Conheça as ervas do mediterrâneo e aprenda sobre os benefícios, as dicas de cultivo e plantio com a querida herborista Silvia Jeha nessa visita que a Nô Figueiredo fez no Sabor de Fazenda.

Conheça as Ervas do Mediterrâneo – benefícios, dicas de cultivo e plantio

As ervas do mediterrâneo são:

ALECRIM (Rosmarinus officinalis)  ajuda muitos estados de cansaço, as fadigas, gripes. Planta muito estimulante. Atenção: mulheres grávidas ou que tenham hipertensão usar com muita parcimônia, tá? Saiba mais.

LAVANDA (Lavandula dentata) – calmante suave e digestiva. Combate cólicas, indigestão, fermentações e os gases intestinais. A denominação Lavandula deriva do latim lavare, que significa lavar. Era o aditivo para o banho preferido pelos gregos e romanos na Antiguidade e hoje seu óleo essencial é muito usado para perfumar e acalmar, além de ser largamente empregado na indústria de perfumes, sabonetes e na cosmética. Saiba mais.

SÁLVIA (Salvia officinalis)  possui ação anti-inflamatória, sendo usada para gengivite (bochechos) e dores de garganta (gargarejo). Fazer inalação para congestionamento nasal. Como erva aromática, apresenta sabor ligeiramente apimentado. Na culinária, a receita mais conhecida é a de molho de manteiga com sálvia para macarrão e carnes. Na cozinha Ocidental é usada para dar sabor a carnes gordas (especialmente em marinada), queijos, e algumas bebidas. Nos Estados Unidos, Reino Unido e Flandres, é usada com cebola, em recheios de porco ou aves e também em molhos. Na cozinha francesa é utilizada para cozinhar carne branca e em sopas de vegetais. Os alemães usam-na freqüentemente em pratos de salsichas. É também de uso comum na cozinha italiana. Nos Balcãs e no Médio Oriente, é usada em assados de borrego.

SEGURELHA (Satureja montana)  boa com os feijões, favas e carnes gordas. Bem digestiva. O sabor lembra orégano com tomilho e menta. seu aroma assemelha-se ao do tomilho, porém é mais amargo e penetrante. Os ramos são cortados para secagem antes da floração, quando diminui o aroma. É utilizada na indústria de salame e linguiça. É utilizada para anginas, banho, bronquite, diarreia, espasmo, estômago e ferida. É também uma planta afrodisíaca.

MANJERONA (Origanum majorana)  apresenta propriedade digestiva, estimulante menstrual, podendo auxiliar na cura do reumatismo e de toda a forma de artrite, tanto na forma de chá quanto na forma macerada com óleo quente para colocação em locais mais doloridos. Suas folhas aromáticas, verdes ou secas, possuem uso culinário. Para secá-las, as folhas devem ser cortadas enquanto a planta começa a florescer e secadas lentamente na sombra. É usada freqüentemente em combinações das ervas tais como Herbes de Provence e Zaatar. Pode aromatizar saladas, vegetais, legumes, doces, bebidas e óleos. Semelhante aos orégãos, a manjerona é ainda mais aromática. Também é usada em massas, lasanhas e pizzas. Combine com manjericão, alecrim, tomilhos e salva. O óleo essencial pode ser usado na perfumaria, para aromatizar os sabões e produtos para o cabelo.

ORÉGANO (Origanum vulgare)  medicinalmente, é usado para melhorar a digestão, resfriados e dores de garganta (gargarejos). Sua infusão alivia as cólicas. Uma ótima opção de condimento para peixes, carnes, verduras e vinhos. Muito utilizado em pratos da comida italiana, como pizzas, molhos de tomates, massas, berinjela à parmigiana, entre outros.

CURRY (Helichrysum italicum)  recebeu este nome por seu aroma ser muito parecido com o do curry em pó (que na verdade é uma mistura de várias especiarias). Pode ser usado para aromatizar sopas e assados. É uma erva digestiva.

TOMILHO (Thymus vulgaris)  ótimo para ser usado nas preparações com carnes, com molho de tomate ou para temperar. É um bactericida poderoso!

ALFAZEMA (Lavandula officinalis) – calmante suave e digestiva. Combate as cólicas, indigestão, fermentações e os gases intestinais. Muito utilizada como planta ornamental e aromática para decorar grandes jardins. Suas flores são utilizadas na culinária, como na elaboração de doces.

Características e cultivo:

  • Folhas pequenas que não gostam de muita água
  • Gostam de solo arenoso, calcariado
  • Gostam de solo drenado, seco
  • Não gostam tanto de adubo
  • Gostam de mais de 4 horas de sol por dia. O ideal é pleno sol!
  • Se for plantar em vaso, a profundidade deve ser no mínimo de 15cm

 

Saiba mais sobre o cultivo dessas e outras ervas no site do viveiro de ervas e temperos orgânicos Sabor de Fazenda:

Sabor de Fazenda:

http://www.sabordefazenda.com.br/

Loja: Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo, SP

Tel: +55 (11) 2631-4915

Segunda: das 13h as 17h
Terça a sábado: das 8h as 17h

Instagram: @sabordefazenda

Facebook: SabordeFazendaErvaseTemperos

 

 

E aí? O que você achou das ervas do mediterrâneo? Já cultivou alguma delas? Qual você prefere? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Clique abaixo para visitar a loja

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro