Aprenda como cultivar brinco-de-princesa e atraia muitos beija-flores para o seu jardim!

Como cultivar brinco-de-princesa

Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

ORIGEM E HISTÓRIA

O brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida), também é popularmente conhecido por lágrima, agrado, brinquinho e fúcsia. Atualmente o brinco de princesa é resultado de hibridações e melhoramentos genéticos feitos pelo homem de espécies originárias das Cordilheiras do Andes no Chile e do Brasil, nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, principalmente na Serra do Mar em altitudes que variam de 1.600 a 2.300m!

As espécies nativas chegaram na Inglaterra por volta de 1.700 e tornou-se um grande sucesso nos jardins ingleses.

Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

CARACTERÍSTICAS

Sua ramagem é longa e pendente. E seu florescimento é muito vistoso! As flores são pendentes, em forma de cálice tubular com divisões roxas, vermelhas e brancas e corola roxa, vermelha, branca ou azul. Podendo ser simples ou dobrada. São formadas na primavera e no verão e são muito apreciadas pelos queridos beija-flores.

Detalhe da flor do Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

Detalhe da flor do Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

 

Detalhe da flor do Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

Detalhe da flor do Brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida)

 

COMO CULTIVAR

Luminosidade

Deve ser cultivado a pleno sol ou meia sombra com bastante claridade e fica lindo em vasos e jardineiras pendentes ou apoiado em suportes como grades ou caramanchão.

 

Substrato

O brinco de princesa gosta de substrato rico em material orgânico e permeável. Você pode usar o substrato básico que é ótimo.

 

Rega

O substrato deve estar sempre úmido, mas não encharcado. O No tempo seco e quente, regue diariamente.

 

Clima

São plantas que apreciam o frio e se adaptam bem ao clima do Sul do país e das regiões de altitude da região Sudeste.

 

Multiplicação

Para multiplicar usa-se sementes e estacas dos ramos jovens.

 

ADUBAÇÃO

Lembre-se de adubar no começo da primavera e do outono com a adubação para estimular a floração e no começo do verão, a adubação pós floração. E todo mês, ou mês sim, mês não, pode adubar com húmus de minhoca, que melhora a porosidade do solo, aumenta os teores de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio e manganês do solo, melhora o pH e aumenta o número de microorganismos no solo.

 

E ai? Você já cultivou o brinco-de-princesa? Qual foi a sua experiência com ele? Conta para mim nos comentários abaixo.

Você encontra VASOS AUTOIRRIGÁVEIS na loja online Toca do Verde!

Clique abaixo para visitar a loja

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro