Esse post é para todas as mulheres que tem cabelos cacheados e que vivem me perguntando sobre os meus cachinhos!

Os cabelos cacheados são diferentes dos cabelos lisos. São mais delicados e normalmente são oleosos na raíz e secos nas pontas. A maneira de cortar e lavar os cabelos também é diferente. O corte tem que ser cacho a cacho e com os cabelos secos. Recomendo aqui em São Paulo o Clínica de Cachos onde corto e tinjo com a Daniela.

A linha Deva foi criada em NY pela Lorraine Massey, proprietária do salão Devachan NY, uma defensora apaixonada pelos cabelos cacheados, que já escreveu 2 livros sobre o assunto. Saiba mais AQUI.

Bom com o tempo fui modificando o jeito de usar a linha Deva. Atualmente uso assim:

Entro no chuveiro e molho bem os cabelos, aplico o shampoo No-poo só no couro cabeludo massageando bem. Não enxáguo. Aplico o condicionador One Condition do meio para as pontas dos cabelos, viro a cabeça para baixo e vou penteando com os dedos das raizes até as pontas. Imagino que a minha cabeça é um sol, então vou abrindo meus cabelos como se eles fossem raios de sol. Depois que desembaracei todo o cabelo, amasso delicadamente das pontas para a raíz e deixo os produtos agindo enquanto termino meu banho.

 

Termino de tomar meu banho.

 

Enxáguo sem esfregar.

 

Desligo o chuveiro e continuo no Box.

 

Coloco um pouco de finalizador B’leave-in na palma de mão (o tamanho de uma moeda de 1 real), jogo os cabelos para baixo, espalho o produtos nas 2 mãos e penteio os cabelos das raízes para as pontas. Depois pego um pouco de Angell na palma da mão e dou 2 a 3 sprayadas de Set it free, misturo os dois e aplico do meio para as pontas, sempre com os dedos e com a cabeça abaixada. Não uso pente. NUNCA. Vou amassando das pontas para o couro cabeludo, tirando o excesso de água ( com a cabeça abaixada) e só então pego a toalha.

 

Uso uma fralda de algodão para secar os cabelos. Mas pode ser também uma toalha de microfibra, uma camiseta velha de algodão, ou até papel toalha (aquele de cozinha). Só não pode ser toalha de banho normal que acaba com os cachos. Nunca esfrego os cabelos.

 

Saio do Box e modelo os cabelos do jeito que gosto. Eu coloco uns clipes de metal para levantar as raízes da frente e deixo por uns 15 a 20 minutos ao ar livre. Depois eu solto os clipes, viro a cabeça para baixo mais uma vez e solto delicadamente os cabelos com os dedos e deixo secar… Se estiver frio, uso o secador da Deva ou um com difusor. Quando os cabelos secam ao ar livre ficam sempre mais bonitos…  O importante é não ficar passando a mão enquanto os cabelos secam para não desmanchar os cachinhos… Quanto menos você mexer nos cabelos, mais tempo seus cachos ficarão bonitos!

A lista completa dos produtos que uso é:

Shampoo No-poo (que não faz espuma)

Condicionador One Conditioner

Finalizador B’leave-in

Gel Angéll

Spray Set it Free

 

Como já uso a linha desde 2011 e adoro, eu compro o tamanho maior, 1 litro, de cada produto pois acho que o custo/benefício compensa. Se você está começando, sugiro que compre o menor tamanho para testar. Sempre que vou comprar, faço uma pesquisa de preços na internet, já que essa linha só vende em salão ou na internet. Você não irá encontrar nas farmácias ou supermercados.

 

Pesquiso os melhores preços entre as lojas: da CLÍNICA DOS CACHOS, PENÉLOPE PERFUMARIA, BELEZA STORE e LINDA BELEZA

 

Depois que comecei a usar a linha Deva e a cortar meus cabelos com quem realmente entende de cachos, a Daniela da Clínica dos Cachos, acabaram as minhas crises matinais na frente do espelho!

Clínica Dos Cachos 

Rua Leandro Dupré, 1028 – Vila Mariana – Metrô Sta. Cruz – São Paulo – SP
Tel.: (55) 11 – 4338 4566 – 2503 2089

 

Parece difícil, mas é só diferente do que estamos acostumadas a fazer. Questão de mudar o hábito. Você verá que o resultado é tão melhor, que vale a pena mudar!

Assuma seus cachos com orgulho! Eles são lindos, diferentes e originais!

Gostou do post? Do site?
Conecte-se com a natureza curtindo e compartilhando meus posts e vídeos nas redes sociais! Eu te agradeço!

Beijos floridos de gratidão,

Nô Figueiredo – A Menina do Dedo Verde
Conexão com a natureza.