Cebolinhas: conheça e aprenda a cultivar 3 tipos de cebolinhas nessa conversa que a Nô Figueiredo teve com a Gabriela Pastro no viveiro de ervas e temperos orgânicos Sabor de Fazenda.

Cebolinhas

Saiba mais sobre as cebolinhas:

CEBOLINHA COMUM

Cebolinha comum

Cebolinha comum

 

A cebolinha comum (Allium fistulosum), também é popularmente conhecida por alho-espanhol, alho grosso-de-espanha, alho-mourisco, alho-rocambole, cebolinha-de-cheiro, cebolinha-galega, cebola-miúda, cebolinha-verde, green onion (inglês), japanese bunching onion (inglês), salad onion (inglês), spring onion (inglês), welshonion (inglês), cebolla china (espanhol), cebolla de hoja, cebolla de verdeo (espanhol), cebolla larga (espanhol), cebolleta (espanhol), cebollín (espanhol).

É uma erva erva bulbosa perene, de pequeno porte e originária da Europa.

Características botânicas: Seus bulbos são brancos e alongados e suas folhas são verdes, compridas e cilíndricas, como tubos ocos, inflados desde a base. Após um período frio ela emite a inflorescência, com flores de coloração branca-esverdeada. Produz híbrido com a cebola, originando plantas estéreis, mas bem adaptadas ao clima quente.

Bulbos de cebolinha

Bulbos de cebolinha

 

Cultivo: Essa erva não gosta de encharcamento, por isso é importante o solo ser bem drenado. Deve ser cultivada a pleno sol  e tolera geadas pouco intensas. Pode ser cortada diversas vezes, rebrotando com facilidade e rapidez. Multiplica-se por sementes e por divisão de touceiras.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: muito utilizada como tempero. Rica em vitamina C, anti-séptico, boa para tosse, cardiotônico, cicatrizante, diurético, emoliente, estimulante, expectorante, hipoglicemiante, laxativo.

Partes usadas: folha e bulbo.

 

CEBOLINHA FRANCESA OU CIBOULETTE

Cebolinha francesa ou ciboulette

Cebolinha francesa ou ciboulette no caixote e alho japonês ou nirá no copo de plástico

 

A cebolinha francesa (Allium schoenoprasum) também é popularmente conhecida por alho espanhol, alho grosso de espanha, alho mourisco, alho rocambole, cebolete, cebolinha galega, cebolinha miúda, chives (inglês), common chives (inglês), cebollín (espanhol), chirivías (espanhol).

É uma erva perene, com altura e diâmetros variados, originária da Europa.

Características botânicas: As folhinhas parecem um capim fino e são ocas. A reprodução se faz por sementes e divisão de touceiras. Não gostam de facas nem de tesouras, preferindo serem cortadas suavemente com os dedos. Quando florescem demais, suas flores exaurem a planta que muitas vezes morrem.

Cultivo: Essa erva também não gosta de encharcamento, por isso é importante o solo ser bem drenado. Deve ser cultivada a pleno sol  e tolera geadas pouco intensas.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: é usada como tempero, rica em vitamina C, antiescorbútico, anti-séptico, antitússico, cardiotônico, cicatrizante, diurético, emoliente, estimulante, expectorante, hipoglicemiante, laxativo. Suas flores podem ser usadas para incrementar saladas e outros pratos frios.

Partes usadas: bulbo, flores e folhas.

 

NIRÁ OU ALHO JAPONÊS

flores de alho japonês ou nirá

 

O Nirá (Allium tuberosum), também é popularmente conhecido por alho-chinês, alho-japonês, cebolinho-chinês, hana-nirá, chinese chives (inglês), chinese leek (inglês), garlic chives (inglês), oriental garlic (inglês), kow choi (chinês), ajo chino (espanhol), cebollino (espanhol), cebollino chino (espanhol), cive chino (espanhol).

É uma erva bulbosa, pequena, perene, de cheiro forte e característico, originária da Ásia.

Características botânicas: Folhagem verde-escura, lineares, longas e com caule oco. Seu sabor é parecido com alho, porém mais suave. As flores são brancas, dispostas em inflorescências e hermafroditas (incluindo ambos os sexos), sendo polinizadas por abelhas.

Cultivo: semear dentro de casa no final do inverno para transplantar na primavera. Esta erva não deve ser plantada perto de alfafa e deve-se tomar cuidado para não plantá-la perto de leguminosas, pois pode inibir o seu crescimento.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: para fins culinários, pode ser usada da mesma maneira que são utilizados cebola e alho. As flores (conhecidas como hana-nira), bulbos e folhas são comestíveis. As folhas vão bem em pratos quentes, podendo ser usada em sopas, salteados e saladas. Colher as folhas apenas antes da floração para o melhor sabor.

Hana-nirá

Hana-nirá (pendão floral ainda fechado) = iguaria japonesa!

 

Partes usadas: folhas, bulbos e flores.

 

Veja mais ervas e temperos.

 

 

Visite a Sabor de Fazenda:

http://www.sabordefazenda.com.br/

Loja: Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo, SP

Tel: +55 (11) 2631-4915

Segunda: das 13h as 17h
Terça a sábado: das 8h as 17h

Instagram: @sabordefazenda

Facebook: SabordeFazendaErvaseTemperos

 

 

E aí? Você já conhecia essas cebolinhas? Já tentou cultivar essas plantas? Qual foi a sua experiência com elas? Conta para mim nos comentários abaixo.

 

 

ENTRE EM CONTATO COMIGO:

Sempre que você quiser entrar em contato comigo, é só escrever para: [email protected] e mandar fotos das plantas ou as suas dúvidas que eu respondo. Não respondo sempre de imediato, tá? Porque nem sempre eu consigo. Mas assim que eu tiver um tempinho eu sempre respondo, com certeza!

E você também pode se inscrever aqui no site e fazer parte da minha lista VIP. Veja no final do post do lado direito da tela. Toda semana você irá receber uma newsletter com as novidades e poderá responder à newsletter com as suas dúvidas e sugestões.

Siga-me no instagram e no facebook. Procure por nofigueiredo1 e veja fotos e vídeos que não posto aqui! 😉

Você encontra tudo para jardinagem na loja online Toca do Verde!

Clique abaixo para visitar a loja

Beijos floridos com amor, carinho e gratidão da Nô Figueiredo

Guirlanda de flores com "NÔ" escrito no centro