O Poder da Natureza

Sempre fico encantada com o poder de regeneração e criação da natureza e aqui compartilho ideias e posts com exemplos sobre esse poder maravilhoso!

O Subsolo das Florestas

O Subsolo das Florestas

O Subsolo das florestas: fiquei encantada com esse texto que li na revista Piauí de maio 20 que resolvi compartilhá-lo aqui com você.

O Subsolo das Florestas

Gente, o texto é grande. Mas é pura poesia! Eu amei e indiquei para meu marido ler, e ele, que não é nem um pouco fanático por plantas como eu, também adorou. Então espero que você goste do texto!

É só clicar nesse link e baixar: Os Subterrâneos: Uma viagem fascinante ao subsolo das florestas

E ai? O que você achou? Já tinha pensado nessas coisas? Já tinha imaginado quanta coisa que acontece embaixo da terra? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books de presente!

Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja parceira on-line:

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro

Como Atrair Abelhas sem Ferrão para o Jardim

Como Atrair Abelhas sem Ferrão para o Jardim

Como Atrair Abelhas sem Ferrão para o Jardim: aprenda a fazer uma isca usando garrafa PET para atrair essas lindas e importantes abelhinhas!

Como Atrair Abelhas sem Ferrão para o Jardim

TRISTE REALIDADE

Você já deve ter ouvido falar que as abelhas estão morrendo por causa do aquecimento global, do desmatamento, do avanço das monoculturas e uso indiscriminado de agrotóxicos e pesticidas, né? Uma triste realidade para um inseto tão importante para a polinização das plantas!

 

VAMOS VALORIZAR ESSAS GUERREIRAS!

Por isso é importante a gente valorizar as abelhas nativas brasileiras, que ajudam principalmente as plantas nativas a se reproduzirem e produzirem frutos e sementes.

 

MAIS DE 300 ESPÉCIES

Sabia que no Brasil existem mais de 300 espécies de abelhas nativas? Pois é, as nossas abelhinhas lindas não picam! Elas não tem ferrão! E elas são bem tranquilas de lidar, tem gente que tem colmeia até dentro de apartamento!

 

ELAS NÃO PICAM E NEM TEM FERRÃO

Nada a ver com aquela abelha que a gente visualiza quando pensa em abelha, com o corpinho listrado de amarelo e preto e com uma picada dolorida. Essa da picada dolorida não é nativa do Brasil. É nativa da África! E para manejá-la é preciso roupas especiais, né? As nossas abelhas não precisam de nada disso! Elas não tem ferrão, por isso não picam! Veja mais sobre elas aqui.

 

TRABALHO SUPER IMPORTANTE

As abelhas fazem um importante trabalho! Elas polinizam 73% das plantas que comemos! E muitas plantas nativas brasileiras só são polinizadas por essas abelhas sem ferrão!

 

ONDE ELAS COSTUMAM MORAR?

As abelhas sem ferrão geralmente fazem suas casas em locais como cupinzeiros ou formigueiros abandonados, fendas em rochas e no oco de árvores. Algumas aproveitam o tronco e galhos das árvores como apoio para fazerem suas casas.

 

NA PRIMAVERA!

E é agora, no começo da primavera, que as princesas saem para começar novos ninhos, o momento perfeito para fazermos as iscas para atrair abelhas sem ferrão!

 

QUANTO MAIOR A GARRAFA

Vou ensinar como fazer uma isca usando garrafas PET. Podemos usar diferentes tamanhos de garrafas PET como iscas. O volume da garrafa vai influenciar muito na espécie que será capturada. Quanto maior a garrafa, maior a chance de atrair espécies maiores ou mais populosas. E quanto menor a garrafa, maior a chance de atrair espécies menores ou menos populosas. Para nós que estamos começando, vamos usar de 2l até no máximo 5l.

 

ATENÇÃO: Use garrafas de água ou refrigerantes limpas. Nunca use de produtos de limpeza ou químicos.

 

LOÇÃO ATRATIVA

Primeiro fazemos a loção atrativa, que é feita com própolis ou geoprópolis e cerume das abelhas sem ferrão diluído em álcool de cereais ou daquele comprado em farmácias.

A proporção é 300ml de álcool para 100gr de material.

Mas se você não tiver ou não quiser comprar essa loção pronta, pode usar extrato de própolis das abelhas africanas como loção atrativa.

 

Como fazer a isca:

  1. Lave bem as garrafas deixando-as limpas e sem cheiros
  2. Coloque a loção atrativa dentro das garrafas e espalhe bem
  3. Deixe as garrafas deitadas em repouso para evaporar bem o álcool
  4. Envolva as laterais das garrafas com 3 ou 4 folhas de jornal para aumentar o conforto térmico da isca
  5. Pegue um saco de lixo preto e envolva toda a garrafa e vede bem para que o jornal não molhe com a chuva e não entre luz na garrafa.
  6. Faça um furo de 12mm na tampinha da garrafa ou substitua-a por um pedacinho de mangueira ou um cotovelo de PVC. As abelhas gostam de ficar no escuro, por isso é bom que a entrada do ninho seja meio curva para não ter perigo de entrar muita luz.
  7. Baixe as etiquetas de identificação do SOS Abelha sem Ferrão aqui e coloque nas iscas.

 

LEMBRE-SE: quanto mais iscas você fizer, maiores as chances de capturar abelhas!

 

CAPTURA?

Não se preocupe com o termo captura. Você não está fazendo nada de errado nem ilegal. A obtenção de abelhas sem ferrão por meio de iscas é uma forma divertida, sustentável e permitida pela resolução do CONAMA 346/2004.

 

Onde colocar as iscas?

O ideal é em locais onde você já tenha visto abelhas sem ferrão. Eu vou colocar aqui em casa, por que já vi várias aqui polinizando as minhas plantas!

 

NA HORA DE INSTALAR AS ISCAS

Quando for instalar as iscas, coloque-as sempre na posição vertical, com a tampinha virada para baixo. Escolha um local mais sombreado e que não receba muita chuva, de preferência onde tenha muitas árvores.

 

60 A 90 DIAS DEPOIS

Após verificar que tem abelhas entrando e saindo da sua isca, marque na agenda uns 60 a 90 dias para retirar a isca do lugar e colocar naquelas caixas de madeira próprias para a criação delas.

 

VOCÊ PODE AJUDAR!

Ah, e você pode ajudar a atrair abelhas cultivando plantas e árvores nativas que florescem para as abelhas polinizarem. Aqui em casa elas adoram o meu manacá da serra anão, o manjericão, as lavandas…

 

A gente fornece comida para elas e elas polinizam as plantas e depois ainda podemos comer o mel que elas produzem. Super puro e medicinal!

 

E aí? O que você achou? Já tinha ouvido falar da importância das abelhas? Já criou abelhas? Ficou com vontade de fazer uma isca dessas? Conta para mim nos comentários abaixo

 

Faça parte da minha Lista VIP e ganhe 3 e-books!

E você pode se inscrever aqui no site, fazer parte da minha lista VIP e ganhar 3 e-books!
Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: falecom@nofigueiredo.com.br e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

 

ESTRÉIA DE VÍDEOS NO YOUTUBE

Agora é possível programar uma estréia no Youtube. Então uns dias antes da 5af e do domingo eu já posto no canal a miniatura do vídeo que será postado. Aquela fotinho da capa do vídeo. E você pode clicar ali para receber um lembrete avisando que o vídeo irá começar. É muito legal saber antes o assunto do vídeo que irá ao ar, né?

 

Instagram

Siga-me no instagram. Procure por @nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja parceira on-line:

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro

O incrível poder de auto regeneração da natureza!

O incrível poder de auto regeneração da natureza!

Fiquei emocionada com o poder da natureza! Quando todas as peças se encaixam, tudo funciona perfeitamente!

“Belíssima exposição sobre Cascata Trófica, numa breve vídeo-aula de Ecologia de Comunidades e Biogeografia, apresentando o caso da reintrodução de lobos no Parque Nacional de Yellowstone:

Para assistir ao vídeo “Como Lobos Transformam Rios” acesse: http://bit.ly/OLRrrc

O original, ‘How Wolves Change Rivers’, de Sustainable Man (http://www.sustainableman.org/https://www.youtube.com/user/TheSustainableMan), foi recebido de Enrique M. B. e agora está legendado em português.

— N.T.: Para os preciosistas, ‘Deer’ aqui foi traduzido como ‘alce’, mesmo que uma tradução mais literal sugira “veado”. Mas talvez tivesse sido mais preciso falar diretamente em Cervidae, de uma vez… Yellowstone conta em sua fauna com o alce (Alces alces), mas também com o Uapiti (Cervus canadensis), Veado-Mula (Odocoileus hemionus), o Veado-de-Cauda-Branca (Odocoileus virginianus)… todos ungulados artiodáctilos ruminantes, com galhadas… rs! ( http://www.nps.gov/yell/naturescience… ) –“

Obs: tanto o texto acima como o vídeo são do canal do aleco2009 no youtube: https://www.youtube.com/user/aleco2009

 

A natureza é realmente mágica e maravilhosa, você não acha?

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,
Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza

Floresta flutuante num navio abandonado

Floresta flutuante num navio abandonado

A carcaça abandonada de um navio militar que era usado para transportar mantimentos para as tropas americanas na região do Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial, hoje está tomada pela vegetação, sendo agora conhecida como “floresta flutuante”!

Conhecido como SS Ayrfield, esse navio que pesa 1.140 toneladas, foi construído no Reino Unido em 1911 e em 1972 foi desativado e desmontado, restando apenas sua carcaça boiando na baía de Homebush, em Sydney, na Austrália. Entre tantos navios deixados no local, ele foi um dos poucos que “virou floresta”.  Um destino muito nobre para um navio de guerra.

É a natureza dando a volta por cima! Enfeitando algo descartado pelos humanos: com sua luxuriante floresta ele embeleza e dá vida ao local que serve de cemitério de navios e ainda atrai milhares de turistas!

Com informações do Hypeness e do Ciclo Vivo.

 

 

Será que ele virou floresta por que carregava mantimentos, que atraiam pássaros (em busca de alimentos) que trouxeram sementes??? Qual é a sua teoria?

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Animação em vídeo: O Homem que Plantava Árvores

Animação em vídeo: O Homem que Plantava Árvores

Vencedora do OSCAR® de filme curto de animação, é um tributo ao trabalho árduo e à paciência. Conta a história de um homem bom e simples, um pastor que, em total sintonia com a natureza, faz crescer uma floresta onde antes era uma região árida e inóspita. As sementes por ele plantadas representam a esperança de que podemos deixar pra trás um mundo mais belo e promissor do que aquele que herdamos.

 

Eu adoro esse vídeo! Fico com os olhos cheios de lágrimas cada vez que assisto…

Que belo exemplo de vida e ser seguido por todos! E você gostou?

 

 

Gostou do post? Do site? Conecte-se com a natureza comentando, curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

 

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde

Conexão com a natureza

Plantas reduzem poluição até 8 vezes mais do que se pensava

Plantas reduzem poluição até 8 vezes mais do que se pensava

Olha que interessante que saiu no site da Exame Info:

São Paulo – Ninguém discute o papel que os espaços arborizados têm de ajudar a controlar a poluição nas cidades. Mas o quão poderosa é essa contribuição? Segundo um novo estudo desenvolvido pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, ávores, arbustos e outros tipos de vegetação podem reduzir até oito vezes mais do que se pensava os níveis de poluição nos centros urbanos.

De acordo com o estudo, publicado na revista da Sociedade Americana de Química, os espaços verdes atuam principalmente como filtro de dois poluentes extremamente prejudiciais para a saúde humana: o dióxido de nitrogênio (NO2) e o chamado material particulado inalável (PM), partículas microscópicas que resultam da combustão incompleta de combustíveis fósseis utilizados pelos veículos automotores e fábricas.

Pesquisas anteriores já sugeriram que as árvores e outras plantas podem melhorar a qualidade do ar urbano. Contudo, dizem os persquisadores de Birmingham, a melhoria parecia ser pequena, uma redução de menos de 5%. As novas análises mostraram um resultado bem mais animador: um planejamento criterioso para criação de espaços arborizados pode reduzir a concentração de NO2 em até 40% e de material particulado em 60%.

Para turbinar esse efeito, os autores ainda sugerem a construção específica de instalações, como outdoors, cobertas de vegetação para aumentar a quantidade de folhagem nas cidades e melhorar a qualidade do ar.

 

Matéria escrita por Vanessa Barbosa da Exame.com no dia 25 de julho de 2012 para a revista Exame Info: http://info.abril.com.br/noticias/tecnologias-verdes/plantas-reduzem-poluicao-ate-8-vezes-mais-do-que-se-pensava-25072012-13.shl

Já pensou se ao invés de “cidade limpa”, implantássemos “cidade verde”? Com milhares de outdoors de trepadeiras pela cidade??? Ia ficar maravilhoso além de muito menos poluído!!!

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.