você gosta de baunilha? Você já tinha visto as vagens da baunilha? Sabia que a baunilha era uma orquídea? Já cultivou essa planta? Conta para mim nos comentários abaixo.

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Cactos e Suculentas para o Halloween

Cactos e Suculentas para o Halloween

Conheça alguns cactos e suculentas com nomes e/ou aparências que combinam com o Halloween, a famosa festa das Bruxas que está virando febre no Brasil!

Cactos e suculentas para o Halloween

31 de outubro

Hoje é um dia especial: 31 de outubro, dia das Bruxas ou Halloween. Essa data é super comemorada nos países do hemisfério norte, principalmente nos Estados Unidos e agora está começando a fazer sucesso aqui no Brasil também.

 

halloween

O Halloween ou festa das Bruxas, nasceu de uma antiga tradição celta, relacionada à época de colheita, marcando o final do verão e começo do outono, no hemisfério norte, né? Atualmente, quando pensamos em Halloween, logo pensamos em fantasias, maquiagens, decorações e brincadeiras associadas ao universo assustador. Não é verdade? Então entrando neste espírito, e com a ajuda luxuosa do Sérgio Oyama Júnior, do site e insta orquideasnoapê, vou falar sobre alguns cactos e suculentas com aparências e nomes mal-assombrados.

 

planta fantasma

Para começar, vou falar da suculenta popularmente conhecida como planta fantasma (Graptopetalum paraguayense). Ela ganhou esse nome graças ao seu aspecto pálido e empoeirado, resultado da deposição de uma camada de substância cerosa sobre suas folhas, denominada pruína. Que deixa as folhas com a aparência de estarem recobertas por um fino pó translúcido, bastante delicado.

Planta fantasma (Graptopetalum paraguayense) – Foto: Sergio Oyama Júnior

 

A planta fantasma tem uma parente, a Graptoveria ‘Fantome’. fantôme, em francês quer fizer fantasma. Essa planta é um híbrido primário, resultante do cruzamento entre as espécies Graptopetalum paraguayense, a planta fantasma e a Echeveria elegans, popularmente conhecida como bola de neve mexicana.

 

echeveria black prince

Outra suculenta que combina com o tema Halloween é a Echeveria ‘Black Prince’, cujas folhas são quase negras. Quanto mais luminosidade esta suculenta ‘Black Prince’ recebe, mais escuras ficam suas folhas. E as bruxas adoram usar preto, né?

Echeveria Black Prince – foto: Sergio Oyama Júnior

 

teias de aranha!

E olha só essa suculenta, que parece estar recoberta por teias de aranha! É Tradescantia sillamontana. Suas folhas são recobertas por tricomas, estruturas modificadas que protegem a folha do excesso de sol e da evaporação intensa, nos ambientes áridos. Por serem bastante longos, os tricomas fazem com que ela pareça estar recoberta por teias de aranha. Parece que a planta saiu de um conto de terror, esquecida por séculos debaixo do emaranhado de teias. A natureza é incrível, né?

suculenta teia-de-aranha – (Tradescantia sillamontana) – Foto: Sergio Oyama Júnior

 

Cactos monstruosos

E os cactos monstruosos então? São perfeitos para o Halloween! Determinados gêneros e espécies de cactáceas podem apresentar variedades cujo crescimento é anômalo, desordenado. Assim os novos brotos são emitidos por todos os lados.

Mas não se deixe enganar pelo monstruoso no nome científico. Essas plantas são muito bonitas e bastante apreciadas pelos colecionadores de suculentas. Olha esse cacto Opuntia monacantha monstruosa, por exemplo, que beleza! Ele tem uma estrutura tridimensional e uma aparência exótica que parece ter inspirado as obras de Gaudí, aquele famoso arquiteto catalão!

Cacto monstruoso (Opuntia monacantha) – foto: Sergio Oyama Júnior

 

cabeça de velho?

E essa outra cactácea, popularmente conhecida como cacto cabeça de velho (Cephalocereus senilis). Em sua fase juvenil, este cacto colunar apresenta-se recoberto por longos tricomas brancos. Ele não parece aquele primo o Cousin Itt, da família Addams???

Cacto cabeça de velho – foto: Sergio Oyama Júnior

 

cacto-estrela

E não posso esquecer da estapélia, popularmente conhecida por cacto-estrela (Stapelia hirsuta). Apesar de ser chamada de cacto, ela não é um cacto. É uma planta suculenta. Lembra, já falei dela aqui.

Cacto estrela (Stapelia hirsuta) – foto: Nô Figueiredo

 

Essa planta entra na lista de plantas para o halloween por que suas esxóticas flores podem exalar um aroma digno dos contos de terror. Com o objetivo de atrair moscas varejeiras, as flores do cacto estrela imitam o cheiro de carne em decomposição. É a mesma artimanha utilizada pela famosa planta cadáver, para atrair os insetos polinizadores, responsáveis por garantir a reprodução da planta. No caso da Stapelia hirsuta, ou cacto-estrela, como se não bastasse o cheiro, a flor também reproduz a aparência de um animal morto, com a superfície vermelha, com aparência de carne, recoberta por pelos.

 

Todo cacto é suculenta, mas nem toda suculenta é cacto

Os cactos são um sub-grupo de plantas da família das suculentas. A principal diferença entre eles é que os cactos possuem aréolas, que são pequenos círculos salientes de onde saem rebentos, espinhos e flores.

 

Espinhos, para que servem?

Os espinhos servem para proteger os cactos de serem comidos por animais, promovem sombra do sol intenso e impedem a circulação de ar pela epiderme da planta evitando a perda de água.

 

Luminosidade

Essas plantas acima apreciam bastante luminosidade. Quando cultivadas dentro de casas e apartamentos, é importante que seus vasos fiquem localizados em áreas que recebam bastante luz, de preferência com várias horas de sol direto por dia. Principalmente os cactos.

 

SUBTRATO PARA CACTOS E SUCULENTAS

Veja aqui como fazer um substrato para cactos e suculentas e como montar o vaso, que deve ter furos no fundo e uma boa camada de drenagem.

 

REGA

E lembre-se que as suculentas são plantas que armazenam água em seus caules, folhas e/ou raízes e por isso não gostam de muita água.

 

OBRIGADA SERGIO!

As lindas fotos mostradas no vídeo foram tiradas pelo Sergio Oyama Jr e gentilmente cedidas para o vídeo, que foi inspirado num post que ele fez! Sergio querido, meu profundo agradecimento a você.

 

Acompanhe o trabalho do Sergio nas redes sociais:

Instagram: @orquideasnoape

Blog: orquideasnoape.com.br

Facebook: OrquideasnoApe

 

E aí? O que você achou dessas plantas? Já tinha pensado nelas como plantas de bruxas?? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Gerânio: como cultivar e plantar! Aprenda agora!

Gerânio: como cultivar e plantar! Aprenda agora!

Gerânio: aprenda agora como cultivar e plantar essa linda planta que tem uma floração maravilhosa e super colorida e ainda resolver os problemas de cultivo!

Gerânio: como cultivar e plantar! Aprenda agora!

Pelargonium peltatum

O gerânio, também conhecido por gerânio-pendente, pelargônio-pendente, pelargônio e gerânio-hera (Pelargonium peltatum) é uma planta herbácea, perene, pendente e pouco ramificada. Suas folhas são lisas, brilhantes e com recortes que lembram as folhas da hera. Elas podem ter de 5 a 8cm de comprimento.

gerânio

floração

Suas floradas maravilhosas acontecem na primavera e verão. As flores são sustentadas por hastes longas, pendentes e podem ser de várias cores, simples ou dobradas. Aparecem principalmente na primavera e no verão.

Depois da floração, pode os galhos pela metade para estimular o crescimento de novas flores.

 

Onde cultivar

Geralmente cultivamos gerânios em vasos e jardineiras como planta pendente, sempre a pleno sol. Eles também ficam muito bonitos quando plantados em patamares, acentuando o efeito pendente.

 

Substrato

O substrato deve ser rico em matéria orgânica, permeável e irrigada e intervalos.

Gosto de usar o substrato básico ou o simples, composto de 1 medida de terra ou substrato pronto, 1 medida de húmus de minhoca e 1 medida de areia de construção. Veja mais sobre substratos.

 

Rega

Precisam de muita luz e água em abundância, mas o substrato não deve ficar encharcado demais. Espere secar um pouco para regar novamente. Saiba mais sobre como regar suas plantas.

Certifique-se que o vaso ou jardineira tenha uma boa drenagem para que a água não fique empoçada no fundo e apodreça as raízes. Não borrife água nas folhas, pois os gerânios gostam de atmosfera seca.

 

Origem

Os gerânios são originários da África, mas apesar disso, não são de regiões quentes da África. Sei que o pessoal do Norte, Nordeste, Centro-oeste, Rio de janeiro e interior de São Paulo não vai ficar muito feliz em saber que os gerânios prosperam melhor em locais com temperatura mais amena ou baixas, como no sul do Brasil e em áreas de altitude do Sudeste. Sinto muito.

 

Replantio e multiplicação

Se a sua planta estiver em vaso ou jardineira, replante-a a cada primavera ou verão.

Multiplicam-se facilmente por estacas, principalmente se cortadas logo antes do começo da primavera e postas a enraizar em local protegido, tipo uma estufa.

 

Ataques de pragas e doenças

Os gerânios são sensíveis e podem sofrer ataques de pragas e doenças. Vou te ensinar agora o que fazer:

Se seu gerânio tiver folhagem abundante, mas poucas flores, pode ser que você esteja adubando demais. Suspenda a adubação por um tempo e depois volte a adubar com adubo menos rico em nitrogênio. Saiba mais sobre adubação.

Se a folhagem estiver retorcida e os brotos aparecerem ao nível do solo, provavelmente é alguma doença provocada por bactérias. Infelizmente não tem cura. Destrua-a e não a utilize para fazer novas mudas.

Se os ramos forem muito longos e houver muita distância entre as folhas, provavelmente a luminosidade não está sendo suficiente. Mude a sua planta para um local mais iluminado, de preferência do lado de fora da casa onde ela poderá receber sol direto.

Se a base do caule estiver escura, apodrecida, provavelmente é alguma doença provocada por fungos, que está associada ao excesso de água e às temperaturas baixas. Infelizmente não tem cura. Destrua-a e não a utilize para fazer novas mudas.

Se insetinhos brancos voarem da planta quando ela é tocada, use óleo de neem ou algum outro inseticida. Atenção: aplique o óleo de neem ou inseticida sempre no final do dia.

Se as folhas mais baixas ficarem amareladas, com manchas marrons, é sinal de que a planta está precisando de mais água. O solo deve estar excessivamente seco. Regue com mais regularidade e mantenha boas condições de ventilação. Mas lembre-se de não regar as folhas, só o substrato, ok?

Se aparecerem manchas arredondadas de cor amarelo-pálidas e depois de manchadas as folhas começarem a ficar retorcidas é sinal de que sua planta foi atacada por vírus. Infelizmente também não há cura para ela. Destrua-a.

Se a folhagem e os caules ficarem avermelhados pode ser consequência de quedas acentuadas de temperatura durante a noite. O ideal é mudar o vaso para um local mais protegido e quente.

 

AAC

Lembre-se de que as plantas adoram AAC: atenção, amor e carinho! Esses são os maiores segredos do sucesso de cultivo de plantas! Converse com a sua planta. Diga o quanto você a ama e como ela é importante para você! Quem não gosta de atenção, amor e carinho?

 

gerânios

 

Esses gerânios lindos são da Uemura Flores & Plantas:

Rua Baumann, 963 – Vila Leopoldina – São Paulo

tel: 3641-1004

7:00 às 17:30 de Seg. à Sabado
09:00 às 14:00 aos Domingos e Feriados

Site da Uemura e Instagram

 

Gerânios na jardineira autoirrigável da Tramontina

 

Você gostou da jardineira autoirrigável que ganhei da Tramontina? Linda demais, né?

Saiba mais no site da Tramontina e no Instagram

E aí? O que você já conhecia o gerânio? Como você cultiva essa planta? Qual foi sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Compre tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Gloxínia: 4 jeitos diferentes de multiplicar!

Gloxínia: 4 jeitos diferentes de multiplicar!

Gloxínia: aprenda agora 4 jeitos diferentes de multiplicar essa linda planta nativa brasilieira. Nossa “tulipa” tropical!

Gloxínia: 4 Jeitos Diferentes de Multiplicar

PLANTA QUE REVIVE COMO FÊNIX?

Você também fica triste quando uma planta sua morre? Eu fico arrasada! Mas nem sempre quando uma planta perde as folhas é sinal de que ela morreu. Vou falar agora sobre uma planta brasileira, que tem uma floração maravilhosa e que revive como uma fênix! Essa planta é a gloxínia, também conhecida como cachimbo ou siningia (Sinningia speciosa)!

 

Descrição

A gloxínia é uma planta brasileira, parente das violetas. Ela é uma planta herbácea e possui raiz tuberosa, como a beterraba e a cenoura. Na raiz tuberosa os nutrientes se acumulam dentro da raiz, embaixo da terra, e o caule fica acima da superfície. Só que diferente da beterraba e da cenoura, a gloxínia não tem caule. Ela é acule. Ela pode atingir de 15 a 25cm de altura.

 

Folhas

Suas folhas são carnosas e aveludadas. Atualmente os cultivares cultivados tem as folhas e flores grandes e são resultado de cruzamentos de espécies nativas.

 

Flores

As flores são eretas e podem ser simples ou dobradas e aparecem em diversas cores, como rosas, pink, roxas, violetas, e podem ser mescladas e até pontilhadas. São muito lindas e vistosas! Costumam aparecer no verão.

 

Manipulação dos produtores

E se ela floresce no verão, como é que agora, no inverno ela está florida?

Ah! Boa pergunta! Sabia que os produtores de plantas conseguem manipular as condições ambientais nas estufas? Eles podem aumentar ou diminuir a quantidade de luz diária, a umidade e a temperatura e assim fazer com que a planta ache que está no verão e floresça.

 

BICO-DE-PAPAGAIO

É a mesma coisa que acontece com o bico-de-papagaio, ou poinsétia. Essa planta, de origem mexicana, costuma florescer no inverno. Aqui no hemisfério sul, o inverno acontece no meio do ano. Se você procurar perto da sua casa, deve encontrar arvoretas de poinsétia floridas agora. Tenho visto várias perto de casa. Mas como ela floresce no inverno no hemisfério norte, ela ficou conhecida como flor do natal. Os produtores aqui no Brasil também manipulam as condições de luz, umidade e temperatura, para que elas floresçam no Natal quando é nosso verão.

 

Como cultivar

Elas gostam de terra vegetal com bastante matéria orgânica, bem drenável e com regas regulares.

 

Dormência – Fênix

As gloxínias entram em dormência no inverno. Elas perdem todas as folhas e flores e parece que a planta morreu. Por isso, não jogue fora o seu vaso!

  • Coloque-o num local onde ele não receba água e não regue a sua planta nesse período.
  • No começo da primavera leve o vaso para um local iluminado, o ideal é um local que receba o solzinho da manhã, e volte a regar.
  • Como uma fênix, ela irá acordar do soninho do inverno, brotar e te presentear com folhas e flores!
  • Tem gente que retira o bulbo da terra, lava, seca e guarda-o num local seco e fresco para o replantio no final do inverno, começo da primavera.

Atenção: é importante anotar na agenda para lembrar de replantar!

 

Onde cultivar

As gloxínias podem ser cultivadas em vasos e jardineiras.

Elas gostam de meia sombra, mas com bastante claridade. É uma planta que tolera o frio.

Em casa eu cultivo a gloxínia numa bancada que fica em frente à uma janela que recebe bastante luz solar.

 

Rega

Lembra que no começo do vídeo eu falei que a gloxínia é parente das violetas? Pois é, como as violetas, elas também não gostam de água nas suas folhas e flores. Então eu costumo levantar as folhas para regar apenas o substrato ou então coloco água no cachepot, espero uns 15min para a planta absorver a água necessária e então jogo a água restante em outra planta.

 

Multiplicação

A gloxínia pode ser multiplicada pelos bulbos, folhas postas a enraizar na água ou no substrato ou por sementes postas a germinar no outono. Veja no vídeo acima 4 várias técnicas para multiplicar gloxínia.

 

Onde comprar?

É engraçado, não é em qualquer Garden que encontro gloxínia à venda. Geralmente só encontro em supermercados.

 

E aí? O que você já conhecia a gloxínia? Como você cultiva ela? Como você faz a multiplicação dela? Conta para mim nos comentários abaixo.

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Dionéia Planta Carnívora: como cultivar?

Dionéia Planta Carnívora: como cultivar?

Dionéia Planta Carnívora: Como Cultivar? Aprenda agora sobre as plantas carnívoras, o que elas comem, por que são carnívoras e como cultivá-las.

Dionéia Planta Carnívora: como cultivar?

Sabia que existem plantas que complementam sua nutrição com a digestão de outros seres vivos?

Pois é, e agora vou falar um pouco sobre as plantas carnívoras e te ensinar como cuidar da dionéia, a primeira planta que vem à mente quando pensamos em plantas carnívoras.

 

O que é uma planta carnívora?

Consideramos uma planta carnívora todo vegetal que tem a capacidade de atrair, capturar, matar, digerir outro ser vivo através enzimas digestivas próprias e absorver nutriente dessa digestão.

 

Então essas plantas não realizam fotossíntese?

Essas plantas realizam sim fotossíntese, elas apenas complementam sua alimentação com substâncias derivadas da digestão de outros seres vivos.

 

E por que isso acontece?

Essas plantas criaram esses mecanismos de adaptação por viverem em locais com solos pobres em nutrientes fundamentais como nitratos e fosfatos, onde não conseguem desenvolver suas pequenas e delicadas raízes. Além de serem pobres em nutrientes, geralmente os solos são ácidos, onde não há a existência e atuação de bactérias que fixam o nitrogênio no solo e que vivem em simbiose com as plantas, disponibilizando o nitrogênio para elas.

 

E como elas fazem para atrair as presas?

Na maioria das vezes, as plantas desenvolveram folhas em forma de armadilhas capazes de atrair, capturar, digerir e absorver os sais minerais das vítimas através de enzimas digestivas.

 

700 espécies!

Existem aproximadamente 700 espécies de plantas carnívoras no mundo, distribuídas em 10 famílias e 19 gêneros. A maior ocorrência de plantas é em regiões tropicais e subtropicais. E elas podem ter cor e formas variadas.

 

Dionéia

Bom, voltando à dionéia… A dionéia é uma planta herbácea, carnívora e nativa das planícies costeiras da Carolina do Norte e do Sul do Estados Unidos. Ela também é conhecida por papa-mosca e papa-mosca-de-venus (Dionaea muscipula).

 

Descrição da planta

É uma planta bem pequena, que atinge no máximo 10 cm de altura e possui de 4 a 8 folhas dispostas em roseta e um pequeno bulbo, semelhante a uma cebola.

Dionéia

Folhagem

Suas folhas são muito interessantes! São compostas por uma armadilha, divida em duas partes, como se fosse uma boca, com o interior vermelho e com 15 a 20 “dentes” compridos e afiados nas bordas. A região periférica superior das folhas são verdes e fazem fotossíntese. A região central, vermelha, possui numerosas glândulas produtoras de enzimas.

 

E como a armadilha funciona?

Os insetos são atraídos por um cheiro liberado das margens das folhas modificadas e pela coloração vermelha da parte interna da armadilha.

 

Pelos sensitivos ou cerdas sensoriais

Nessa parte interna vermelha existem pelos sensitivos, chamados de cerdas sensoriais, que se fecham rapidamente quando percebem a presença de um inseto. Mas olha só como a natureza é esperta! Os “dentes” das bordas não se intercruzam, provando que a planta pode ter uma atitude de controle alimentar, ou seja, se o inseto não for de um tamanho satisfatório à necessidade energética da planta, e ela calcule que gastará mais energia para a digestão do que para a reposição dos nutrientes, a vítima poderá fugir.

 

E a digestão? Como funciona?

Depois que a armadilha se fecha, umas glândulas do centro da armadilha produzem as enzimas digestivas. A digestão dura aproximadamente 1 semana.

 

Não escova os dentes?

Lentamente a armadilha se abre e se tiver sobrado algum resto de carapaça do inseto, a chuva e o vento fazem uma espécie de faxina, levando os restos embora.

 

Abre-te sésamo 3X

Cada armadilha costuma fazer umas 3 vezes esse processo antes de ser substituída por folhas novas.

 

Onde cultivá-la

Ela gosta de ficar no sol pleno ou meia-sombra, em substrato preparado a base de musgo esfagno, turfa e perlita, levemente ácido e mantido constantemente úmido.

 

Rega

Quando for regar, o ideal é deixar a água da torneira descansando de um dia para outro para evaporar o cloro ou usar água destilada, livre de sais minerais, ou até de chuva. Lembre-se, o substrato deve ficar sempre úmido!

 

Seco não!

Elas até toleram ficar encharcadas, mas não suportam ficar com os substratos secos. Na região de origem, durante o período de chuvas, suportam variações no nível da água, podendo até a ficar submersas e capturar presas aquáticas!

 

Atenção:

As dionéias não devem ser plantadas diretamente na terra e nem devem ser adubadas nem alimentadas. Elas sabem se virar! Se quiser ajudá-las coloque perto delas uma fruta que atraia insetos. Mas lembre-se que os insetos são só aperitivo, elas não precisam deles para viver. Elas fazem fotossíntese!

 

Planta não é brinquedo!

Não se deve brincar com as armadilhas, fazendo-as fechar para seu bel prazer. A planta gasta muita energia cada vez que precisa abrir as armadilhas.

 

Inverno

No inverno as dionéias entram em dormência e devem ser colocadas em local bem fresco (entre 4 a 12ºC) ou até mesmo em geladeira, desde que o substrato seja mantido úmido.

Ela até podem sobreviver sem esse cuidado, mas poderão ter um tempo de vida menor.

 

Floração

No início da primavera, volte sua planta para o local original de cultivo, seja ele direto no sol ou meia sombra e fique atento. É nesse período que ela solta as flores!

As flores são brancas, pequenas e compostas por 5 ou 6 pétalas. Depois elas geram sementes pretas e brilhantes, em forma de gota.

 

Atenção novamente!

Se a sua planta for pequena ou muito jovem é melhor evitar a floração, podando a haste floral antes que ela atinja 8 cm.

A planta precisa de tanta energia para florir, que esse esforço pode acabar por matá-la.

 

Multiplicação

As dionáceas se multiplicam por sementes ou divisão da planta, com uma parte do rizoma.

 

Raridade

Sabia que existem poucas plantas capazes de realizar movimentos como essa? Interessante demais essa planta, né?

 

E aí? O que você já multiplicou a dionéia? Qual foi sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Minhas orquídeas 1 ano depois

Minhas orquídeas 1 ano depois

Minhas orquídeas 1 ano depois do transplante para o vaso da Xaxim de Palmeira. Veja também como estão o antúrio, a avenca, a bromélia e a samambaia!

Minhas orquídeas 1 ano depois

LIXO NÃO!

Em setembro do ano passado eu achei 3 orquídeas que estavam bem sofridas jogadas no lixo e resolvi tentar salvá-las. 

 

EXPERIMENTO

A primeira orquídea plantei no vaso de xaxim de palmeira com o substrato para orquídeas da Xaxim de Palmeira. 

 A segunda plantei no vaso de xaxim de palmeira usando casca de pinus e carvão vegetal. Um substrato pronto para orquídeas que achei numa loja de plantas. 

 terceira deixei no vaso de plástico e usei o substrato de Xaxim de Palmeira. 

 Veja aqui como plantar no vaso Xaxim de Palmeira.

 

FIBRA DE COCO X XAXIM DE PALMEIRA

Qual é o diferencial do vaso de xaxim de palmeira para aquele vaso de fibra de coco? 

Os vasos Xaxim de Palmeira são 100% naturais, pois são feitos com fibra de palmeiras e seiva de árvore. Eles funcionam como se fossem substratos estruturados. Uma espécie de casa para as plantas! Permitindo um perfeito enraizamento das plantas e aumentando a durabilidade da floração. 

 

TANINO?

Os vasos da Xaxim de Palmeira não tem tanino. Já os de fibra de coco, tem tanino e as orquídeas não gostam de tanino. 

 

PRECISA DEIXAR DE MOLHO?

Os vasos de fibra de coco são duros, rígidos, não respiram nem permitem que água se armazene nas paredes. Antes de usá-los temos que deixa-los de molho. Os vasos de xaxim de palmeira não precisam ficar de molho. Podemos plantar direto neles. 

 

QUANTO MAIOR O VASO, MAIOR A PAREDE 

Os vasos de xaxim de palmeira respiram e a parede aumenta conforme o tamanho do vaso. Quanto maior o vaso, maior será sua parede para que a capacidade de armazenamento da água seja também maior, permitindo maior disponibilidade de água para a planta e menor frequência de rega. 

 

XAXIM ORIGINAL

Antigamente a gente usava vasos de xaxim. O xaxim era extraído do tronco de uma planta da família das samambaias, chamada Dicksonia sellowianaou samambaia-açu, que é um arbusto semi-lenhoso, de tronco ereto, fibroso, espesso e nativo das matas do Brasil. Ele parece uma palmeira, mas é uma samambaia! Só que essa planta tem o crescimento muito lentoDemora quase 50 anos para ela atingir o tamanho ideal para virar vaso! Essa planta é nativa da nossa Mata Atlântica, mas foi tão explorada que entrou em extinção e agora tanto o seu corte como sua exploração estão proibidas pelo IBAMA. Veja mais aqui.

 

ESTOU MUITO FELIZ COM OS RESULTADOS!

Bom, fiz uma parceria com o pessoal da Xaxim de Palmeira para testar os vasos e estou muito feliz com o resultado! 

 

SAMAMBAIA NO XAXIM DE PALMEIRA 1 ANO DEPOIS

Em maio do ano passado eu fiz uma divisão da minha samambaia e plantei uma muda no vaso da xaxim de Palmeira. Olha só como ela está bonita! Veja mais aqui.

Samambaia no vaso de Xaxim de Palmeira

 

ANTÚRIO FLORIDO DESDE NOVEMBRO ANO PASSADO!

Em novembro do ano passado, eu plantei esse antúrio no vaso de xaxim de palmeira. Ele estava florido e não parou de florir até hoje! Aumenta mesmo a durabilidade da floração! 

Meu antúrio 1 ano depois no vaso de xaxim de palmeira

 

INFLORESCÊNCIA DA BROMÉLIA CONTINUA DESDE MARÇO DESTE ANO!

Em março desse ano eu plantei essa bromélia no vaso da Xaxim de Palmeira e por incrível que pareça, a floração ainda não secou! Está desbotada, mas não secou ainda e olha o tamanho do broto que nasce! Logo mais estará na hora de separá-lo da planta mãe. 

Bromélia no vaso de Xaxim de Palmeira

 

AVENCA ADORANDO O VASO!

No mês passado, agosto, eu plantei essa avenca no vaso da xaxim de palmeira e olha como ela já cresceu! Ela está adorando esse vaso! 

 

 

NÃO PRECISA FAZER DRENAGEM

Quando a gente usa os vasos de xaxim de palmeira não precisamos fazer drenagem nos vasos por que as paredes do vaso absorvem o excesso de água da rega. Isso faz com que a gente não precise regar tanto, já que a planta vai ter água e nutrientes disponíveis para ela nas paredes e no fundo do vaso.  

 

ISOLAÇÃO TÉRMICA

E isso também proporciona isolação térmica para as raízes das plantas, especialmente durante a primavera e o outono, quando temos uma grande diferença de temperatura durante o dia. De manhã e no final do dia faz frio e no meio do dia faz calor.  

 

NÃO PODEMOS DEIXAR A PLANTA MUITO TEMPO NO MESMO VASO. ELA PRECISA DE ESPAÇO PARA CRESCER!

Os vasos Xaxim de Palmeira duram de 2 a 3 anos, que é o tempo ideal para se manter uma planta num mesmo vaso. Depois desse tempo será necessário transplantar a planta para um outro vaso, com novo substrato. E o vaso antigo de Xaxim de Palmeira irá se biodegradar. Ele poderá ser usado como substrato do vaso novo. 

 

USE UM PRATO POR BAIXO

Os vasos Xaxim de Palmeira não devem ficar em contato direto com a terra pois podem apodrecer e iniciar o processo de decomposição muito rápido. É bom colocar um pratinho por baixo do vaso se ele estiver na terra.  

 

OBA! DESCONTO DE 30%!

Se quiser comprar vasos de Xaxim de Palmeira, é só clicar aqui. Até dia 29/9 está rolando um super desconto que eu consegui para você: 30% de desconto!!! 

 

DICAS DE CULTIVO DE ORQUÍDEA PHALAENOPSIS: 

Claridade 

As orquídeas phalaenopsis gostam de bastante claridade, mas não suportam o sol forte direto nelas. Elas podem receber só aquele solzinho fraquinho, do comecinho da manhã. 

Uma boa dica para saber se o local está adequado: experimente ficar no local no meio do dia por uma hora e veja se está agradável ou muito abafado. Se estiver abafado para você, provavelmente estará abafado para a sua planta também! Então procure outro local para colocá-la.

 

Rega

Quando for regar, regue bem as folhas e deixar cair um pouco de água no substrato para umedecer.  

O substrato deve ficar ligeiramente úmido, mas nunca encharcado. Regue umas 3 a 4x por semana quando estiver quente e/ou seco e 1 a 2x quando estiver frio e/ou úmido. 

Lembre-se que se estiver usando os vasos de Xaxim de Palmeira você provavelmente vai precisar regar menos por que ele armazena água nas paredes. Por isso, faça sempre o teste do dedo para saber se o substrato está seco ou úmido. 

 

Acabou a floração, e agora?

Quando acabar a floração, corte a haste floral que já não tem mais flores bem perto das folhas. Para que o corte não fique aberto e permita a entrada de bichinhos ou de água, passe canela em pó, pasta de dente ou até esmalte para selar o corte. E depois retire o arame que prendia a haste floral para evitar acidentes.  

Tem gente que gosta de deixar um pedaço grande de haste por que às vezes brota mais flores ali. Só que as flores que nascerem ali serão menores e não tão bem formadas como as que vierem na nova haste. 

 

Quer dividir sua planta?

Se for dividir a planta, cada muda nova deve ter 3 raízes, no mínimo. 

 

Folhas murchas e enrugadas, por que será?

Se as folhas da sua orquídea estão murchas e enrugadas, provavelmente a sua planta está em um local muito abafado e sem ventilação. A temperatura aumenta muito e as folhas acabam desidratando. Mude-a para um local mais fresco e ventilado. 

 

Tamanho da vaso faz diferença?

Para orquídeas, quanto menor o vaso, melhor. É o contrário das outras plantas. Podemos transplantar as orquídeas em qualquer época do ano, menos no inverno.  

 

E o lembre-se do ingrediente secreto de cultivo: 

AAC = atenção + amor + carinho!  

 

E aí? Você gosta de orquídeas? Já cultivou a phalaenopsis? Já usou os vasos da Xaxim de Palmeira? Qual foi sua experiência com eles? Conta para mim  nos comentários abaixo. 

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais