Plantas

Aqui estão todas as minhas dicas de cultivo de plantas

Conheça a Lumina: a Planta Fluorescente!

Conheça a Lumina: a Planta Fluorescente!

Conheça agora a Lumina, a planta fluorescente, e aprenda todas as dicas de cultivo no vídeo da Semana.

Conheça a Lumina: a Planta Fluorescente!

LUZ LARANJA

Olha que folhagem maravilhosa! Parece que o centro da planta está irradiando uma luz laranja!

Lumina (Chlorophytum orchidastrum) - foto: Nô Figueiredo

Lumina (Chlorophytum orchidastrum) – foto: Nô Figueiredo

 

Eu tenho essa planta há alguns anos. A primeira vez que a vi, apaixonei na hora! Achei super diferente esse efeito das folhas. Na base ela é laranja, olha só!

Lumina (Chlorophytum orchidastrum) - foto: Nô Figueiredo

Lumina (Chlorophytum orchidastrum) – foto: Nô Figueiredo

 

Bem laranja mesmo, né? E depois o resto da folha é verde.

 

ORIGEM E CARACTERÍSTICAS

As folhas nascem em roseta e crescem de um rizoma carnoso. Ela produz uma inflorescência que apresenta uma haste avermelhada, com cerca de 50 cm, e pequenas flores brancas, mas não é muito vistosa. O charme dessa planta é a cor laranja nas folhas, rara na natureza.

Ela é uma planta herbácea originária da África. A lumina é parente do clorofito.

 

CULTIVO

A lumina em vaso pode virar uma atração dentro de casa, desde que fique em local bem iluminado, próximo à uma janela. Nunca no sol direto, que queima suas lindas folhas. Ela também pode ser cultivada no jardim, isolada ou em pequenos grupos, em locais com luz filtrada, protegida pela sombra das árvores

Substrato: drenável, enriquecido com matéria orgânica e mantido úmido.

Clima: adora o calor e a umidade mas se você morar num local frio, cultive-a em estufas.

É uma planta rústica, que não necessita de cuidados especiais.

Não necessita podas, apenas remova as folhas mortas para que ela fique sempre bonita.

 

ADUBAÇÃO

Faça adubações orgânicas leves, com húmus de minhoca ou usando a receita de adubação para folhagens. Costumo aplicar a adubação 3x ao ano. No começo da primavera, do verão e do outono.

 

Quando fui pesquisar sobre ela, li que é recomendável fazer um replantio bienal na primavera para que a folhagem fique vibrante. Confesso que nunca replantei essa planta. Já faz alguns anos que ela está nesse vaso. Era uma muda pequena, mas como o vaso é grande, com o tempo ela foi se espalhando.

 

MULTIPLICAÇÃO

Para multiplica-la, divida a touceira e rizomas, de preferencia na primavera.

 

 

É incrível como a mãe natureza é maravilhosa, né? Criar uma folhagem laranja assim! Demais, né? Sinto muita gratidão por toda essa beleza e cor que a mãe natureza nos presenteia!

 

 

E ai? Você já cultivou a lumina? Ou alguma outra folhagem? Qual foi a sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Você encontra VASOS AUTOIRRIGÁVEIS na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Tudo sobre a Arruda: Poderosa e Polêmica!

Tudo sobre a Arruda: Poderosa e Polêmica!

Aprenda agora tudo sobre a arruda, a poderosa e polêmica erva de proteção, no vídeo da semana!

Tudo sobre a Arruda: Poderosa e Polêmica!

ORIGEM E CARACTERÍSTICAS

A arruda, também conhecida por arruda-fedorenta, ruta-de-cheiro-forte, arruda-aromática, arruda-dos-jardins, arruda-do-povo, ruda, ruta-dos-jardins, ruta-fedorenta, arruda-doméstica, arruda-macho, arruda-fêmea e erva-arruda (Ruta graveolen L.) é um subarbusto originário da Europa meridional que pode atingir até 1,5m de altura quando plantada no jardim.

Possui folhas carnosas de coloração verde-azulada ou acinzentada fortemente aromáticas.

Vaso de arruda - foto: Nô Figueiredo

Vaso de arruda – foto: Nô Figueiredo

 

FLORES

Suas flores são miúdas de cor amarelo-esverdeadas que florescem no verão no topo da planta.

Detalhe das flores da arruda - foto: Nô Figueiredo

Detalhe das flores da arruda – foto: Nô Figueiredo

 

CULTIVO

A arruda gosta de solo pobre, pedregoso, seco e bem drenado, rico em matéria orgânica. É suscetível à podridão das raízes em solos com pouca drenagem ou quando é regada em excesso.

É uma planta que gosta de ficar no sol direto.

Propaga-se por sementes e estaquias de ramos novos.

 

CUIDADO: É TÓXICA

ATENÇÃO: a arruda não é indicada para uso interno. É uma PLANTA ALTAMENTE TÓXICA tanto para as pessoas como para os animais. Muitas pessoas são sensíveis ao óleo contido em suas folhas e desenvolvem dermatites que variam entre pequenas bolhas e erupções muito dolorosas. Para prevenir, use luvas e mangas compridas para manusear a planta.

Conheça outras plantas tóxicas.

 

POUCOS AMIGOS

A arruda não deve ser plantada perto das couves, da sálvia e do manjericão, que elas não se bicam. A arruda atrapalha o crescimento delas. Plante a arruda a pelo menos 3 metros de distância de qualquer uma dessas plantas.

A arruda repele ratos e insetos.

 

PODER

A arruda é um dos maiores termômetros do ambiente, indica a qualidade da energia do local pela sua vitalidade. Ela não vai bem na presença de pessoas não realizadas ou frustradas. É umas das ervas mais poderosas para combater inveja e olho-gordo.

Na Antiguidade era costume usar ramos de arruda para aspergir água benta sobre as pessoas nas missas solenes. Era também usada para proteger contra bruxarias, purificar, prevenir contra doenças contagiosas e para propiciar o dom da premonição.

Saiba mais sobre ervas de proteção.

 

ESSÊNCIA FLORAL

Nas essências florais, a arruda faz parte do sistema Filhas de Gaia e facilita o aflorar do poder da vontade, para se construir uma vida harmoniosa, próspera e pacífica, exercendo a cada momento o livre arbítrio ao mesmo tempo em que protege o espaço físico, psíquico e espiritual do indivíduo.

Delimita, equilibra e fortalece a Individualidade e o Poder da Vontade das forças solares da Alma, ao mesmo tempo em que ajuda nosso Ego a sintonizar-se e alinhar-se com estas forças positivas da Alma para fortalecer-se e desenvolver uma Individualidade forte e positiva. Este movimento facilita o alinhamento e a cura de nossas partes identificadas com sentimentos destrutivos, autodestrutivos e agressivos e os seus reflexos desempoderantes em nossos relacionamentos. Esta Essência Floral é de extrema valia para aqueles que, em seus relacionamentos, tendem a permitir que a vontade do outro domine sua mente, levando-o a atuar contra si mesmo, ou a permitir interferências destrutivas em sua vida, sejam estas provenientes do mundo espiritual, astral, psíquico ou de seus relacionamentos pessoais.

 

POLÊMICA

Tem gente que ama o cheiro da arruda. Tem gente que odeia! Eu adoro… e você?

 

E ai? Você já cultivou a arruda? Qual foi a sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo.

Você encontra SEMENTES DE ARRUDA na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Tudo sobre a Guiné: Poderosa e Nativa do Brasil!

Tudo sobre a Guiné: Poderosa e Nativa do Brasil!

Aprenda agora tudo sobre a guiné, poderosa erva de proteção brasileira, que é muito fácil de ser cultivada, no vídeo da semana!

Tudo sobre a Guiné: Poderosa e nativa do Brasil!

CHEIRO DE ALHO

Essa planta tão poderosa é nativa do Brasil e tem um forte cheiro de alho.

 

ORIGEM E CARACTERÍSTICAS

A guiné (Petiveria alliacea L.) é nativa da região amazônica do Brasil e pode atingir até 1m de altura quando plantada no jardim. Aliás, quando plantada no jardim, pode se tornar invasora, pois se multiplica rapidamente. Ela é uma planta herbácea e rizomatosa.

Guiné podada

Guiné podada

 

FLORES E FRUTOS

Suas flores são discretas e ficam dispostas em longas inflorescências. Seu fruto é uma capsula pequena, que tem espinhos que se prendem em animais e pessoas e assim a planta aproveita a carona e se espalha por ai.

 

CULTIVO

Ela gosta de meia sombra e solo bem drenado e rico em nutrientes. Se multiplica por sementes.

 

CUIDADO: É TÓXICA

É uma planta tóxica, que na medicina popular é muito usada, mas deve ser usada com muito cuidado.

Conheça outras plantas tóxicas.

 

PODER

É conhecida por fazer uma forte limpeza energética no ambiente, transmutando as energias negativas e evocando vibrações positivas e de bem-estar nos ambientes. Atrai sorte e felicidade.

Saiba mais sobre ervas de proteção.

 

ESSÊNCIA FLORAL

A Essência Floral da Guiné faz parte dos Florais Filhas de Gaia e ajuda a fazer uma reforma interior, pois facilita a transmutação do padrão de desequilíbrio na relação de troca energética com o outro, ajuda a fechar o corpo e a libertar as energias obsessoras que vibram nas freqüências de abuso, violência, vampirização, dor, masoquismo ou sadismo, além de purificar a aura eliminando as toxinas energéticas e maus fluidos.

 

E aí? Você já cultivou a guiné? Qual foi a sua experiência com ela? Conta para mim nos comentários abaixo.

Você encontra SEMENTES DE ERVAS AROMÁTICAS na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

As 7 Ervas de Proteção. Descubra por que!

As 7 Ervas de Proteção. Descubra por que!

Descubra por que e quais são as 7 Ervas de Proteção e como utilizá-las para proteger a sua casa ou escritório no vídeo da semana!

AS 7 ERVAS DE PROTEÇÃO

Que seres maravilhosos que são as plantas! Além de produzirem o oxigênio para que possamos respirar, nos fornecem alimento, medicamentos, matéria prima para vestuário, construção, energia, removem gás carbônico e outras substâncias tóxicas e ainda embelezam, transmitem calma, vibrações positivas e protegem os ambientes. Uau!

Falando em proteção, existem algumas plantas que são famosas por seus poderes mágicos, como as 7 ervas de proteção: alecrim, arruda, comigo ninguém pode, espada de são Jorge, Guiné, manjericão e pimenta, que juntas protegem os ambientes e ajudam a transformar as energias negativas em positivas.

 

AS 7 ERVAS DE PROTEÇÃO

O ALECRIM (Rosmarinus officinalis) é uma refrescante erva que ajuda a elevar a vibração das pessoas e ambientes. É considerada também um poderoso estimulante natural, que favorece as atividades mentais e de concentração para o estudo e trabalho. Favorece e fortifica o ânimo, mantém a mente alerta, além de ajudar a combater a depressão. Saiba mais sobre o alecrim.

 

A ARRUDA (Ruta graveolen L.) é um dos maiores termômetros do ambiente, pois indica a qualidade da energia do local pela sua vitalidade. Ela não vai bem na presença de pessoas não realizadas ou frustradas. É umas das ervas mais poderosas no combate da inveja e olho-gordo.

ATENÇÃO: PLANTA TÓXICA.

 

A COMIGO-NINGUÉM-PODE ou Difenbáquia (Dieffenbachia amoena), já chega mostrando a que veio! Seu nome diz tudo e revela o seu poder! Ela afasta as energias negativas dos ambientes. Junto com espada de São Jorge quebra feitiços, magia e mau-olhado. Tudo isso sem perder o rebolado! É linda e enfeita qualquer ambiente! Saiba mais sobre a comigo-ninguém-pode.

ATENÇÃO: PLANTA MUITO TÓXICA e deve ser colocada longe do alcance de crianças de animais de estimação.

 

A ESPADA-DE-SÃO-JORGE (Sansevieria trifasciata var. Laurentii) recebeu esse nome por que o formato das suas folhas lembra a espada do famoso santo cristão, São Jorge, que enfrentava o mal e matou o dragão com sua espada poderosa. Dizem que ela tem a capacidade de proteger, purificar e “cortar” com sua lâmina a inveja e o mau olhado, trazendo prosperidade. Aprenda mais sobre espada-de-são-jorge e a fazer um arranjo lindo!

 

A GUINÉ (Petiveria alliacea L.) é conhecida por fazer uma forte limpeza energética no ambiente, bloqueando as energias negativas e evocando vibrações positivas e uma força renovadora importante nos processos de transformação. Fisicamente aumenta a resistência do corpo. Atrai sorte e felicidade. Cria uma energia de bem-estar nos ambientes.

ATENÇÃO: PLANTA EXTREMAMENTE TÓXICA e que pode se tornar invasora.

 

O MANJERICÃO (Oncium basilicum L.) é uma erva muito saborosa, que tem a propriedade de acalmar a mente e trazer paz de espírito a todos. Ao acalmar as tensões, afastamos os pensamentos negativos e a negatividade. Saiba mais sobre cultivo de manjericão, tipos de manjericão e a fazer um delicioso pesto de manjericão.

 

E para finalizar a PIMENTA (Capsicum spp.)! Ela é Forte e poderosa, combate as energias pesadas e ariscas. É uma planta de vibração estimulante, afrodisíaca, tonificante e que atrai boas energias para o amor. Aprenda como cultivá-la.

 

PARA HARMONIZAR O AMBIENTE

Use Alecrim, Espada de São Jorge e Manjericão. A espada simboliza a proteção e a força de São Jorge. O manjericão traz alegria e amor. E o alecrim nos aproxima do divino. As três juntas harmonizam o ambiente.

 

PARA LIMPAR ENERGIAS NEGATIVAS

Arruda, Comigo-ninguém-pode, Guiné e Pimenta: Já essas quatro limpam as energias negativas do ambiente. É muito comum que a arruda e a pimenta sequem e morram quando colocadas em ambientes com muita energia negativa, pois elas atraem para si essas energias. A comigo-ninguém-pode consegue desmanchar magias e feitiços. Já a guiné transmuta as energias negativas em paz.

 

ONDE CULTIVÁ-LAS

Só não dá certo cultivar todas juntas no mesmo vaso ou jardineira. A espada-de-São-Jorge e a comigo-ninguém-pode gostam de meia sombra e as outras de pleno sol. A arruda impede o crescimento do manjericão. Enfim, o melhor é cultivar cada uma num vaso separado.

NÃO DÁ CERTO CULTIVAR ASSIM!

NÃO DÁ CERTO CULTIVAR ASSIM!

 

Bom demais poder contar com as plantas para nos proteger, né?

 

E ai? Você já cultivou as 7 ervas? Já usou elas para proteger a sua casa? Qual foi a sua experiência com elas?Conta para mim nos comentários abaixo.

Você encontra SEMENTES DESSAS ERVAS na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Cuidados com as Plantas na Primavera – TV Gazeta

Cuidados com as Plantas na Primavera – TV Gazeta

Aprenda quais os cuidados com as plantas na primavera e também a fazer um super adubo para estimular a floração nessa minha participação na TV Gazeta.

CUIDADOS COM AS PLANTAS NA PRIMAVERA

PREPARAÇÃO PARA A PRIMAVERA

Com a chegada da primavera as plantas se preparam para sair do repouso vegetal e voltam às suas atividades de crescer, frutificar e nos presentear com muitas flores! Então é época de reforçar os nutrientes no solo, para que elas fiquem bem saudáveis.

Eu gosto muito de usar adubos orgânicos ou naturais, que são compostos de matéria de origem vegetal ou animal. Essas substâncias precisam ser decompostas pelas bactérias e microrganismos do solo para poderem ser assimiladas pelas plantas. A atuação desse tipo de adubação é mais lenta, mas duradoura. Além disso, essa adubação ajuda a melhorar a textura da terra deixando-a mais porosa, beneficiando a oxigenação das raízes.

Falando de adubo, os adubos inorgânicos são obtidos a partir da extração mineral ou de derivados do petróleo. Sua atuação é imediata. Assim que são aplicados já podem ser absorvidos pela planta, não precisam ser decompostos pelas bactérias do solo. Mas muitos nutrientes são desperdiçados, pois muitas vezes a planta não consegue absorver todo o nutriente disponível e a sobra é perdida com o tempo e carregada pela a água.

 

PARA QUE SERVE CADA NUTRIENTE?

Costumamos dividir os nutrientes que as plantas precisam em 2 grupos. Os macronutrientes, que são os famosos NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) que as plantas precisam em maior quantidade e os micronutrientes, que são também muito importantes, mas em menor quantidade.

NITROGÊNIO, o N da fórmula, é muito importante para o CRESCIMENTO e DESENVOLVIMENTO das RAÍZES, CAULES E FOLHAS. A maior parte do nitrogênio a planta absorve no começo da vida e ele fica armazenado em seus tecidos de crescimento. Quando ele está em maior quantidade na fórmula ele é recomendado para estimular a brotação e o enfolhamento. É ótimos para folhagens em geral e para gramados. Sua falta na fase inicial retarda o crescimento e consequentemente a produção de folhas. Geralmente a sua falta deixa a folha com a cor verde pálida ou verde amarelada e o excesso produz uma folhagem abundante de coloração verde-escura.

O P, o FÓSFORO, é muito importante na FORMAÇÃO da CLOROFILA e ainda AUMENTA o DESENVOLVIMENTO RADICULAR proporcionando à planta maior capacidade de absorver os elementos férteis do solo. O fósforo também age diretamente na QUALIDADE dos FRUTOS e MATURAÇÃO das SEMENTES. Se você quer estimular o surgimento de raízes (após um transplante por exemplo), o AUMENTO das FLORADAS, das frutificação e produção de sementes, você deve reforçar adubos onde o fósforo sobressai. Em regiões onde ocorrem geadas ele é muito importante para aumentar a RESISTÊNCIA das plantas AO FRIO e ajuda a apressar a maturação dos frutos. A deficiência desse elemento pode ser percebida pela coloração arroxeada das folhas.

O K, o POTÁSSIO, contribui na FORMAÇÃO de TUBÉRCULOS, RIZOMAS, FORTALECE os TECIDOS VEGETAIS e ainda AUMENTA a RESISTÊNCIA À SECA. Sem ele a planta não se desenvolve e fica atrofiada e mais sujeita ao ataque de pragas e doenças.

 

E os micronutrientes são: cálcio, magnésio, enxofre, boro, molibdênio, manganês, ferro, cobre e zinco. Servem para complementar a alimentação das plantas, mas em menor quantidade que os macronutrientes.

 

HÚMUS DE MINHOCA que você pode fazer em um minhocário ou então comprar pronto. MELHORA A POROSIDADE DO SOLO, AUMENTA os teores de NITROGÊNIO, FÓSFORO, POTÁSSIO, CÁLCIO E MANGANÊS do solo, MELHORA o pH e AUMENTA o número de MICRORGANISMOS no solo.

FARINHA DE OSSOS é proveniente da moagem de ossos. Contém FÓSFORO e CÁLCIO.

FARINHA DE CASCA DE OVO é feita com casca de ovo batida no liquificador Veja como fazer aqui. Contém FÓSFORO e CÁLCIO.

TORTA DE ALGODÃO ou TORTA DE MAMONA são ricas em NITROGÊNIO e MATÉRIA ORGÂNICA.

ATENÇÃO: a torta de mamona é tóxica para bichos e crianças. Evite misturá-la à farinha de osso, porque os cachorros são atraídos pelo cheiro.

 

Adubação natural para planta que floresce e frutifica:

3 colheres de farinha de osso ou casca de ovos
1 colher de torta de algodão ou mamona
8 colheres de húmus de minhoca

Coloque 1 colher da mistura na superfície do vaso e depois regue. Adube umas 3x por ano: começo primavera, começo do verão e começo do outono. No inverno não é necessário adubar.

Aplique sempre no final do dia.

 

Adubação natural para folhagens em geral ou pós floração:

3 colheres de torta de algodão
1 colher de farinha de osso
8 colheres de humus de minhoca

Coloque 1 colher da mistura na superfície do vaso e depois regue. Adube umas 3x por ano: começo primavera, começo do verão e começo do outono. No inverno não é necessário adubar.

Aplique sempre no final do dia.

 

O QUE ACONTECE SE VOCÊ ADUBAR DEMAIS?

  • As hastes podem crescer exageradamente ficando espichadas demais.
  • Pode aparecer na superfície do vaso um limo esverdeado ou uma cobertura branca, e quando as folhas tocam esse local murcham, apodrecem e caem.
  • As pontas das folhas podem ficar amarronzadas.

Se notar o aparecimento desses sintomas, suspenda a adubação por um tempo, dando um intervalo maior entre uma adubação e outra.

ATENÇÃO: o excesso de adubação inorgânica pode matar a planta.

 

O QUE FAZER SE APARECEREM PRAGAS OU DOENÇAS?

Plantas cultivadas nas condições ideais de iluminação, com rega adequada e bem nutridas geralmente não ficam doentes e nem atraem pragas. Mas se notar alguma coisa, faça um inseticida caseiro. Sempre pulverize o inseticida no fim da tarde. Faça 1 aplicação por semana durante 3 semanas.

 

As plantas foram gentilmente cedidas pela Shop Garden.

 

E ai? Você já adubou as suas plantas? Quais os cuidados que você tem com elas na primavera? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Você encontra FARINHA DE OSSO, TORTA DE ALGODÃO OU MAMONA E HUMUS DE MINHOCA na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais

Como Cultivar Cactos e Suculentas! Live – Bons Fluidos

Como Cultivar Cactos e Suculentas! Live – Bons Fluidos

Veja as dicas de cultivo de cactos e suculentas nesse bate-papo ao vivo com a querida Izabel Duva Rapoport na página da revista Bons Fluidos no Facebook.

COMO CULTIVAR CACTOS E SUCULENTAS – LIVE: BONS FLUIDOS

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE CACTO E SUCULENTA?

Todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é cacto. As suculentas são uma grande família de plantas capazes de armazenar água em seu interior.

As suculentas em geral conseguem sobreviver à falta de água e excesso de luz. São plantas capazes de armazenas umidade no tecido carnudo de seus caules, folhas e raízes e que desenvolveram sistemas de redução de perda de água.

A principal diferença entre suculentas e cactos é que os cactos possuem aréolas, que são pequenos círculos salientes de onde nascem rebentos, espinhos e flores.

Os espinhos servem para proteger os cactos de serem comidos por animais, promover sombra do sol intenso e impedir a circulação de ar pela epiderme da planta evitando a perda de água.

 

QUAL É O SUBSTRATO IDEAL PARA O CULTIVO DE CACTOS E SUCULENTAS:

O substrato ideal é composto de:

2 medidas de areia (areia de construção. Não pode ser areia de praia por que tem muito sal!)

1 medida de terra

1/2 medida de humus de minhoca

 

E o vaso deverá ter um bom sistema de drenagem para evitar o apodrecimento das raízes, por isso coloque no fundo do vaso argila expandida (pode ser também pedrisco, brita e até isopor!) e manta de drenagem ou areia.

Para dar acabamento no vaso, é importante cobrir a terra com pedrisco para ajudar a conservar a umidade da terra, evitando que a superfície seque; eliminar as ervas daninhas e impedir o nascimento de musgos; reduzir a erosão do solo e evitar que respingue água nas plantas durante a rega.

 

COMO REGAR CACTOS E SUCULENTAS:

Essas plantas se adaptaram a viver em locais onde quase não chove então elas precisam de pouca água. Durante os meses quentes da primavera e verão, regue a cada 10 ou 15 dias. E nos meses mais frios e secos, regue a cada 20 ou 30 dias. Evite regar em excesso para que as raízes não apodreçam. Durante a fase de dormência, no inverno, eles necessitam de muito pouca água.

 

COMO LIMPAR AS PLANTAS:

As plantas com espinhos podem se encher de pó, principalmente na cidade de São Paulo. Além de ficarem feias, essa camada de pó e poluição impede a planta de fazer fotossíntese, o que acaba por prejudicar seu desenvolvimento. Com um pincel macio e bastante cuidado, você pode limpar as pequenas concavidades da sua planta. Pode também usar um secador de cabelos na posição FRIO, mantendo-o a uma distância de uns15 a 20cm da planta.

 

MANUTENÇÃO E PODA

Depois da floração, quando as flores ficarem murchas, arranque-as delicadamente com os dedos para manter a beleza e a saúde de sua planta.

Folhas e ramos secos ou danificados são uma porta de entrada para doenças e infecções. Portanto é necessário remover essas partes estragadas para manter a sua planta em boas condições.

 

DOENÇAS

As plantas cultivados em condições deficientes de temperatura e umidade, ou que tenham raízes frágeis, podem ser atacados por ferrugem. O fungo penetra na pele e ataca os tecidos da planta, que amolece e acaba por ficar negro. Se isso acontecer aos seus cactos, corte os caules saudáveis para usar como estacas e destrua o resto. Se a ferrugem atacar plantas cultivadas no exterior, aplique sulfato de cobre.

 

Veja mais sobre CACTOS E SUCULENTAS.

E ai? Você já cultivou cactos e suculentas? Qual é a sua experiência com eles? Conta para mim nos comentários abaixo.

Jardineira autoirrigável da loja Toca do Verde

Gosto dessa jardineira autoirrigável que mostrei no vídeo? Você pode comprá-la na loja online Toca do Verde!

Kit joaNinho

Acompanhe o ciclo de vida das joaninhas e depois solte-as na natureza!

Hotel dos insetos

Hospede insetos amigos das plantas no seu jardim. Use cupom NOFIGUEIREDO para ganhar 5% de desconto.

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Plantei.

Use o cupom VIMDANO para ganhar 5% de desconto na sua primeira compra.

Siga a Nô nas redes sociais