Jardim Vertical

Aqui tem dicas de plantas e ideias para montar um jardim vertical

Columéias: Dicas e soluções de problemas

Columéias: Dicas e soluções de problemas

Eu adoro as columéias. Tenho várias na minha casa, com variadas formas de folhas e flores. Essa semana a mais linda delas começou a florir novamente e resolvi fazer um post com dicas e resoluções de problemas no cultivo de columéias:

Columéia da flor “espetacular” – foto: Nô Figueiredo

O que elas gostam?

Boa luminosidade, mas não sol direto

Boa umidade atmosférica

O solo deve ficar úmido, mas não encharcado. Regue de 2 a 3 vezes por semana.

Adubação a cada 3 meses. Veja como fazer a adubação para estimular a floração e adubação pós floração.

Quando acabar a floração, faça uma poda eliminando os ramos laterais e cortando todos os outros ramos pela metade de seu comprimento.

A cada 2 anos, transplante-a para um vaso maior. Use o substrato básico.

Quando bem cuidada, a columéia pode durar de 5 a 6 anos.

 

O que pode acontecer:

As folhas secam, a planta parece cansada

A umidade atmosférica do local não é suficiente para a planta. Mude sua planta para um local mais úmido, ou borrife a folhagem regularmente com um pulverizador. A água deve estar na temperatura ambiente.

 

A planta está com ramos finos, enfraquecidos demais

O substrato do vaso já não tem mais nenhum nutriente. A planta está precisando ser adubada. Pode estar na hora de substituir o vaso por um maior.

 

Se os ramos começarem a apodrecer e as folhas a cair

É sinal de muita umidade. Pode ser que você esteja regando demais, então suspenda a rega por uns dias até o substrato secar para então regar. Ou então pode ser que o ambiente pode estar muito úmido. Se for esse o caso, mude a planta par um local mais seco e mais quente até que ela se recupere.

 

Se a planta está com ramos alongados, poucas folhas e sem flores

Sua columéia deve estar recebendo pouca luz e a isso ela não resiste. Mude o vaso para mais perto da janela e deixe as cortinas abertas durante todo o dia. Lembre-se que o ar do ambiente também precisa ser renovado, então abra também as janelas para ventilar o ambiente, para evitar que as folhas comecem a secar.

 

As folhas estão amareladas com pequenas teias no verso

Provavelmente são ácaros atacando a sua planta. Pulverize com ÓLEO DE NEEM ou NIM. APLIQUE SEMPRE À NOITE para que as folhas não sejam queimadas com a luz do sol + o óleo de neem. Dilua o óleo em água (seguindo a orientação do fabricante) e borrife na parte da frente e de trás das folhas. Faça 1 aplicação semanal por 3 semanas.

 

As folhas secam nas pontas

Provavelmente a mistura do substrato está muito seca. Mergulhe o vaso num balde com água até que pare de borbulhar (veja como fazer no vídeo). Retire e deixe escorrer bem. Nos dias seguintes, regue com mais frequência e pulverize as folhas com água em temperatura ambiente.

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!


Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza
Como Cultivar Ripsális

Como Cultivar Ripsális

Atendendo aos pedidos do João Paulo e da Juliana de Souza, agora vou falar sobre as ripsális, plantas pendentes lindas e muito queridas. Confira o vídeo e veja fotos com nomes científicos abaixo:

 

 

Eu gosto tanto delas que tenho várias no meu estúdio:

Ripsális – Erythrorhipsalis pilocarpa

Ripsális – Erythrorhipsalis pilocarpa

Ripsális – Rhipsalis cassutha

Ripsális – Rhipsalis cassutha

Ripsális – Rhipsalis rhombea

Ripsális – Rhipsalis rhombea

Ripsális – Rhipsalis trigona

Ripsális – Rhipsalis houlletiana

 

Ripsális – Lepismium cruciforme

E aí? Apaixonou-se também pelas ripsális?

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza

Como Fazer Quadros Verdes – TV Gazeta

Como Fazer Quadros Verdes – TV Gazeta

Confira as dicas dadas para montar um Quadro Verde pela paisagista Nô Figueiredo no programa Revista da Cidade com Regiane Tápias:

 

Para saber mais sobre as plantas usadas acesse: OBRAS DE ARTE FEITAS DE PLANTAS

 

Veja fotos dos BASTIDORES DA GRAVAÇÃO NA TV.

 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Obras de Arte feitas de Plantas

Obras de Arte feitas de Plantas

Olha que obra de arte mais linda!

Quadro Verde de Suculentas criado pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/

Quadro Verde de Suculentas criado pela Claudia Regina da La Calle Florida http://lacalleflorida.blogspot.com.br/

Quadro Verde de Samambaias, Filodendros e Clorofitos criado pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/

Lindo demais o trabalho da Claudia Regina do La Calle Florida, né?

Ela usou a lã de rocha como substrato para as plantas. A lã de rocha é feita de fibras de rochas vulcânicas. (www.larocha.com). É um material super leve e fácil de manusear. Na Europa e Estados Unidos está sendo muito usada como meio de cultivo para a produção de mudas e germinação de sementes pois é um produto esterilizado, sem riscos de conter fungos ou bactérias e que não libera componentes. É um ótimo ambiente para a propagação de mudas.

Atenção: Se você for alérgico, use luvas e manipule o produto molhado.

 

Veja no como fazer no VÍDEO.

Quer saber como ela montou esse quadro? Vou compartilhar todos os segredos!

Primeiro ela monta uma caixa de madeira com uma moldura como essa:

Base para montar quadro verde feito pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/
Ou uma coluna como essa:

Coluna para fazer quadro verde feita pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/
O verso pode ser arrematado usando um plástico preto bem grosso:

Verso quadro verde feito pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/

Se você tiver habilidades e equipamentos para mexer com madeira pode fazer o seu próprio quadro. Se for como eu e não tiver habilidade, não se preocupe. A Claudia Regina faz para você do tamanho e da cor que você quiser e te manda pelo correio!

É só entrar em contato com ela por aqui: LA CALLE FLORIDA

Ou então você pode reutilizar uma caixa de plástico, daquelas que vem com as mudinhas das plantas em saquinhos, e colocar a manta de lã de rocha sobre ela assim:

Caixa de plástico de mudas com manta de lã de rocha feita pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/
Aqui o verso da caixa:

Verso da caixa de plástico de mudas com manta de lã de rocha feita pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/

Bom, vamos aprender a plantar? É bem fácil!

Corte um pedaço com uma tesoura e faça um tipo de bolso para colocar a muda com a raiz sem terra e depois acrescente mais pedaços de lã de rocha para que a muda fique firme no local. Vá fazendo diversos cortes e bolsos onde você irá colocando as mudas. Sempre coloque as mudas todas no mesmo sentido. Sempre com as pontas viradas para a parte de cima da caixa. E por último passe um fio de arame ou naylon na parte de cima, no meio e na parte de baixo, de um lado ao outro da caixa para segurar a lã de rocha e as plantas.

Se for plantar suculentas, o ideal é colocar uma grade pequena sobre a lã de rocha para facilitar a fixação das mudas. Com a ajuda de um palito, cave um buraquinho e enfie a muda. Depois complete com pedaços soltos de lã de rocha. Use esses pedaços como se fossem chumaços de algodão e vá colocando-os ao redor da muda.

 

Que tipo de plantas usar?

Depende da iluminação onde o quadro será fixado.

Se quiser fazer um quadro de suculentas e o local receba um pouco de sol opte por Crassulas, Echeverias e Kalanchoes.

Se for um local mais sombreado: abuse das Hawortias , Rhipsallis e Gasterias.

Lembre-se de que as suculentas não gostam de muita água, então se o quadro estiver no tempo, deixe-o numa parede que tenha um beiral para dar uma protegida do excesso de água das chuvas.

Se quiser usar plantas pendentes para um local mais sombreado, abuse das Samambaias, Clorofitos, Jibóia, Filodendros, etc.

Para locais mais ensolarados abuse dos Aspargos, Liriopes, Heras…

Atenção: não misture suculentas com outras plantas. Você vai matar uma com excesso de água e a outra de sede. Use sempre plantas que gostem do mesmo regime de regas.

 

E agora o que faço?

Agora pegue um hormônio enraizador como o Forth Enraizador, dilua-o em água conforme as indicações do fabricante, e com a ajuda de um regador molhe a lã de rocha, principalmente a parte de cima do quadro. Deixe a caixa na vertical para escorrer o excesso de água e então coloque-a na horizontal por uns 15 a 20 dias para as plantas se fixarem.  Só então pendure-o na parede.

O que fazer para proteger a parede?

Como esse quadro tem apenas um plástico grampeado por trás, o ideal é impermeabilizar a sua parede usando neutrol ou vedajá para impedir que a umidade passe para a parede.

E como faço para regar?

Quando for regar é melhor tirar o quadro da parede, colocar no chão num local que possa molhar e então com a ajuda de um regador ou mangueira, regar o substrato. O quadro pode até ficar na vertical e molhar só a parte de cima, que a água descerá e molhará tudo. Depois deixe escorrer bem antes de voltar o quadro para o lugar escolhido.

Ou então pode reutilizar umas garrafas PET e copiar a ideia da Claudia Regina da La Calle Florida:

Parte posterior da torre verde criada pela Claudia Regina da La Calle Florida mostrando a irrigação com garrafas PET cortadas.
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/
Veja o detalhe:

Detalhe de irrigação com garrafas PET cortadas criada pela Claudia Regina da La Calle Florida. http://lacalleflorida.blogspot.com.br/
2 furos ficam na parte da frente e 1 na parte de trás:

Detalhes dos furos na garrafa PET da irrigação criada pela Claudia Regina da La Calle Florida
http://lacalleflorida.blogspot.com.br/

 

 

Se estiver lidando com suculentas, molhe a cada 15 dias, suculentas não gostam de muita água nas raízes…causam apodrecimento.

 

Com as outras plantas, molhe umas 3x por semana no verão e 2x no inverno, ou sempre que perceber que elas precisam de água.

 

E a manutenção, como é?

Como as plantas estão num substrato inerte, é necessário fornecer os nutrientes mensalmente. 1 vez por mês regue com adubo líquido para raiz, tipo o Super Grow Total.

E quando as plantas estiverem grandes demais, pode-as.

 

E as suculentas que ficarem altas demais?

Pode o caule e enterre-o ao lado. A parte que está fixada no substrato brotará e a parte que foi enterrada enraizará. Depois desse processo, aplique mais enraizador.

 

Claudia Regina, agradeço super a sua generosidade e as suas dicas! Parabéns! Seu trabalho é maravilhoso!

 

É uma ótima maneira de ter plantas por perto, principalmente para quem tem pouco espaço! Legal demais, né?

 

 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Floresta na varanda

Floresta na varanda

O SONHO desse casal de jovens descolados era: ter uma floresta na varanda.

O DESAFIO era: varanda pequena e estreita e ainda deixar espaço para uma mesa com cadeiras para eles tomarem café da manhã e alguns bancos para receber os amigos.

A SOLUÇÃO: jardim vertical com jardineiras feitas sob medida!

 

Olha como ficou lindo!

A varanda é sombreada, então usei muitas ripsalis e columéias…

O toque divertido ficou por conta dos vasos de ponta cabeça no final da varanda!

 

Se você quiser que eu crie, projete e implante um jardim para sua casa ou escritório, entre em contato comigo pelo falecom@nofigueiredo.com.br

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza