Aprenda como cultivar lisianto. Geralmente encontramos o lisianto como flor de corte, mas é possível cultivá-lo em vasos. Saiba mais agora.

Como cultivar lisianto

ORIGEM E CARACTERÍSTICAS

O lisianto (Eustoma grandiflorum), também chamado de genciana-do-prado, é uma planta herbácea e bienal, originária da Ámérica do Norte, principalmente dos Estados Unidos.

Geralmente encontramos as flores do lisianto já cortadas, como flor de corte para arranjos florais. Não é muito comum encontrar vasos de lisianto.

 

FOLHAS E FLORES

O lisianto pode atingir de 30 a 60cm de altura. Seu caule é reto e pouco ramificado. Sua folhagem é verde-azulada e seu florescimento é muito ornamental!

Lisiantos (Eustoma grandiflorum)

Lisiantos (Eustoma grandiflorum) – foto: Leonardo Ronqui

 

Suas flores são duráveis, grandes e tem formato de sino. Podem ser simples ou dobradas. Infelizmente não são perfumadas. As flores são formadas no final da primavera e começo do verão. Podem ser brancas, róseas, roxas, vermelhas, etc. e as cores ainda podem ser simples ou mistas com as bordas de outra cor, como essa aqui:

Lisianto (Eustoma grandiflorum) branco com borda roxa

Lisianto (Eustoma grandiflorum) branco com borda roxa – foto: Leonardo Ronqui

 

Lisianto (Eustoma grandiflorum) branco com borda rosa

Lisianto (Eustoma grandiflorum) branco com borda rosa – foto: Nô Figueiredo

 

Lisianto (Eustoma grandiflorum) roxo

Lisianto (Eustoma grandiflorum) roxo – Foto: Leonardo Ronqui

Lisianto (Eustoma grandiflorum) rosa

Lisianto (Eustoma grandiflorum) rosa – foto: Nô Figueiredo

 

CULTIVO

Luminosidade

Pode ser cultivado dentro de casa, em local bem iluminado.

Quando cultivado no jardim, à pleno sol, prefere temperaturas mais baixas para se desenvolver bem. Fica lindo formando maciços densos e coloridos em regiões de inverno acentuado.

 

Substrato

Gosta de terra bem estercada. Veja aqui como fazer um bom substrato para ele.

 

Rega

Em vasos, regue sempre que o substrato estiver seco.

No jardim regue de 1 a 2x por semana quando estiver frio e/ou úmido e de 2 a 3x por semana quando estiver quente e/ou seco. Mais dicas de rega aqui.

 

Multiplicação

Para multiplicar coloque as sementes para germinar no começo da primavera.

 

Atenção: é uma planta ANUAL!

Quando cultivada em vaso ela se comporta como planta anual, ou seja, depois da floração ela começa a entrar numa fase de declínio até morrer.

No jardim ela deverá ser renovada a cada 2 anos, pois ela tem o ciclo bienal.

E quanto a sua planta se for, não fique triste. É assim mesmo. Esse é o ciclo de vida dela. É um ciclo de vida mais curto mesmo. Você não fez nada de errado no cultivo, ok? Agradeça por ela ter enfeitado e trazido cor e alegria para a sua casa e desapegue-se. Sem culpas!

 

 

E ai? Você já cultivou lisianto? Qual foi a sua experiência? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Clique abaixo para visitar a loja

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro