Etc…

Aqui você vai encontrar tudo o que faz parte da minha visão de mundo e que ajuda a me conectar com a natureza

Dúvidas sobre proteção solar

Dúvidas sobre proteção solar

Confira a entrevista da Dra. Taiz, dermatologista, sobre filtro solar!

 

É preciso passar protetor solar todo dia, mesmo quando não há sol? Quais os benefícios?

Com certeza! Os filtros solares nos protegem contra os raios ultravioletas, e mesmo quando o clima está frio, nublado ou chuvoso, 80% desses raios conseguem ultrapassar as nuvens e nos atingir. Os raios ultravioletas são: UVB e UVA. O raio UVB provoca queimaduras e vermelhidão na pele, e esse realmente é mais intenso no verão e entre  10 e 16h. Já o raio UVA mantem-se praticamente constante em todas as estações do ano, mesmo em dias sem sol, e esse é o raio que penetra mais profundamente na pele, aumentando o risco de câncer de pele e envelhecimento precoce, provocando, por exemplo, rugas, manchas e flacidez. Portanto os benefícios do uso do filtro solar diariamente são muitos! Vamos criar esse hábito para proteger a nossa cútis!
Quem tem a pele oleosa não fica mais propensa a ter espinhas por causa do uso do protetor?
Se não usar o protetor adequado para sua pele sim. Por isso as pessoas com a pele oleosa devem optar por protetores em gel, “oil-free” ou que sejam próprios para controle da acne (esses geralmente contém em sua embalagem o termo AC, de anti-comedogênico, ou “oil control”). E sempre pergunte ao seu dermatologista que poderá lhe indicar o protetor mais adequado ao seu tipo de pele.
Qual é a quantidade ideal para passar na pele?
A quantidade preconizada é de 2mg/cm², o que daria, por exemplo, para um adulto de 60-70 kg, a medida de 1 colher de chá para o rosto e pescoço, e 1 colher de sopa para cada uma das outras regiões do corpo (braços, pernas, costas e tronco). É realmente bem mais do que costumamos passar no dia a dia! Mas não devemos economizar, porque se usarmos menos do que isso, o protetor perde eficácia, e sua proteção dura menos tempo, deixando nossa pele suscetível aos danos do sol!
É preciso ter um produto especial para o corpo e outro para o rosto?
Na verdade não. Mas em geral recomendamos porque a textura da pele do rosto é diferente do restante do corpo, por isso escolhemos para o rosto, filtros com a cosmética mais adequada àquele tipo de pele. E inclusive podemos acrescentar ao protetor solar substâncias hidratantes ou controladoras de oleosidade, ou até mesmo fatores anti-aging.
Os protetores que dizem não sair na água precisam ser repassados depois de um banho de mar ou piscina?
Sim. Esses protetores “à prova d´água” até são mais resistentes, fixam melhor à pele, mas não há garantia de que realmente não saiam na água, por isso recomendamos que seja reaplicado sempre que se expuser à água ou transpiração excessiva, e fazê-lo de preferência com a pele novamente seca para fixar melhor.
É verdade que depois do FPS 30 já não há mais tanta diferença no fator de proteção?
De fato a diferença é pequena, mas existe. Um protetor com FPS 15 filtra cerca de 92% da radiação UVB, o FPS 30 filtra 96% e o de FPS 60 filtra 98%. Já os protetores com FPS 100 filtram 99%, mas nenhum deles consegue bloquear 100% dos raios, por isso são chamados filtros. Mesmo assim recomendamos usar no mínimo FPS 30 no dia a dia, para garantir uma proteção melhor, principalmente porque aplicamos menos do que deveríamos, e não reaplicamos adequadamente. E recomendamos fatores maiores pra exposição direta ao sol (praia, piscina, esporte ao ar livre), ou para pessoas em tratamento de pele (como manchas ou doenças sensíveis ao sol).
É necessário passar o protetor com alguma antecedência antes de me expor ao sol?
Sim, recomendamos aplicar o protetor 30 minutos antes da exposição, pra que haja uma boa fixação e absorção do produto.
E os protetores com cor de base, têm alguma vantagem?
Sim. Na verdade o sol emite 3 tipos de radiações: ultravioleta (UVA e UVB explicados acima) que representa 5 a 10% do total; a radiação infravermelha, que é a responsável pela sensação de calor e representa 50%; e, por fim, a luz visível, que é a parte dos raios solares que conseguimos enxergar (todo o resto é invisível), essa representa cerca de 40 a 45%. Porém a luz visível também é emitida por fontes artificiais como lâmpadas, computador e TV. E hoje já é comprovado que a luz visível contribui para o aparecimento ou piora de manchas escuras da pele como melasma, manchas senis, manchas pós acne e manchas pós machucados. Portanto, proteger-se apenas dos raios UVA e UVB já não bastam para manter uma pele saudável, precisamos também nos proteger da luz visível. A cor de base opaca dos protetores solares faz essa defesa mais completa, protegendo também da luz visível. Uma outra dica para proteger-se dessa luz e de raios UVA e UVB, é o uso de chapéus, roupa e sombreiros.

 

Crédito foto:  http://www.mundodastribos.com/produtos-que-combatem-as-rugas.html

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.

Como ficaria a marginal do rio Tietê se o verde retornasse?

Como ficaria a marginal do rio Tietê se o verde retornasse?

Saiu uma entrevista da Pérola, colunista do blog, na revista National Geographic Brasil. Confira abaixo:

Projeto de arquiteta da USP devolve aos rios as várzeas em suas margens

Ilustração de Jonatan Sarmento – Projeto Ecológico na marginal do rio Tietê, em São Paulo

Pequim, Mumbai, Cidade do México, São Paulo. Nas metrópoles dos países em desenvolvimento, a urbanização roubou o espaço da paisagem natural. Áreas verdes e cursos d’água foram tomados pelo concreto.

É o caso da maior cidade brasileira, marcada pelo Tietê, um rio de extensas planícies aluviais, condição que potencializa enchentes ocasionadas pelas tempestades de verão. Impermeabilizada em trechos importantes de escoamento, como os fundos de vale, São Paulo fica a cada dia mais sujeita às cheias de seus rios e córregos.

A arquiteta Pérola Felipette Brocaneli, doutora em paisagem e ambiente pela Universidadede São Paulo, está entre os pesquisadores que apostam em uma solução arrojada: devolver aos rios as várzeas em suas margens. “Não se trata apenas de criar parques ou áreas verdes, mas transformar a lógica estrutural de São Paulo, que deixará de ser viária e passará a ser ecológica”, diz.

Na prática, isso significaria desapropriar os edifícios e afastar as vias pavimentadas que hoje ladeiam o rio Tietê e seus principais afluentes (Pinheiros, Tamanduateí) – um plano ainda utópico, sobretudo quando se nota que, em 2010, canteiros foram derrubados para dar lugar a três novas faixasde asfalto. “Sei que tais possibilidades incomodam. Mas o que deveria ser mais inquietante são as péssimas condições ambientais e os reflexos disso na qualidade de vida dos paulistanos”, diz Pérola.

Uma mudança total levaria décadas. O primeiro passo seria a constituição de um parque linear principal, capaz de atuar no amortecimento das chuvas críticas e ser o eixo de um sistema de refrigeração para o município, composto de áreas verdes e úmidas. Esses espaços seriam criados ao longo de rios e córregos que hoje estão inseridos nas porções denominadas pelo poder público de “operações urbanas”. “São áreas residuais, sujeitas a um zoneamento especial, voltadas para a reestruturação territorial de São Paulo”, diz Pérola.

Em vez de direcionar essas áreas de maneira integral para empreendimentos imobiliários, a ideia é destiná-las também à recuperação de antigas zonas úmidas.Uma das propostas é interligar por meio de um corredor ecológico no eixo noroeste-sudeste as serras da Cantareira e do Mar. A umidificação, o controle térmico e a regularização do ciclo hidrológico seriam favorecidos – ou seja, haveria uma regularização do calor e das chuvas acima do normal. Hoje, o vento frio vindo das partes altas não é capaz de refrigerar a cidade porque depara com uma bolha de ar aquecido e seco ao atingir aregião metropolitana – resultado do desmatamento e da impermeabilização das várzeas.

Na renascida São Paulo, a demanda pelos carros particulares tenderia a diminuir, já que as opções de serviço e de lazer estariam melhor distribuídas e o transporte público seria mais eficiente. “Além disso, atrações culturais e praças esportivas fariam parte das novas áreas verdes”, completa Pérola.“São Paulo precisa alterar sua noção de privado. Mais do que recuperar o ambiente, trata-se de criar redes de espaço público.”

EDIÇÃO 144/ MARÇO DE 201227/02/2012

texto por Thiago Medaglia para National Geographic Brasil

Para ler a entrevista no site da revista acesse: NATIONAL GEOGRAPHIC BRASIL

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Passeio de balão

Passeio de balão

Aposto que quando você era criança se imaginou dando a volta ao mundo num balão, inspirado pelas aventuras Júlio Verne…

Pensando nisso, decidi que esse seria um presente especial para meu marido pelos nosso 15 anos de casamento!

Acordamos às 4h40 da manhã de sábado e às 5h00 estávamos entrando na Rodovia Castello Branco com destino a Boituva, a 116km da capital. Chegamos às 6h30 com o dia amanhecendo no aeroporto do Centro Nacional de Paraquedismo…

Os balões estavam sendo inflados…

Até que ficavam cheios de ar e começavam a subir…


Então fomos convidados a subir a bordo!

O comandante soltou uma labareda para esquentar o ar do balão

e lentamente ele começou a subir… Não senti medo algum…

Foi tão suave que quase não deu para perceber que estávamos subindo…

A cidade foi ficando pequena lá embaixo. Engraçado é que era possível escutar o latido dos cães, os sapos na beira do rio…

Lá em cima a sensação era de que o tempo passava mais devagar…

Parecia que estávamos num outro tempo, numa outra dimensão. É tudo era tão calmo…

Até que o vento foi acabando e chegou a hora de pousar. Novamente, foi super suave. Pousamos num pasto…

A equipe de terra, que estava o tempo sendo informada pelo comandante da nossa posição no ar,

chegou logo em seguida com um espumante e taças de champanhe para brindarmos o passeio:

Entramos numa van e fomos levados de volta ao aeroporto para um delicioso café da manhã. O passeio durou aproximadamente 1 hora.

Eram quase 11h da manhã quando chegamos de volta a São Paulo!

Foi uma comemoração memorável! Recomendo!

Para ver mais fotos do passeio acesse o álbum no facebook

Para ver o vídeo do passeio acesse: Passeio de balão no vimeo

Fizemos o passeio com a equipe de balonismo Aventurar. Se quiser mais informações e saber preços acesse: http://www.balonista.com/

P.S.: É caro, mas não tanto como eu imaginava e eles ainda facilitam muito o pagamento!

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Decretos para os nascimentos

Decretos para os nascimentos

Se você está grávida, então esses decretos são para você! Para ajudar a ancorar a alma do bebê que está sendo gestado na sua barriga.


SÚPLICA-CHAVE PARA OS NASCIMENTOS

“Amada Presença Divina I am em nós, e Amado Arcanjo Gabriel:

Chamejai! Chamejai! Chamejai!

A Chama da Ressurreição e da Vida

em, por meio de e ao redor de todos que estão para reencarnar,

para que manifestem a Glória e a Perfeição de Seus próprios Sagrados Cristos Interiores.

Pedimos especialmente por (mentalizar a criança que está sendo esperada).

Nós Vos agradecemos!”

 

 

À AMADA MÃE MARIA EM FAVOR DOS BEBÊS

“Amada Mãe Maria, tomai cada bebê sob Vossa Proteção, Agasalhai em Vosso Amor!

Irradiai Vossa Sabedoria sobre seus pais, para que eles saibam orientar e educar a alma que está sob sua guarda.

Preparai para cada criancinha um caminho de Luz, no qual ela possa se sentir amparada e

dai-lhes a oportunidade de um crescimento harmonioso e sadio, tanto físico quanto espiritual, 

bem como orientadores adequados para sua evolução.

Permiti que Seus Anjos de Guarda sejam fortalecidos, para acompanharem seus tutelados pelas experiências da vida diária,

insuflando em seus corações Fé, Coragem, Consolo, Discernimento, Harmonia e Invencível Proteção da Luz.

Nós Vos agradecemos, Amada Mãe Maria e Amados Anjos de Guarda.

Com confiança, aceitamos que assim É, Amado I am.” 

 

Faça esses decretos, de preferência em voz alta, diariamente. O ideal é fazê-los duas vezes ao dia. Assim que acordar e antes de dormir.

Referência Bibliográfica: Livro de Decretos do Grupo Ascensionados e Livres: http://www.ascendedandfree.org/

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Auditoria do Arcanjo Miguel

Auditoria do Arcanjo Miguel

Ontem minha mãe contou que havia pedido uma Auditoria do Arcanjo Miguel na casa dela e eu achei demais! Afinal, um auditor vasculha tudo até encontrar o que está errado. Ter o Poderoso Arcanjo Miguel como auditor, com sua Espada Poderosa de Luz identificando e dissolvendo tudo que for negativo em nossas casas é o máximo! Confesso que adoro o Arcanjo Miguel, sou sua devota! Tenho uma imagem dele no meu altar, outra na minha mesinha de cabeceira, uma medalhinha que está sempre comigo, além de cartões e etiquetas com a imagem dele na carteira, celular, etc. Estou rodiada de Arcanjo Miguel por todos os lados!

Essa auditoria veio na hora certa, por que neste sábado, dia 28 de janeiro, faremos no Espaço Alpha Lux (minha “casa” espiritual) a ancoragem do Primeiro Raio de luz, o Raio Azul, justamente no meu Querido e Amado Arcanjo Miguel, é o momento perfeito para entrarmos nessa linda e poderosa energia.

Antes de fazer esse decreto e pedir a auditoria, sugiro a realização de um pequeno ritual. Acenda uma vela (se tiver uma azul será ótimo, senão acenda uma branca mesmo) e um incenso para purificar o ambiente. Feche os olhos, peça a presença do Arcanjo Miguel e então pronuncie em voz alta o seguinte decreto:

“Amigo e amado Arcanjo Miguel: estou sofrendo com isto (especifique). Peço Sua auditoria em (especifique a situação, o local, o relacionamento, etc. – individual ou coletivo). Atue e identifique onde se encontra a origem do mal. Identifique para mim a origem dos limites, mesmo aqueles que eu não esteja percebendo. Que seus olhos possam ver as interferências negativas que estão ao meu redor (nesta situação, neste local ou neste relacionamento, ou em meu lar, ou em minha realidade, ou em meu planeta…) e dissolva-as com Sua Espada de Luz, encaminhando tudo com o Amor que Você traz no coração! Libera-me. Liberta-nos! Obrigado!”

O Arcanjo Miguel é tido como o Libertador. Transcrevo aqui uma mensagem dele canalizada pela sensitiva e querida Maria Silvia Orlovas, dona do Espaço Alpha Lux, e que explica bem sua função: “Meu poder é conhecido dos homens porque todas as vezes que minha espada é desembainhada, todas as vezes que minha espada é erguida aos céus, algo se completa. Como o arcanjo do Primeiro Raio, tenho a liberdade de conceder a graça da libertação a quem quer que me pede. É importante que vocês saibam que as orações todas são recebidas por nós, os anjos. Nosso trabalho como mensageiros reside aí, em receber e enviar ao Altíssimo suas orações. Todo aquele que invoca a presença de uma anjo também está pedindo que a nossa orientação o cure, o liberte, o transforme num verdadeiro homem. O homem, a natureza do homem é livre, a natureza do homem é absolutamente livre. Portanto aqueles que me pedem a libertação do mal, saibam que serão atendidos. E vamos assim formando uma indestrutível corrente que irá percorrer todo este planeta, fazendo a libertação. Através do Primeiro Raio, raio azul, eu, Arcanjo Miguel, trabalho para a ascensão. Pois não pode ascender aquele que não é livre. Pois não pode transformar-se aquele que não é livre. Pois não pode encontrar os universos de luz aquele que não é livre. Libertem-se, meus filhos, libertem-se por sua fé. Orem por mim, peçam por mim, e ali estarei, recolhendo o fruto das suas orações. Quando orarem e não forem atendidos, saibam que não oraram com fé. Estou, com a minha espada, tirando os miasmas de dor e de sofrimento. Peçam a libertação, a cura, a consciência e eu darei, pois cura, consciência e libertação fazem a minha espada brilhar. E saibam que a cada ser que eu limpo de seus compromissos, crio mais luz na minha espada. Trabalho então através do Primeiro Raio pela libertação e pela ascensão. Eu sou Miguel” (a mensagem acima foi publicada no livro: Os Sete Mestres – Suas Origens e Criações de Maria Silvia Orlovas).

Aproveito para colocar mais uma invocação ao Amado Arcanjo Miguel, uma oração que faço todos os dias pela manhã:

“Amado Arcanjo Miguel, defendei-me nas horas de perigo. Sede minha proteção contra maldade e tentação de forças visíveis e invisíveis. Enfraquecei-as! Humildemente Vos suplico, Príncipe da Legião Celeste, pelo Poder de Deus, removei da minha atmosfera e da atmosfera da Terra todos os seres mal intencionados que visam me prejudicar. Removei do meu caminho, todos os obstáculos que tentam me impedir de servir à Luz e de realizar meu Plano Divino para esta encarnação. Removei de nossos lares toda limitação e desarmonia. Removei do planeta Terra a influência de todos aqueles que não querem servir à Luz. E assim é, Amado I am”.  

Se você quiser saber mais sobre a ancoragem dos Raios de Luz, entre no site do Espaço Alpha Lux e confira a programação: http://www.espacoalphalux.com.br/. Este ano de 2012 será um ano muito importante para a evolução do nosso planeta e de nós humanos. Se você sentir o chamado, ouça seu coração e siga o caminho da luz!

Referências bibliográficas:

ORLOVAS, Maria Silvia Pacini. Os Sete Mestres: suas origens e criações. 7a edição. São Paulo, SP: Editora Madras, 2009.

Livro de Decretos do grupo Ascensionados e Livres: http://ascendedandfree.org/content.php?page=about-us-1-pt

Que todos nós sejamos abençoados pela luz divina!

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.

 

Delícias da maternidade: o começo

Delícias da maternidade: o começo

Este fim de semana estive com uma amiga querida que acabou de saber que está grávida. Ela disse que adora meus filhos e que gostaria que o bebê dela fosse fofo e educado como meus filhos. Que eu era um exemplo para ela!!!

Fiquei muito feliz e contente em saber disso. Primeiro por que, modéstia à parte, acho que fiz um bom trabalho na educação dos meus filhos. E também por que é muito bom ver que o nosso trabalho foi reconhecido.

Faz tempo que tenho vontade de escrever mais sobre maternidade, compartilhar minhas idéias sobre como educar filhos. Como ela estava “bebendo” as minhas dicas com tanta atenção, achei que era hora de sair da teoria e botar a mão na prática. Deixar a preguiça e a minha insegurança de lado e começar a escrever. Eu me sentia insegura por não ser psicóloga ou educadora profissional. Mas enfim, são tantas as pessoas que elogiam meus filhos, que eu realmente devo ter feito um bom trabalho!

Eduquei meus filhos usando a bagagem de educação recebida da minha mãe e dos inúmeros livros que li quando estava grávida e durante o crescimento dos meus filhotes. Meu marido brinca que eu sou CDF (acho que talvez ele tenha razão), mas o que importa é que quando eu resolvo alguma coisa, eu me dedico de corpo e alma. Vou fundo, leio, estudo e penso muito.

E enquanto eu lia, estudava e pensava, ia conversando com meu marido sobre como gostaríamos que nossa família fosse. Então olhamos para as nossas famílias e passamos a analisar a maneira como fomos educados e os valores que recebemos. Analisamos como as pessoas se relacionam, quais são as dinâmicas, os hábitos afetivos, emotivos, alimentares, religiosos, etc. Sem julgamento. Para decidir de comum acordo o que queríamos manter ou eliminar na família que estávamos criando. É importante analisar e repensar os valores recebidos e questioná-los. O mundo muda, as pessoas mudam e o que era bom há 30 anos atrás, pode não mais ser bom hoje. Ainda que muitas coisas que eram boas e importantes continuem sendo boas e importantes!

A gravidez nos trouxe a consciência de que estávamos criando uma nova família, independente das nossas famílias de origem e que nós seríamos inteiramente responsáveis por ela.

Esse é só o primeiro post de uma série que quero escrever dedicados a essa amiga querida e a seu marido e baby, mas que espero que também possa ajudar e inspirar as pessoas a criarem famílias felizes e filhos educados, amorosos e saudáveis!

Semana que vem conto mais um capítulo…

Crédito imagem: portrait of happy family with one boy child/Por: Eastnine Inc./Colecção: ZZVE Illustrations/Creative (RF) #134371036 (www.getty images.pt)

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão com muito amor e carinho,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza